• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-04102007-100702
Documento
Autor
Nome completo
Renato Oliveira Ferreira da Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Conti, Paulo César Rodrigues (Presidente)
Pegoraro, Luiz Fernando
Segalla, José Claudio Martins
Título em português
Quantidade, tempo de pressão e padrão de dor referida em pacientes portadores de dor miofascial
Palavras-chave em português
Disfunção temporomandibular
Dor miofascial
Resumo em português
Os propósitos deste estudo foram: determinar a quantidade de pressão que estimulasse resposta dolorosa em pacientes com sinais e sintomas de dor miofascial quando comparado ao grupo controle assintomático; determinar um intervalo de tempo de manutenção de pressão para que houvesse o surgimento do processo de dor referida (DR) e verificar o padrão de DR provocada pelos pontos gatilho (PG). Para isto foram selecionados 24 pacientes portadores de dor miofascial e para o grupo controle, 20 indivíduos livres de qualquer sintomatologia de disfunção temporomandibular. Ambos os grupos foram examinados por um único examinador em pontos gatilho previamente diagnosticados. Os dados obtidos para a quantidade de pressão foram analisados estatisticamente, sendo adotado um nível de significância de 1%. Para o quesito quantidade de pressão, o intervalo no grupo portador de dor miofascial foi significantemente menor que o intervalo do grupo controle. Em relação ao tempo, o intervalo ficou entre 2 e 16 segundos, com média de 7 segundos. O padrão de DR obtido confere com aquele descrito na literatura. Os autores deste estudo concluíram que o limiar de dor a palpação em portadores de dor miofascial é menor que em indivíduos não portadores, o tempo médio necessário para gerar DR é de 7 segundos e o padrão de a manifestação de DR semelhante ao descrito na literatura.
Resumo em inglês
The purposes of this study were: to determine the amount of pressure necessary to create painful response in patients with myofascial pain in head and neck when compared with a assintomatic control group; to determine one sustained pressure time that causes referred pain and to determine the referred pain pattern when the trigger points were stimulated. The group A was formed by 24 patients who had myofascial pain, and group B was composed by 20 myofascial pain free subjects. For both groups, examination was performed by only an experienced and trained professional. Group A had lower pressure pain threshold when compared with group B.( p < 0,01) The range of sustained pressure, was between 2 and 16 seconds, with an average of 7 seconds. The referred pain patterns was very similar to those described in literature. It was concluded that the pressure pain threshold in myofascial pain patients is lower than pressure pain threshold in non-patients. Also, the average time for sustained pressure to stimulate the referred pain is approximately 7 seconds and the referred pain pattern were similar to that described in dental end medical literature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.