• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2010.tde-02062011-095629
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Toledo de Oliveira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2010
Orientador
Banca examinadora
Bullen, Izabel Regina Fischer Rubira de (Presidente)
Haiter Neto, Francisco
Peres, Arsenio Sales
Sarmento, Viviane Almeida
Souza, Paulo Henrique Couto
Título em português
Estimativa da idade cronológica por meio de avaliação radiográfica da mineralização de terceiros molares e altura do ramo da mandíbula
Palavras-chave em português
Antropologia forense
Determinação da idade pelo esqueleto
Determinação da idade pelos dentes
Mandíbula
Radiografia panorâmica
Resumo em português
A estimativa da idade é um elemento importante na investigação antropológica, sendo uma das fontes preliminares dos dados para estabelecer a identidade de pessoas vivas ou restos mortais desconhecidos. Os métodos mais utilizados para este fim são os baseados no desenvolvimento ósseo e dentário dos indivíduos. Neste sentido, o presente trabalho apresentou como objetivo, estabelecer valores de referência na população brasileira para a estimativa da idade, por meio de dois métodos: a análise da mineralização dos terceiros molares; e a mensuração da altura do ramo mandibular. Para isso, foram escaneadas radiografias (407 panorâmicas e 289 cefalométricas em norma lateral) de pacientes, de 6 a 25 anos de idade, atendidos na Faculdade de Odontologia de Bauru. As imagens radiográficas panorâmicas foram utilizadas para análise da mineralização dos terceiros molares inferiores, através do método proposto por Demirjian, Goldstein e Tanner (1973), e as imagens radiográficas cefalométricas utilizadas para medir a altura do ramo da mandíbula. Os resultados indicam uma forte correlação entre a idade cronológica e ambos os métodos utilizados, proporcionando a elaboração de fórmulas para o cálculo da idade aproximada dos indivíduos na população estuda. Não houve diferença estatisticamente significante para o desenvolvimento dos terceiros molares entre os sexos. Já para a altura do ramo da mandíbula, essa diferença ocorreu entre os 16 e 25 anos de idade. A probabilidade de afirmamos que um indivíduo tem 18 anos ou mais de idade, com base nas duas metodologias proposta neste trabalho, é extremamente alta (>90%). Concluiu-se que ambos os métodos estariam aptos a serem utilizados para estimar a idade na população brasileira, entretanto, pelo fato do Brasil ser um país com extenso território e apresentar uma população bastante miscigenada, novos estudos devem ser realizados, aumentando a amostra dessa população, e permitindo o aprimoramento dos valores aqui informados.
Título em inglês
Age determination by means of radiographic evaluation of third molar mineralization and height of the mandibular ramus
Palavras-chave em inglês
Age determination by skeleton
Age determination by teeth
Forensic anthropology
Mandible
Panoramic radiograph
Resumo em inglês
Age determination is an important element in anthropological research, one of the primary sources of data to establish the person living identity or unknown remains. The aim of this paper was to establish reference values in Brazilian population to estimate chronological age by two methods: mineralization of third molars and measurement of the mandible ramus height. Therefore, radiographs from patients between 6 to 25 years, were scanned (407 panoramics and 289 cephalometrics). The patients were from School of Dentistry at Bauru. The panoramic radiographs were used for analysis the mineralization of the mandibular third molars. Moreover, cephalometric radiographs were used to measure the mandibular height. The results indicated a strong correlation between chronological age and both methods, providing the development of formulas for calculating the approximate real age of individuals by radiographs. There was no statistically significant difference for the third molars development between sexes. There was a significant difference between men and women for ramus height of the mandible for the range between 16 and 25 years. The probability of a claim that an individual is 18 years or older, based on the two methodologies proposed in this work was extremely high (>90%). It was concluded that both methods were suitable to be used to estimate the age in Brazilian population. However, as Brazil is a country with vast territory and present a fairly mixed population, it is necessary further studies to confirm the values reported.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-06-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.