• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2012.tde-01112012-173439
Documento
Autor
Nome completo
José Luiz Brito de Carvalho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2012
Orientador
Banca examinadora
Maximino, Luciana Paula (Presidente)
Bicudo, Lucilene Arilho Ribeiro
Lopes, Andréa Cintra
Título em português
Promoção da saúde em ensino fundamental: ações de teleducação em Fonoaudiologia na inclusão escolar
Palavras-chave em português
Deficiência Auditiva
Educação em Saúde
Educação Especial
Síndrome
Telemedicina
Resumo em português
No âmbito da intervenção fonoaudiológica, pode-se citar a promoção da saúde em ambientes escolares como uma prática que agrega o conhecimento em saúde na formação educacional priorizando não só a prevenção dos distúrbios da comunicação humana, como também de outras alterações, como por exemplo as de origem genética que estão associadas às áreas de atuação correlatas da fonoaudiologia. Este estudo teve como objetivo avaliar um programa de capacitação em síndromes genéticas para alunos do ensino fundamental, visando à promoção da saúde e a inclusão do portador de necessidade especial no âmbito escolar. O estudo foi realizado em 2 escolas do município de Manaus-AM, sendo uma da rede pública e a outra de rede particular de ensino fundamental. Participaram deste estudo 24 alunos do 9ª ano de ambos os sexos, na faixa etária de 13 à 15 anos. A avaliação do programa de capacitação teve duração em média de 3 meses e foi dividido em 3 etapas, executadas em atividades presenciais I e II e uma atividade à distância com temas de síndrome genética e inclusão social. As atividades presenciais foram realizadas em horários distintos em cada escola participante. Enquanto que a atividade à distância foi realizada em dias pré determinados para o acesso a plataforma de Teleducação, utilizando o Cybertutor. A metodologia adotada foi o do Projeto Jovem Doutor, que com sua dinâmica desperta interesses de escolares por abordar temas de saúde em âmbito escolar utilizando diferentes e atualizados materiais educacionais. Após o período de capacitação os participantes do G1 e G2 foram intitulados Jovens Doutores e como parte do programa multiplicaram o conhecimento nas respectivas escolas. Todos os participantes receberam jaleco grafado com o símbolo do projeto e certificado de participação. Para avaliar a efetividade do programa, utilizou-se os seguintes instrumentos: Questionário Situação Problema (QSP); Escala Lickert de Atitudes Sociais em Relação à Inclusão Social (ELASI) e a Ficha de Pesquisa Motivacional (FPM). De acordo com os resultados das avaliações pré e pós-teste dos instrumentos de avaliações utilizados, (QSP) e (ELASI), o programa de capacitação teve resultados efetivos para a aquisição do conhecimento e propiciou atitudes favoráveis frente à inclusão dos indivíduos com necessidades especiais. Em relação a (FPM), seus achados confirmam o alto índice da satisfação dos participantes em relação à Teleducação Interativa avaliando como impressionante. A aplicação deste modelo de capacitação, com atividades presenciais e a atividades à distância mostrou ser um programa eficiente de educação em síndromes genéticas para alunos do ensino fundamental. A utilização da metodologia do Projeto Jovem Doutor, motivou os alunos a realizarem a multiplicação do conhecimento adquirido em suas escolas. As atitudes sociais dos participantes mostram-se mais inclusivas após o programa de capacitação. Os recursos tecnológicos utilizados foram adequados, assim contribuindo de forma primordial para sustentabilidade deste estudo.
Título em inglês
Health promotion in elementary school: shares of tele-education in school enrollment in speech therapy
Palavras-chave em inglês
Hearing
Special education
Syndrome in health education
Telemedicine
Resumo em inglês
In the context of speech therapy, can be quote the promotion of health into school environments as a practice that adds the health knowledge in the educational background, prioritizing not only the prevention to disorders of human communication, as well others changes, such as genetic origin that are associated to areas of related activities of speech therapy. This study has as objective to evaluate a training program on genetic syndromes for elementary students, aiming to promote the health and inclusion of patients with special needs of school settings. The study was conducted in two schools located in city of Manaus-AM, being a public school and another private school. Twenty four students of both sex aged 13 to 15 years old and coursing 9th year in high school participated of this study. The mean duration of the training program evaluation was about three months, and it was split in three phases, carried out in class room activities I and II, and also an activity remotely with themes of social inclusion and genetic syndrome. The classroom activities were carried out at different times for each participating school. Whereas distance activity was carried out on predetermined days for the access to Tele-education platform, by using the Cybertutor. The methodology was the Young Doctor Project, by the dynamic itself awakens interests of students for addressing health issues in school scope through different and actual educational materials. After the capacitating period, the participants of the G1 and G2 were entitled Young Doctors, and as program part they multiplied the knowledge into respective schools. All participants received written jacket with symbol of the project and certificate of participation. In order to evaluate the effectiveness of the program, it was used the following instruments: Problem Situation Survey (QSP), Lickert Scale of Social Attitudes in Relation to Social Inclusion (ELASI), and Motivational Survey Form (FPM). According to results of pre and post test evaluation, QSP and ELASI, the training program showed effectiveness results to acquire knowledge and provide favorable attitudes toward inclusion of individuals with special needs. Regarding to FPM, its results shows high satisfaction index of participants in relation to Interactive Tele-education evaluating as impressive result. The application of this training model, as presential activities and distance activities, proved to be an efficient program of education in genetic syndromes to elementary students. The utilization of Young Doctor Project as methodology has motivated students to conduct the multiplication of the knowledge acquired in schools. The social attitudes of the participants are more inclusive after training program. The technological resources used were adequate, thus contributing primary to sustainability of this study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.