• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2013.tde-02092013-144216
Documento
Autor
Nome completo
Priscila Brenner Hilgenberg Sydney
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2013
Orientador
Banca examinadora
Conti, Paulo Cesar Rodrigues (Presidente)
Gonçalves, Daniela Aparecida de Godoi
Rubo, Jose Henrique
Santos, Paulo Sergio da Silva
Silva, Rafael dos Santos
Título em português
Avaliação somatossensorial do sistema trigeminal em condições dolorosas crônicas: testes quantitativos sensoriais e limiar de percepção atual
Palavras-chave em português
Cefaleia
Células receptoras sensoriais
Dor crônica
Fibromialgia
Limiar da dor
Neuralgia do trigêmeo
Sensibilização do sistema nervoso central
Transtornos da Articulação Temporomandibular
Resumo em português
A dor crônica envolve complexos processos de gênese e condução neural e é decorrente da ativação de mecanismos periféricos e centrais de manutenção. Muitos pacientes crônicos são refratários aos diferentes tipos de tratamento propostos, o que gera a suspeita de que de alguma maneira estes não estão sendo totalmente eficazes. O objetivo deste trabalho é avaliar os mecanismos de condução, manutenção e modulação da dor em diferentes condições dolorosas crônicas. Foram avaliadas 92 mulheres, divididas em 5 grupos: Grupo I, 20 pacientes com Dor Miofascial da musculatura mastigatória; Grupo II, 20 pacientes com Fibromialgia; Grupo III, 20 pacientes com Cefaleia Crônica Diária; Grupo IV, 12 pacientes com Neuralgia Trigeminal e Grupo V, 20 pacientes saudáveis assintomáticas. Foram aplicados dois questionários, o IDATE e o OHIP-30, para mensuração do estado ansioso e da qualidade de vida relacionada a condição dolorosa diagnosticada, respectivamente. Todas as pacientes foram submetidas a Testes Quantitativos Sensoriais, como: Limiar de Dor à Pressão, Limiar de Detecção Mecânico, Limiar Doloroso Mecânico, Tolerância à Dor Isquêmica, Sensibilidade Dolorosa ao Frio, Sensação Pós-Estímulo e Controle da Modulação da Dor. Além disso, um Teste Eletrodiagnóstico, que determinou o Limiar de Percepção Atual, através do uso do aparelho Neurometer CPT/C (Neurotron®) foi realizado. Foram avaliadas 3 regiões em cada paciente: trigeminal, cervical e extratrigeminal. Os dados obtidos foram submetidos à análise estatística (ANOVA, Tukey, t-Student) adotando-se um nível de significância de 5% para todos os testes. Todos os grupos experimentais apresentaram altos níveis de ansiedade e grande comprometimento da sua qualidade de vida, quando comparados ao controle. Os Grupos I, II e III apresentaram valores de Limiar de Dor à Pressão significativamente menores do que o Grupo V. As mulheres do Grupo III apresentaram Limiar de Detecção Mecânico significativamente maior do que o Grupo V. Os Grupos I, II, III e IV apresentaram valores de Limiar de Doloroso Mecânico e Tolerância à Dor Isquêmica estatisticamente menores do que o Grupo V. A capacidade de ativação do mecanismo de modulação endógeno, avaliada pelo teste de Controle de Modulação da Dor, está comprometida nas mulheres com Dor Miofascial e Fibromialgia. Não houve diferença estatisticamente significante no Limiar de Percepção Atual (CPT) entre os Grupos I, II, III e V. Pacientes do Grupo IV apresentaram CPT para a frequência de 5Hz significativamente menor do que as do Grupo V na região trigeminal, indicando uma hiperestesia de origem inflamatória no nervo trigêmeo, caracterizando-se a dor neuropática. Ainda, de acordo com os resultados encontrados, os Grupos I, II e III parecem dividir um mecanismo de dor e etiologia semelhantes, não apresentando danos às estruturas neurais e sim uma alteração no processamento e modulação do impulso nociceptivo, caracterizando-se uma dor disfuncional. Os resultados deste estudo mostraram evidências da presença do processo de sensibilização central e prejuízo no mecanismo de modulação endógeno em pacientes com Dor Miofascial, Fibromialgia e Cefaleia Crônica Diária.
Título em inglês
Trigeminal system somatosensory evaluation in chronic pain patients: quantitative sensory tests and current perception threshold
Palavras-chave em inglês
Central nervous system sensitization
Chronic pain
Fibromyalgia
Headache
Pain threshold
Sensory receptor cells
Tempromandibular joint disorders
Trigeminal Neuralgia
Resumo em inglês
Chronic pain involves complex processes of genesis and neural conduction due to activation of peripheral and central mechanisms of pain maintenance. Many chronic patients are refractory to different types of treatment, which leads to the suspicion that somehow they are not fully effective and probably some mechanism of pain generation and/or maintenance is still unknown. Based on that, the aim of the present study is to evaluate the mechanisms of conduction, maintenance and pain modulation in patients with different types of chronic pain conditions. Ninety two women were evaluated, divided into 5 groups: Group I, 20 patients with Myofascial Pain of the masticatory muscles; Group II, 20 patients with Fibromyalgia; Group III, 20 patients with Chronic Daily Headache; Group IV, 12 patients with Trigeminal Neuralgia and Group V, 20 healthy asymptomatic patients. Two questionnaires were used, the STAI and the OHIP-30, to measure state anxiety and quality of life related to painful condition diagnosed, respectively. All patients underwent Quantitative Sensory Tests such as: Pressure Pain Threshold, Mechanical Detection Threshold, Mechanical Pain Threshold, Ischemic Pain Tolerance, Cold Pain Sensitivity, After- Sensation and Control Pain Modulation. An Electrodiagnostic Test, the Current Perception Threshold, using the apparatus Neurometer CPT/C (Neurotron®) was also performed. Three different regions were evaluated for each patient, for each test: trigeminal, cervical and extratrigeminal. Data were gathered and subjected to statistical analysis (ANOVA, Tukey, t-Student), adopting a significance level of 5% for all tests. All patients had high levels of anxiety and greater impairment of their quality of life, when compared to controls. Groups I, II and III showed significantly lower values of Pressure Pain Threshold than Group V. Group III had a significantly higher Mechanical Detection Threshold than Group V. Groups I, II, III and IV showed statistically lower values for Mechanical Pain Threshold and Ischemic Pain Tolerance than Group V. The ability to activate the mechanism of endogenous modulation, evaluated with the Controled Pain Modulation test, is impaired in women with Fibromyalgia and Myofascial Pain. There was no significant differences in the Current Perception Threshold (CPT) between Groups I, II, III and V. Group IV showed a CPT to 5 Hz frequency significantly lower than Group V for the trigeminal region, indicating an hyperesthesic condition due to inflammation of the trigeminal nerve, characterizing neuropathic pain. According to the results, Groups I, II and III seem to share a common pain mechanism and similar etiology, with no significant damage to neural structures but a change in the processing and modulation of nociceptive stimuli, characterizing a dysfunctional pain. The results of this study showed evidence of the presence of central sensitization process and impaired endogenous modulation system in patients with Myofascial Pain, Fibromyalgia and Chronic Daily Headache.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.