• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2017.tde-22062017-211601
Documento
Autor
Nome completo
Jefry Alberto Vargas Cabral
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2016
Orientador
Banca examinadora
Peres, Sílvia Helena de Carvalho Sales (Presidente)
Carvalho, Paulo Sergio Perri de
Mazzilli, Luiz Eugênio Nigro
Pereira, Antonio Carlos
Título em português
Estudo de coorte prospectivo do padrão ósseo alveolar em mulheres eutróficas e obesas antes e após a cirurgia bariátrica
Palavras-chave em português
Implante dentário
Maxilares
Obesidade
Osso
Resumo em português
O tecido adiposo pode regular o metabolismo ósseo e estar envolvido na fisiopatologia da osteoporose, sendo este fator determinante no sucesso de tratamentos reabilitadores com implantes dentários osseointegrados. O presente estudo de coorte prospectivo teve como objetivo verificar o padrão ósseo alveolar por meio de índices radiomorfométricos da radiografia panorâmica e medidas lineares realizadas em radiografias periapicais, em pacientes eutróficas e obesas mórbidas antes e após a cirurgia bariátrica. A amostra foi constituída por 31 mulheres com idade de 20 a 35 anos, sendo divididas em 2 grupos: Grupo Experimental (GE-Obesas de Grau III, IMC >40 Kg/m2) e Grupo Controle (GC- Eutróficas, IMC 18,5 a 24,99 Kg/m2). Foram avaliadas 20 eutróficas e 11 obesas mórbidas no pré e pós-cirurgia bariátrica (6 meses). Índices radiomorfométricos e de placa dentária foram avaliados nos tempos T0 (baseline) e T1 (6 meses). Na análise radiográfica foram avaliados o padrão trabecular através da escada visual de Lindh e a perda óssea por meio do cálculo da distância da junção cemento-esmalte à crista óssea, em radiografias periapicais. Já as radiografias panorâmicas para mensurar Índice da Cortical Mandibular (ICM), Índice Mentoniano (IM) e Índice Panorâmico Mandibular (IPM), além do índice de Placa de Turesky. Houve perda óssea significativa em T1 nas pacientes submetidas à cirurgia bariátrica, quando comparada com as eutróficas (p<0,05). O padrão trabecular tornou-se mais esparso após a cirurgia apresentando uma diferença visual. No índice de placa foi observada uma ligeira melhora após a cirurgia e os eutroficos mantiveram valores similares ao longo do tempo. Pode-se concluir que pacientes obesas apresentam maior perda óssea, a qual piora após a cirurgia bariátrica, quando comparada com o de pacientes eutróficas. O mesmo acontecendo com o trabeculado ósseo que se torna mais esparso após a cirurgia bariátrica.
Título em inglês
Prospective cohort study of alveolar bone pattern in eutrophic and obese women before and after bariatric surgery
Palavras-chave em inglês
Bone
Dental implant
Jaws
Obesity
Resumo em inglês
Adipose tissue can regulate bone metabolism and be involved in the pathophysiology of osteoporosis, being this determinant factor in the success of rehabilitative treatments with osseointegrated dental implants. The present prospective cohort study aimed to verify the alveolar bone pattern through radiomorphometric indices of panoramic radiography and linear measurements performed in periapical radiographs in eutrophic and morbidly obese patients before and after bariatric surgery. The sample consisted of 31 women aged 20-35 years old, divided into 2 groups: Experimental Group (GE-Obesas de Grade III, BMI> 40 Kg / m2) and Control Group (GC-Eutrophic, BMI 18.5 To 24.99 kg / m2). 20 eutrophic and 11 obese morbidities were evaluated in the pre and postoperative bariatric surgery (6 months). Radiomorphometric and plaque indices were evaluated at T0 (baseline) and T1 (6 months) times. In the radiographic analysis the trabecular pattern through the Lindh visual ladder and the bone loss were evaluated by calculating the distance from the cemento-enamel junction to the bone crest in periapical radiographs. Panoramic radiographs were used to measure the Mandibular Cortical Index (ICM), Mentonian Index (IM) and Panoramic Mandibular Index (MPI), in addition to the Turesky Plate index. There was a significant loss of bone in T1 in patients submitted to bariatric surgery, when compared to eutrophic patients (p <0.05). The trabecular pattern became more sparse after surgery with a visual difference. The plate index showed a slight improvement after surgery and the eutrophic maintained similar values over time. It can be concluded that obese patients present greater bone loss, which worsens after bariatric surgery, when compared to that of eutrophic patients. The same happens with the trabecular bone that becomes more sparse after bariatric surgery.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.