• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2016.tde-30092016-114117
Documento
Autor
Nome completo
Janaina Paiva Curi Cherulli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Crosato, Edgard Michel (Presidente)
Melani, Rodolfo Francisco Haltenhoff
Silva, Ricardo Henrique Alves da
Título em português
Metodologia para obtenção de imagens periapicais por meio da manipulação de tomografias computadorizadas de feixe cônico para fins forenses
Palavras-chave em português
Identificação de vítimas de desastres em massa
Identificação humana
Odontologia Legal
Radiologia
Tomografia computadorizada de feixe cônico
Resumo em português
A documentação odontológica é utilizada como ferramenta indispensável para identificação humana uma vez que possibilita a comparação entre registros ante mortem (AM) e post mortem (PM), levando a resultados objetivos e confiáveis. A constante evolução tecnológica ocasionou grande avanço na qualidade dos exames por imagens, auxiliando o processo de identificação por arco dentário. Nesse contexto, as imagens radiográficas digitais ganharam espaço frente às convencionais e as tomografias computadorizadas (TC) passaram a ser comumente utilizadas na Odontologia, devido à multiplicidade dos detalhes oferecidos pelas imagens tridimensionais. Estudos recentes revelam as tentativas de se reproduzir imagens semelhantes às intraorais por meio de TC. No entanto, ainda não há estudos efetivos no campo das ciências forenses, utilizando tomografias computadorizadas de feixe cônico (TCFC) com o propósito de identificação. O presente estudo teve como objetivo desenvolver uma metodologia para simulação de imagens radiográficas intraorais em tomografias computadorizadas de feixe cônico, visando repetir a incidência e geometria da radiografia de origem, contemplando os possíveis erros de angulação, além de verificar a eficácia e confiabilidade desse princípio entre os examinadores. Para isso, foi realizada a aquisição de vinte TCFC de crânios secos e os dados do seu odontograma inseridos nas fichas PM do WinID. Para cada crânio, um segundo observador realizou três radiografias periapicais digitais, simulando as AM, uma delas contendo alteração de posicionamento. As 60 radiografias foram randomizadas, três pontos foram selecionados, suas distâncias lineares e angulação mensurados no Photoshop e catalogados em planilha do Microsoft Excel. Os dados odontológicos das radiografias foram incluídos como fichas AM do WinID. O software indicou similaridade ao confrontar os elementos AM com os PM. e os valores tabulados das radiografias conduziram as análises do primeiro, sem o conhecimento prévio dos erros. As regiões de interesse (ROI) das imagens radiográficas foram localizadas nas TCFC e a geometria de incidência simulada, mediante a manipulação dos planos espaciais e ferramentas disponíveis no software Osirix, buscando valores semelhantes aos originais. Por fim, a sobreposição de imagens foi realizada utilizando artifícios do Photoshop, comprovando a similaridade entre as imagens originais e as replicadas na tomografia. Os resultados mostraram que foi possível replicar a geometria das imagens radiográficas nas TCFC em 100% da amostra. Testes estatísticos como o coeficiente de variação, diferenças de médias e coeficiente de Pearson evidenciaram forte correlação para todas as variáveis estudadas e todos os valores foram estatisticamente significantes (p<0.05). O protocolo desenvolvido possibilitou a reprodução da geometria e incidência das radiografias convencionais em TCFC, inclusive na presença de alterações na angulação. As imagens produzidas puderam ser comparadas às originais, assegurando o resultado por sobreposição. Em todas elas ficou comprovada a viabilidade do uso do protocolo para fins de identificação humana e sua aplicação, portanto, foi considerada confiável e segura, visto que a concordância entre os observadores ficou demonstrada pelos testes estatísticos.
Título em inglês
Methodology for obtaining periapical images by the manipulation of Cone-Beam computed tomography for forensic purposes
Palavras-chave em inglês
Cone-Beam Computed Tomography
Disaster Victim Identification
Forensic Dentistry
Human Identification
Radiology
Resumo em inglês
Dental Records are used as a necessary tool for human identification, as it enables the comparison of Antemortem (AM) and Postmortem (PM) data, leading to objective and reliable results. The constant evolution of technology brought advances in the quality of images, aiding the dental arch identification process. In this context, the digital radiographic images gained ground among conventional radiographs and Computed Tomography (CT) became usual in dentistry, due to the multiple details available in the tridimensional images. Recent studies shown attempts of reproducing intraoral images from CT. But there was no effective studies in the forensic science field using Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) with identification purposes. The present study aims on developing a methodology that could simulate intra-oral images in CBCT exams, in order to repeat the incidence and image geometry of the original radiography, covering possible angulation errors and testing the reliability of the process. To do so, 20 CBCT were acquired from dry skulls and their dental charts were registered in WinID. In each cranium, a second observer made three periapical radiographs, simulating the AM records in WinID, and one should contain and incidence error. The 60 radiographs were randomized and in each three points were selected with linear distances and angle between them were measured in photoshop and recorded in a MS Excel chart. The data from the radiographs were included in WinId as AM records. The Sotware indicated similarities of the records by matching AM and PM, and the values from the radiographs directed the analysis made by the first examiner, with no knowledge of the previous errors and the AM data registered in WinID. The Region of Interest (ROI) in the radiographs were located in the CBCT and the geometry and incidence were simulated using the manipulation of the orientation planes and tools of the software Osirix, in search of similar to the original values. Finally, the superimposition of images was made in Photoshop, to prove the achievement of similarity between the original images and those extracted from the CBCT. The results showed a possible repeatability of image geometry in 100% of the sample. Statistic test of the variance coefficient, average difference and Pearson coefficient highlighted the strong correlation of all variables and significance of all tested values (p<0.05). The developed protocol enabled the reproduction of conventional radiographs geometry and incidence in CBCT exams, including in the presence of incidence errors. The produced images could be compared to the original, assuring a result by superimposition. In every analysis, the use of this protocol has been confirmed as viable for human identification purposes, and its usage was considered reliable and secure, as the concordance between examiners was demonstrated by the statistic analysis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.