• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2012.tde-12062012-155950
Documento
Autor
Nome completo
Elen Caroline Franco
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2012
Orientador
Banca examinadora
Caldana, Magali de Lourdes (Presidente)
Lamonica, Dionisia Aparecida Cusin
Walter, Cátia Crivelenti de Figueiredo
Título em português
Intervenção nas afasias com o uso da comunicação suplementar e/ou alternativa
Palavras-chave em português
Afasia
Comunicação não verbal
Reabilitação dos transtornos da fala e da linguagem
Resumo em português
A American Speech-Language-Hearing Association ASHA define a linguagem como um sistema complexo e dinâmico de símbolos convencionais, utilizados de várias maneiras durante a comunicação. Alterações nas regiões cerebrais responsáveis pela fala e linguagem, podem trazer como consequência a afasia, que é definida como a perda ou debilidade da função de linguagem causada por um prejuízo do cérebro. Indivíduos afásicos podem necessitar de recursos da Comunicação Suplementar e/ou Alternativa para complementar ou substituir a transmissão de uma mensagem, que não pode ser transmitida de maneira eficiente pela comunicação verbal. Segundo von Tetzchner e Jensen, a Comunicação Suplementar e/ou Alternativa envolve o uso de modos não verbais de comunicação, para suplementar ou substituir a linguagem oral, que pode estar ausente ou comprometida. Desta forma, o presente estudo teve o objetivo de descrever o uso da Comunicação Suplementar e/ou Alternativa em dois casos de afasia pós Acidente Vascular Encefálico. Para tanto, foi realizada intervenção fonoaudiológica com dois participantes afásicos, utilizando os recursos da Comunicação Suplementar e/ou Alternativa. A intervenção fonoaudiológica foi dividida em quatro etapas, que abrangeu desde a visualização e confecção das fichas para o álbum de comunicação até a utilização efetiva deste recurso. Em todas as etapas, foi utilizado o sistema pictográfico sistema pictográfico de comunicação, por se tratar de um sistema que possui maior iconicidade. Por meio da reaplicação de testes, foi possível constatar melhora nas capacidades de compreensão oral, escrita, leitura e denominação dos dois participantes. Com este estudo pôde-se concluir que a intervenção fonoaudiológica com o uso da Comunicação Suplementar e/ou Alternativa nos dois casos de afasia pós Acidente Vascular Encefálico, trouxe benefícios para a comunicação funcional dos participantes, sendo que estes recursos tiveram função facilitadora, tornando a comunicação mais eficiente e trazendo benefícios no processo de reabilitação, promovendo evolução das habilidades de leitura e nomeação.
Título em inglês
Intervention in aphasia using the augmentative and alternative communication
Palavras-chave em inglês
Aphasia
Nonverbal communication
Rehabilitation of speech and language disorders
Resumo em inglês
The American Speech-Language-Hearing Association defines language as a complex and dynamic system of conventional symbols, used in various ways during the communication. Changes in brain regions responsible for speech and language, can bring the aphasia, which is defined as the as the loss or impairment of language function caused by brain disease. Aphasic individuals may require supplementary resources of communication and/or alternative to supplement or replace the transmission of a message, which cannot be transmitted through verbal communication. According to von Tetzchner and Jensen, the Augmentative and Alternative Communication implicate the use of alternative modes of nonverbal communication, to supplement or replace the oral language which may absent or impaired. Thus, this study aimed to describe the use of the Augmentative and Alternative Communication in two cases of aphasia after stroke. The speech therapy was divided in four stages that approached since the display of forms of communication for the album until the effective use this resource. In all stages, was used the pictographic system Picture Communication Symbols, because it is a system that has greater iconicity. By reapplication of tests, was possible to show improvement in oral ability, writing, reading and denomination the two participants. To this end, the speech therapy was performed with two aphasic participants, using the Augmentative and Alternative Communication. This study allows conclude that the speech therapy using the Augmentative and Alternative Communication in two case of aphasia after stroke, brought benefits to functional communication the participants, and these resources had a augmentative role making communication more efficient and brought benefits in the rehabilitation process, promoting development of skills in reading e naming.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-06-19
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • FRANCO, E. C., et al. Intervenção nas afasias com o uso da comunicação suplementar e/ou alternativa. Revista CEFAC , 2014.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.