• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2011.tde-27092011-152118
Documento
Autor
Nome completo
Ademir Antonio Comerlatto Junior
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2011
Orientador
Banca examinadora
Costa Filho, Orozimbo Alves (Presidente)
Balen, Sheila Andreoli
Lamonica, Dionisia Aparecida Cusin
Título em português
Resolução temporal auditiva de crianças usuárias de implante coclear
Palavras-chave em português
Criança
Implante coclear
Perda auditiva
Testes auditivos
Resumo em português
A resolução temporal auditiva é considerada uma das habilidades mais importantes para o processamento do sinal acústico ao longo do tempo. Ela permite identificar diferenças finas dos aspectos segmentais da fala, como a identificação de fonemas, e o início e o final de palavras em frases encadeadas. Crianças usuárias de Implante Coclear (IC) apresentam características próprias de decodificação e processamento do sinal da fala ao longo do tempo, realizada pelo IC. Diante do exposto, esta pesquisa teve por objetivo verificar o desempenho de crianças usuárias de IC em tarefas de resolução temporal. A amostra foi composta por 20 crianças usuárias de IC Nucleus 24/SPRINT (Grupo Experimental - GE) e 20 crianças sem alterações auditivas (Grupo Controle - GC). Foram aplicados o Random Gap Detection Test (RGDT) e o teste Gaps In Noise (GIN) para avaliar a habilidade de resolução temporal por meio de tarefas de detecção de gap. Os testes foram aplicados em campo livre e a 40dBNS. Os testes estatísticos utilizados para a análise dos dados foram o teste t de Student para dados independentes, e o teste de Mann Whitney e o Coeficiente de Correlação de Pearson. As crianças usuárias de IC obtiveram limiares de gap no RGDT de 74,13±51 ms e no teste GIN de 12,12±2,53 ms, sendo que apenas quatro das 20 crianças realizaram o teste GIN. Os limiares de gap do GC foram de 18,77±12,29 ms no RGDT e de 6,13±1,27 ms no teste GIN. A diferença entre os dois grupos foi estatisticamente significante. Além disso, houve diferença significativa na comparação dos resultados dos testes entre os sexos do GE, sendo o masculino melhor que o feminino. Não houve correlação entre a idade e os limiares de detecção de gap em ambos os grupos e, também, não houve significância entre o tempo de uso de IC e os resultados nos testes no GE. Mesmo avaliando a mesma habilidade auditiva, não houve correlação significante entre os resultados dos testes aplicados. Foi observado que crianças usuárias de IC apresentam os limiares de detecção de gap significativamente maiores que crianças sem alterações auditivas.
Título em inglês
Auditory temporal resolution in children using cochlear implantation
Palavras-chave em inglês
Child
Cochlear implantation
Hearing loss
Hearing tests
Resumo em inglês
Auditory temporal resolution is considered one of the most important skills for acoustic signal processing along the time. It allows the identification of fine differences of speech segmental aspects, such as phonemes and the beginning and end of words in linked phrases. Children using a cochlear implant (CI) present specific characteristics of speech sign decoding and processing, along the time, performed by the CI. Thus, this research aimed at verifying the performance of children fitted with CIs, in temporal resolution tasks. The sample comprised 20 children using CI Nucleus 24/SPRINT (Experimental group - EG) and 20 children with no auditory alterations (Control Group - CG). The Random Gap Detection (RGDT) and Gaps In Noise (GIN) tests were applied to assess the temporal resolution skill through gap detection tests which were applied in free field and 40 dBSL. The statistical tests utilized for data analysis were Student´s t test, for independent data, Mann Whitney´s test and Pearson´s Correlation Coefficient. The children fitted with CIs achieved gap thresholds of 74,13±51 ms on the RGDT and 12,12±2,53 ms on the GIN test, the latter performed by only four out of the 20 children. Gap thresholds for the CG were 18,77±12,29 ms on the RGDT and 6,13±1,27 ms on the GIN test. The difference between the two groups was statistically significant. There was a significant difference in the comparison of the results of tests between the genders of EG, with males outdoing females. No correlation was seen between age and gap detection thresholds for both groups and there was no significance between the time of CI use and the results on the tests for the EG. Even assessing the same hearing skill, no significant correlation was seen between the results of the tests applied. Thus, it was observed that children fitted with cochlear implantation present gap detection thresholds significantly worse than those presented by normally hearing children.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.