• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2014.tde-28032014-193715
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Duarte Guerreiro Aldarvis
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Campos, Tomie Toyota de (Presidente)
Ishikawa, Karin Hitomi
Mayer, Marcia Pinto Alves
Título em português
Avaliação dos possíveis mecanismos de ação dos probióticos contra Candida spp. isoladas de usuários de próteses totais
Palavras-chave em português
Candida
Estomatite sob Prótese
Lactobacillus
Probióticos
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar in vitro os mecanismos de ação coagregação, produção de peróxido de hidrogênio e ácidos orgânicos por probióticos no combate ao crescimento de Candida spp. A Estomatite sob Prótese é uma das infecções que acomete a mucosa oral, nas áreas recobertas por próteses, como resultado de condições locais ou sistêmicas que alteram a microbiota do hospedeiro, podendo estar associada à presença de Candida. O tratamento com antifúngicos tópicos é amplamente difundido para tratar candidose, porém algumas cepas de Candida se tornaram resistentes aos fármacos mais utilizados devido ao seu uso indiscriminado. Alguns trabalhos mostraram inibição do crescimento de Candida por probióticos, mas não se sabe ao certo quais mecanismos de ação agem nesta inibição. Para esta investigação foram utilizadas 77 amostras de leveduras isoladas de usuários de próteses totais, 4 cepas Candida ATCC, e 3 cepas de Lactobacillus. Realizou-se os testes de inibição de Candida por probióticos, produção de peróxido de hidrogênio e ácidos orgânicos, coagregação, curva de crescimento e inibição por ácido láctico. Os resultados demostraram a produção de H2O2 pelos lactobacilos, porém este mecanismo não pôde ser destacado como o responsável pela inibição. Os índices de coagregação obtiveram coeficiente de correlação r =0,5 com a capacidade de inibição dos micro-organismos. Houve intensa produção de ácidos orgânicos em culturas e co-culturas, de acordo com a cepa de lactobacilo presente. A presença de Candida não alterou as contagens de UFC dos lactobacilos. Já a presença de lactobacilos provocou redução nas contagens de Candida, especialmente C. albicans e C. dubliniensis. As curvas de crescimento e de pH mostraram que o comportamento das co-culturas é semelhante ao das culturas de lactobacilos. A análise de pH mostrou que a acidificação ocorreu em todas as culturas, porém L. rhamnosus promoveram uma maior acidificação. Concluímos que o ácido láctico é o mecanismo de ação mais importante dentre os estudados, sendo capaz de reduzir a contagem de UFC e alterar as curvas de crescimento de C. albicans e C. dubliniensis e que a inibição ocorre através de múltiplos fatores que podem variar de acordo com as espécies de leveduras e lactobacilos presentes.
Título em inglês
Evaluation of possible action mechanisms by probiotics against Candida spp. isolated from complete dentures users
Palavras-chave em inglês
Candida
Denture Stomatitis
Lactobacillus
Probiotics
Resumo em inglês
This work objective was to evaluate in vitro the action mechanisms of coaggregation, hydrogen peroxide production and organic acids in preventing the growth of Candida spp.. The denture stomatitis is one of the infection types that affect the oral mucosa, in the area covered by prosthesis as a result of local or systemic conditions that changes the bacterial microbiota of the hostess, usually associated with the presence of Candida. The treatment using topical antifungal agents is widely spread to treat candidosis. However, some of the Candida strains became resistant to the most used drugs because of its indiscriminate use. Some pieces of work revealed success in preventing the growth of Candida by probiotics, but it is still unknown which mechanisms act on this exhibition. For this investigation there have been used 77 yeast samples isolated from total prosthesis users, being 4 ATCC strains of Candida, and 3 strains of Lactobacillus. There have been run inhibition tests of Candida by probiotics, hydrogen peroxide and organic acids production, coaggregation, growth curve and lactic acid inhibition. The results detect the H2O2 production by lactobacilli; however this mechanism could not be highlighted as the responsible for the inhibition observed. The coaggregation indexes showed correlation coefficients of r = 0.5 with the microorganisms inhibition capacity. There has been intensive organic acid production in cultures and co-cultures, according to the present lactobacilli strain. Candida presence did not alter the lactobacilli UFC count, whereas the lactobacilli presence caused reduction in Candida count, especially C. albicans and C. dubliniensis. The growth curves and pH showed that the behavior of co-cultures is similar to the lactobacilli cultures. The pH analysis showed that acidification occurred for all cultures; nevertheless, L. rhamnosus has promoted a greater acidification. We concluded that lactic acid is the most important mechanism among the studied ones, being capable of reducing UFC count and shifting the growth curves for C. albicans and C. dubliniensis. Furthermore, we concluded that the inhibition occurs through multiple factors that may vary according to the present yeast and lactobacilli species.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-08-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.