• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2017.tde-12062017-155043
Documento
Autor
Nome completo
Letícia Drumond de Abreu Guimarães
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Pinto Júnior, Décio dos Santos (Presidente)
Gallottini, Marina Helena Cury
Rocha, Lília Alves
Sugaya, Norberto Nobuo
Título em português
Análise do fator inibitório da migração de macrófagos (MIF) associado a via de sinalização PI3K/AKT na carcinogênese oral
Palavras-chave em português
Carcinogênese
Carcinoma epidermoide
Leucoplasia bucal
MIF
Proteína Oncogênica v-akt
Resumo em português
O processo da carcinogênese é provocado por múltiplos estágios, envolvendo desordens potencialmente malignas, iniciação, invasão, progressão e metástase. O prognóstico do carcinoma epidermoide de boca (CEB) ainda permanece desfavorável devido ao diagnóstico tardio. Para mitigar esta complicação, biomarcadores tem sido utilizados para ajudar no diagnóstico precoce e entender melhor a influência sobre a carcinogênese oral, onde vias de sinalização são ativadas, principalmente a PI3K/AKT. MIF foi relacionada a progressão de diversos tipos cânceres, porém pouco se sabe seu papel na evolução do CEB. Por isso, o objetivo deste estudo foi identificar e caracterizar através do padrão de expressão imuno-histoquímico proteínas participantes da via de sinalização de PI3K/AKT: AKT1 e PAKT e sua associação com a expressão de MIF em fragmento de mucosa, hiperqueratose sem e com displasia e CEB correlacionando com a progressão da doença e características clinico-demográficos. Foram utilizados 73 blocos de parafina, avaliados quanto à porcentagem da expressão de cada marcador e coletados os dados clínicos epidemiológicos referentes para correlaciona-los à imunomarcação. A imunonopositividade ocorreu nos casos de mucosa normal, sem e com displasia e CEB. Nos casos de mucosa normal foram positivos para PAKT (50%), AKT (60%), MIF (80%). Em sem displasia, foi observado imunomarcação para PAKT (50%) e MIF (50%). Com displasia houve marcação PAKT (81,81%) e MIF (81%). Nos espécimes de CEB ocorreu em PAKT(100%), AKT (95,23%) e MIF (90,5%). Todos os anticorpos tiveram alta expressão no CEB em comparação com a mucosa normal (p<0,0001), sem displasia (p<0,0001) e com displasia (p<0,0001). Observou-se também influência sobre o fator de risco como tabagismo, etilismo e etnia, respectivamente para os grupos sem displasia, CEB e com displasia. Assim, estas proteínas podem ser consideradas potenciais marcadores preditores do CEB.
Título em inglês
Analysis of migration inhibitory factor macrophage (MIF) signaling associated with PI3K / AKT in oral carcinogenesis
Palavras-chave em inglês
Carcinogenesis
Leukoplakia oral
MIF
Oncogene Protein v-akt
Squamous cell carcinoma
Resumo em inglês
The carcinogenesis process is caused by multiple stages, involving potentially malignant disorders, initiation, invasion, progression and metastasis. The prognosis of squamous cell carcinoma (CEB) remains unfavorable due to late diagnosis. To mitigate this complication, biomarkers have been used to aid in early diagnosis and better understand the influence on oral carcinogenesis, which are activated signaling pathways, particularly PI3K / AKT. MIF was related to progression of many types cancers, but its role in the evolution of CEB is little known. Therefore, the aim of this study was to identify and characterize by the expression pattern of immunohistochemical participants proteins signaling pathway PI3K / AKT: AKT1 and PAKT and its association with MIF expression in normal mucosa, hyperkeratosis with and without dysplasia and CEB correlating with the progression of the disease and clinical and demographic characteristics. 73 paraffin blocks were used, in which evaluated the percentage of expression of each marker and collected epidemiological clinical data to correlate them to immunostaining. The imunonopositividade occurred in cases of normal mucosa, hyperkeratosis with and without dysplasia. In cases of normal mucosa were positive for PAKT (50%), AKT (60%), MIF (80%). In no dysplasia, immunostaining was observed PAKT (50%) and MIF (50%). With dysplasia was marking PAKT (81.81%) and MIF (81%). In CEB specimens occurred in PAKT (100%), AKT (95.23%) and MIF (90.5%). All antibodies had high expression in the CEB compared to normal mucosa (p <0.0001) without dysplasia (p <0.0001), and dysplasia (p <0.0001). It was also observed influence on the risk factors such as smoking, alcohol consumption and the ethnicity, respectively, for with dysplasia groups, CEB and without dysplasia. Thus, these proteins can be considered potential early diagnostic markers of CEB.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.