• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Andres Naveda Araque
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2019
Orientador
Banca examinadora
Carreira, Daniela Gamba Garib (Presidente)
Almeida, Arací Malagodi de
Freitas, Marcos Roberto de
Santos, Alexandre Magno dos
Título em inglês
Dentoskeletal and facial features comparison between individuals treated with four first premolar extraction in the 1970s and in the new millennium
Resumo em inglês
Introduction: The frequency of first premolar extractions in Orthodontics has remarkably decreased in the last 40 years. Objective: The aim of this study was to compare the dentoskeletal initial features of patients treated with four first premolar extractions in the 1970s and in the new millennium. Materials and Methods: Group 1 was composed by 30 subjects with Class I malocclusion (mean age of 12.8 years, 10 males, 20 females) treated in the 1970s with four first premolar extraction and comprehensive orthodontic treatment. Group 2 comprised 30 subjects with Class I malocclusion (mean age of 13.4 years, 13 males, 17 females) treated in the new millennium similarly to Group 1. Initial dental models and lateral cephalograms were digitized and measured using OrthoAnalyzerTM 3D software and Dolphin Imaging 11.0 software, respectively. Initial dentoskeletal features were analyzed and compared. Intergroup comparison was performed using independent t tests (p<0.05). Results: Group 2 showed an increased maxillary and mandibular protrusion, a greater maxillary and mandibular body lengths and an increased incisor protrusion in comparison to Group 1. Group 2 also showed a greater lower anterior facial height and a greater vertical development of molars and maxillary incisors. Conclusion: Patients with Class I malocclusion treated with four first premolar extraction in the new millennium present an increased degree of maxillomandibular, dental and labial protrusion, an increased lower anterior facial height, an acute nasolabial angle and similar anterior dental crowding compared to patients treated similarly in the 1970s decade. Severe bimaxillary skeletal and dental protrusion determined first premolars extractions in the new millennium.
Título em português
Comparação das características dentoesqueléticas e faciais de pacientes tratados com extração de 4 primeiros pré-molares na década de 70 e no novo milênio
Palavras-chave em português
Dente prémolar
Estética dentária
Extração dentária
Má Oclusão de Angle Classe I
Resumo em português
Introdução: A frequência de extração de quatro primeiros pré-molares tem diminuído significativamente nos últimos 40 anos. Objetivo: O objetivo desse estudo foi comparar as características dentoesqueléticas iniciais de pacientes tratados com extração de quatro primeiros pré-molares na década de 70 e o novo milênio. Materiais e Métodos: O Grupo 1 estava composto por 30 pacientes com maloclusão de Classe I (idade média de 12.8 anos, 10 homens, 20 mulheres) tratados na década de 1970 com extração de quatro primeiros pré-molares e ortodontia fixa. O Grupo 2 estava composto por 30 pacientes com maloclusão de Classe I (idade média de 13.4 anos, 13 homens, 17 mulheres) tratados no novo milênio similar ao Grupo 1. Modelos e telerradiografias iniciais foram digitalizadas e medidas utilizando o OrthoAnalyzerTM 3D software e Dolphin Imaging 11.0 software, respectivamente. As características dentoesqueléticas inicias foram analisadas e comparadas. A comparação intergrupo foi realizada utilizando o teste t independente (p<0.05). Resultados: O Grupo 2 mostrou maior protrusão maxilar e mandibular, maior tamanho efetivo da maxila e da mandíbula e uma maior protrusão dos incisivos em relação ao grupo 1. O Grupo 2 também mostrou maior altura facial anteroinferior e maior desenvolvimento vertical dos molares e incisivos superiores. Conclusão: Em pacientes com maloclusão de Classe I é a severidade da briprotrusão inicial que determina a necessidade de realizar extração de primeiros pré-molares no novo milênio.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-06-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.