• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2017.tde-03052017-193515
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Maria Fuzer Grael Tinós
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2016
Orientador
Banca examinadora
Peres, Sílvia Helena de Carvalho Sales (Presidente)
Greghi, Mônica Perri Kohl
Pereira, Antonio Carlos
Sant Ana, Adriana Campos Passanezi
Zangrando, Mariana Schutzer Ragghianti
Título em português
Ansiedade, fluxo salivar, condição periodontal e cárie dentária em obesos antes e depois da cirurgia bariátrica
Palavras-chave em português
Ansiedade
Cárie dentária
Cirurgia bariátrica
Doença periodontal
Saliva
Resumo em português
A presente pesquisa, dividida em três estudos (EI, EII e EIII), objetivou investigar a influência da obesidade e da cirurgia bariátrica (CB) na ansiedade e na saúde bucal de candidatos à CB. Candidatos à CB constituíram os grupos experimentais (GE) dos três estudos e o grupo controle (GC) do EIII. GC dos EI e EII foram compostos por obesos que não buscavam tratamento para a obesidade e não obesos, respectivamente. Cada estudo foi composto por 100 indivíduos divididos em GE e GC. Em EI e EIII, tipos longitudinais prospectivos, GE e GC foram avaliados em duas etapas: GE - antes CB (T0) e um ano após CB (T1); GC - inicial (T0) e um ano após inicial (T1). Foram avaliadas as variáveis: fluxo salivar (em EI); profundidade de sondagem, recessão gengival, nível de inserção clínica, periodontite, cálculo e sangramento gengival (em EII); lesões iniciais de cárie dentária - LIC e sangramento gengival (em EIII). Características sociodemográficas, comportamentais e antropométricas, ansiedade (medida pelo Inventário de Ansiedade Traço-Estado - IDATE), e presença de diabetes/hipertensão foram utilizadas nos três estudos. Para a análise dos dados foram utilizados os testes Exato de Fisher, Qui-quadrado, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis (Dunn), e two-way Anova (Sidak), além de análises de regressão, linear e logística, e cálculos de risco relativo (RR) e taxa de incidência (IR). O nível de significância foi de 5%. Em ambos os EI e EIII, estado e traço de ansiedade não diferiram entre GC e GE, nem entre T1 e T0. No entanto, GC, em EII, apresentou maior ansiedade-traço do que GE (p = 0,0004). Em El, fluxo salivar não foi influenciado nem pelos grupos (p = 0,29) nem pelo tempo (p = 0,81). Em EII, GE teve mais casos de profundidade de sondagem entre 4 a 5 mm (p = 0,0006) do que GC, mas a presença de sangramento gengival foi mais frequente no GC (p = 0,0139). Em EIII, o número de dentes com LIC (p = 0,0013) e sangramento gengival (p = 0,0096) aumentou após um ano de CB. No entanto, CB não foi considerada fator de risco para LIC (RR = 0,86, p = 0,3439) e sangramento gengival (RR = 1,14, p = 0,4008). Concluiu-se que ambos os indivíduos, obesos e bariátricos, mostraram vulnerabilidade aos desfechos estudados, sendo necessária a participação do profissional de odontologia na equipe de atendimento a esses pacientes.
Título em inglês
Anxiety, salivary flow, periodontal status and dental caries in obese before and after bariatric surgery
Palavras-chave em inglês
Anxiety
Bariatric surgery
Dental caries
Periodontal disease
Saliva
Resumo em inglês
The present study was designed to observe the influence of obesity and bariatric surgery (BS) in anxiety and oral health of BS candidates. It was divided into 3 experimental designs (EI, EII and EIII). BS candidates constituted the experimental groups (EG). Control group (CG) of EI and EII were obese subjects not seeking treatment for obesity and non-obese subjects, respectively. Each study was composed of 100 subjects divided into EG and CG. In EI and EIII, both prospective longitudinal studies, EG and CG were evaluated in two stages: EG - before BS (T0) and one year after BS (T1); CG - baseline (T0) and one year after baseline (T1). The following outcomes were evaluated: salivary flow (only in EI); probing depth, gingival recession, clinical attachment level, periodontitis, calculus and gingival bleeding (for EII); initial lesions of dental caries ILDC, and gingival bleeding (for EIII). Sociodemographic, behavioral, anthropometric characteristics and the presence of diabetes/hypertension were determined in all experiments. Anxiety was measured by State-Trait Anxiety Inventory. Data analysis was performed by Exact Fisher, Chi-square, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis (Dunn), and two-way Anova (Sidak) tests. In addition, linear and logistic regression analysis and calculations of relative risk (RR) and incidence rate (IR) were also used. Significance level was set at 5%. In both EI and EIII, state and trait anxiety did not differ between CG and EG, nor among T1 and T0. However, CG showed higher trait anxiety than EG (p=0.0004) in EII. In EI, salivary flow was not influenced by groups (p = 0.29) or time (p = 0.81). In EII, EG had more cases of probing depth between 4 to 5 mm (p = 0.0006) than CG, but the presence of gingival bleeding was more frequent in CG (p = 0.0139). In EIII, the number of teeth with ILDC (p = 0.0013) and gingival bleeding (p = 0.0096) increased after one year of BS. However, BS was not considered a risk factor for ILDC (RR = 0.86, p = 0.3439), and gingival bleeding (RR = 1.14, p = 0.4008). It was possible to conclude that both obese and BS subjects showed vulnerability to the studied outcomes, requiring dental professionals on care-staff to treat these patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.