• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2013.tde-05062013-093746
Documento
Autor
Nome completo
Fabiola Pontes Azevedo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2013
Orientador
Banca examinadora
Greghi, Sebastiao Luiz Aguiar (Presidente)
Buzalaf, Camila Peres
Damante, Carla Andreotti
Título em português
Avaliação comparativa do comportamento adaptativo de fibroblastos humanos cultivados de mucosa palatina não marginal e de enxerto gengival em área marginal
Palavras-chave em português
Citocinas
Fibroblastos
Gengiva
Periodontite
Resumo em português
Enxertos gengivais livres são importantes para garantir condições necessárias para o estabelecimento da homeostasia do periodonto de proteção. O processo de inflamação não ocorre por igual em todos os tecidos conjuntivos do organismo e os fibroblastos têm a capacidade de reagir a estímulos agressivos por meio de liberação de diversas citocinas, que desempenham importante função na formação do infiltrado inflamatório. Até o presente trabalho, não há relatos na literatura acerca da comparação do comportamento dos fibroblastos que compõem a mucosa palatina não marginal e dos fibroblastos provenientes de enxerto gengival livre (EGL) marginal em resistir aos estímulos agressores que ocorrem na doença periodontal. Dessa forma, a proposta do presente trabalho foi investigar se os fibroblastos da mucosa palatina não marginal mudariam seu perfil de secreção de citocinas quando enxertados na margem gengival. Foram coletadas biópsias da mucosa palatina no momento da cirurgia de EGL (período inicial) e após 4 meses (período final) no momento da cirurgia para recobrimento radicular. Os fibroblastos foram cultivados e estimulados com LPS de Porphyromonas gingivalis (Pg) e de Escherichia coli (Ec) por 24h e 48h para avaliação comparativa da expressão de citocinas e mediadores do reparo tecidual, como: IL-6, IL-8/CXCL8, MIP-1α/CCL3, TGF-β, VEGF e CXCL16. As citocinas foram quantificadas no sobrenadante das células por meio de ensaio imunoenzimático (ELISA). Para a citocina IL-6, os fibroblastos da mucosa palatina não marginal mantiveram o mesmo perfil de secreção quando enxertados na área gengival marginal; para MIP-1α a secreção se mostrou aumentada de forma estatisticamente significativa pelos fibroblastos obtidos do enxerto gengival marginal após 48h de estímulo por Pg em comparação com os fibroblastos da área palatina não marginal; a secreção de IL-8 pelos fibroblastos da mucosa palatina não marginal foi maior em resposta ao desafio por LPS de Pg e os fibroblastos obtidos do enxerto gengival marginal exibiram secreção até mesmo sem o estímulo de LPS; apenas os fibroblastos do enxerto gengival marginal apresentaram secreção de TGF-β, mesmo na ausência de estímulo por LPS; a secreção de VEGF e CXCL16 não foi detectada pelos fibroblastos analisados. Conclui-se que os fibroblastos provenientes de uma mucosa palatina não marginal parecem se adaptar às condições locais quando enxertados na área gengival marginal, oferecendo evidência de sua participação efetiva na produção de mediadores inflamatórios importantes para o processo de homeostasia do periodonto marginal.
Título em inglês
Comparative evaluation of the adaptive behavior between cultivated fibroblasts from human palatal mucosa and from gingival graft in marginal area
Palavras-chave em inglês
Cytokines
Fibroblasts
Gingiva
Periodontitis
Resumo em inglês
Free gingival grafts are important to ensure conditions for the establishment of homeostasis of the periodontal soft tissues. The process of inflammation does not occur the same way in all connective tissues and fibroblasts have the ability to respond to aggressive stimuli through the release of various cytokines, which play an important role in the inflammatory infiltrate formation. In literature, there are no studies comparing the behavior of fibroblasts from palatal mucosa (not marginal) and fibroblasts from marginal free gingival graft (FGG) regarding their resistance towards periodontal disease aggressive stimuli. Thus, the purpose of this study was to investigate whether fibroblasts from the palatal mucosa behave differently when grafted to the gingival margin considering their mechanism of cytokine secretion. Biopsies from the palatal mucosa were collected at the time of FGG surgery (initial period) and after 4 months (final period) when surgery for root coverage was performed. The fibroblasts were cultured and stimulated with LPS of Porphyromonas gingivalis (Pg) and Escherichia coli (Ec) for 24 and 48 hours in order to make a comparative evaluation of cytokines and mediators of tissue repair expression, such as IL-6, IL-8/CXCL8, MIP-1α/CCL3, TGF-β, VEGF and CXCL16. Cytokines were measured in the cell supernatant by enzyme immunoassay (ELISA). For cytokine IL- 6, fibroblasts from palatal mucosa maintained the same secretion pattern when grafted to the gingival margin; for MIP-1α the secretion was significantly increased by fibroblasts from the marginal gingival graft after 48 hours of stimulation with Pg when compared to palatal mucosa fibroblasts; IL-8 secretion by palatal mucosa fibroblasts did not increase in response to Pg LPS challenge and fibroblasts from marginal gingival graft showed secretion even without the stimulus of LPS; only fibroblasts from marginal gingival graft showed secretion of TGF-β, even in the absence of LPS stimulation; VEGF and CXCL16 secretion by fibroblasts was not detected. It was concluded that fibroblasts from palatal mucosa seem to adapt to local conditions when grafted to the gingival margin area, providing evidence of its effective participation in the homeostasis of marginal periodontium through the production of important inflammatory mediators.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.