• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Tássia Carina Stafuzza
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2019
Orientador
Banca examinadora
Valarelli, Thais Marchini de Oliveira (Presidente)
Carrara, Cleide Felicio de Carvalho
Passos, Vivian de Agostino Biella
Silva, Thiago Cruvinel da
Título em português
Alternativas de terapia pulpar vital para reparo do complexo dentino/pulpar de dentes decíduos
Palavras-chave em português
Cárie dentária
Dente decíduo
Inquéritos e questionários
Odontólogos
Padrões de prática odontológica
Polpa dentária
Pulpotomia
Quitosana
Terapia pulpar vital
Resumo em português
Esta tese teve como objetivo apresentar dois artigos científicos. No Artigo 1, o objetivo foi avaliar o conhecimento de alunos e profissionais de odontologia sobre remoção seletiva de tecido cariado e no Artigo 2, o objetivo será apresentar o protocolo de um novo material de bioestimulação dentino/pulpar. No Artigo 1, a amostra incluiu alunos dos 3° e 4° anos do curso de uma Faculdade de Odontologia (Grupo 1) e profissionais de um Centro Odontológico Hospitalar (Grupo 2). Um questionário anônimo, confidencial, validado e traduzido, contendo onze perguntas incluindo questões sobre atitudes terapêuticas, diagnóstico e comportamento frente lesões de cárie profundas foi aplicado aos participantes. Os dados coletados foram analisados por meio do teste Qui-quadrado e regressão logística multivariada (p<0,05). No Artigo 2, serão selecionados 124 dentes, de crianças entre 5 e 9 anos de idade, de ambos os gêneros, que apresentarem lesões de cárie profundas com envolvimento pulpar e sem lesão periapical. Os dentes serão divididos entre Grupo 1 - Agregado Trióxido Mineral (MTA) e Grupo 2 - Bandagem de bioestimulação dentino/pulpar (BBio). As análises clínicas e radiográficas serão realizadas aos 6 e 12 meses pós tratamento. A espessura de barreira de dentina será verificada por meio do software Image J2. Na análise estatística será utilizado o teste Quiquadrado e Teste t (p<0,05). Para o Artigo 1, os resultados mostraram que na amostra total do estudo (n=146), 81,51% eram do gênero feminino, 52,05% pertenciam ao Grupo 2 e a idade prevalente dos entrevistados foi entre 18 e 29 anos (85,62%). Sessenta e nove participantes optaram pelas técnicas menos invasivas em duas sessões (p=0,027). As tabulações cruzadas possibilitaram verificar a variância entre as respostas obtidas ao longo do questionário, associando-as diretamente com respostas dos participantes nas alternativas A e B da décima primeira questão. Na análise de regressão logística foram verificadas diferenças estatisticamente significativas. Os entrevistados que concordaram que a parede pulpar pode estar muito úmida tem aproximadamente 8 vezes mais chance de serem invasivos no tratamento (p=0,028). Além disso, quem indicou o tratamento endodôntico como sucesso após dois anos, apresentou quase 3 vezes mais chances de escolher a opção mais invasiva de tratamento (p=0,032). Verificou-se que os entrevistados que optaram pelo tratamento menos invasivo afirmaram que a dentina cariada localizada próxima a polpa não deve ser removida para evitar a exposição pulpar apresentando quase 3 vezes mais chances de escolher como opção de tratamento abordagens minimamente invasivas (p=0,031). A proposta do Artigo 2 visa abrir novas perspectivas de tratamento para dentes decíduos, com o uso de novos materiais para manter preservada a vitalidade do complexo dentino/pulpar. No Artigo 1, de acordo com os resultados, foi possível concluir que existe certo nível de conhecimento sobre a remoção seletiva do tecido cariado entre os entrevistados, porém a aceitabilidade para a técnica ainda não é uma unanimidade.
Título em inglês
Alternatives for vital pulp therapy for dentin-pulp complex repair of primary teeth
Palavras-chave em inglês
Chitosan
Deciduous
Dental caries
Dental cavity
Dental cavity preparation
Dentists
Pulpotomy
Standards of dental practice
Surveys and questionnaires
Tooth
Vital pulp therapy
Resumo em inglês
This thesis aimed to present two scientific papers. In the Article 1, the objective was to evaluate the knowledge of students and professionals on selective caries tissue removal and in Article 2, the objective will be to present the protocol of a new dentinpulp biostimulation material. In the Article 1, the sample included students from the 3rd and 4th year of a Dental School (Group 1) and professionals from a Hospital Dental Center (Group 2). An anonymous, confidential, validated, and translated questionnaire containing eleven questions including questions about therapeutic attitudes, diagnosis, and behavior towards deep carious lesions was applied to participants. The data collected were analyzed using the Chi-square test and multivariate logistic regression (p<0.05). In the Article 2, the sample will select 124 teeth of children between 5 and 9 years old, of both genders, who present deep caries lesions with pulp involvement and without periapical lesion. The teeth will be divided between Group 1 - Mineral Trioxide Aggregate (MTA) and Group 2 - Binding of dentin/pulp biostimulation (BBio). Clinical and radiographic analyzes will be performed at 6- and 12-months post treatment. The dentin barrier thickness will be checked using Image J2 software. The chi-square test and t-test were used in the statistical analysis (p<0.05). For Article 1, the results showed that in the total study sample (n=146), 81.51% were female, 52.05% Group 2 and the prevalent age of the interviewees was between 18 and 29 years old (85.62%). Sixty-nine participants opted for less invasive techniques in two sessions (p=0.027). The cross-tabulations made it possible to verify the variance between the answers obtained throughout the questionnaire, associating them directly with the participant's answers in alternatives A and B of the eleventh question. In the logistic regression analysis, statistically significant differences were observed. Respondents who agreed that the pulp wall may be too wet are approximately 8 times more likely to be invasive in treatment (p= 0.028). In addition, who indicated endodontic treatment as a success after 2 years, presented almost 3 times more chances to choose the most invasive treatment option (p=0.032). It was verified that the interviewees who opted for the less invasive treatment stated that the carious dentin located near the pulp should not be removed to avoid pulpal exposure, presenting almost 3 times more chances of choosing minimally invasive approaches (p=0.031). The Article 2 aims to open new perspectives of treatment for deciduous teeth, with the use of new materials to preserve the vitality of the dentin/pulp complex. In the Article 1, it was possible to conclude, that there is a certain level of knowledge about the selective caries tissue removal among the interviewees, but the acceptability for the technique is not yet unanimous.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.