• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2016.tde-17052016-094530
Documento
Autor
Nome completo
Patrick Henry Machado Alves
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2015
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Ana Lúcia Pompéia Fraga de (Presidente)
Oliveira, Pedro Cesar Garcia de
Vasconcelos, Maria Helena Ferreira
Título em português
Avaliação e correlação clínica/tomográfica dos biótipos periodontais
Palavras-chave em português
Gengiva
Periodontia
Periodonto
Resumo em português
O biótipo gengival, definido como a espessura da gengiva no sentido vestíbulo-lingual, desempenha importante papel na homeostasia dos tecidos periodontais, podendo ser considerado um preditor no sucesso em longo prazo das terapias periodontais e periimplantares. Assim sendo, é de suma importância reconhecer as dimensões do tecido gengival e as diferentes formas de qualificá-lo e principalmente quantificá-lo. Apesar de haver descrito na literatura inúmeros métodos para este fim, existem poucos estudos comparando a efetividade de um método em relação a outro. Desta maneira, este estudo buscou avaliar se há concordância entre avaliações clínicas e tomográficas na classificação do biótipo gengival, se existe correlação entre o biótipo gengival e a espessura óssea subjacente, além de descrever um novo método de tomada tomográfica que permita a análise quantitativa do biótipo gengival. Foram avaliados 12 indivíduos os quais realizaram tomografias computadorizadas de feixe cônico como exame imaginológico de diagnóstico ou planejamento pré-cirúrgico. Em cada paciente foram realizados quatro diferentes métodos de avaliação qualitativa da espessura gengival (transparência a sondagem, transgengival, visual através de fotografia e tomográfico), dois métodos de avaliação quantitativa (transgengival e tomográfico) da espessura gengival e avaliação da espessura óssea através da tomografia computadorizada de feixe cônico. Os resultados foram avaliados estatisticamente através do teste KAPPA, Teste t pareado e coeficiente de correlação de Pearson (pM0.05). O novo método de tomada tomográfica descrito neste estudo é eficaz para avaliação do biótipo gengival, havendo grande concordância (86,1% Kappa 0,51) e forte correlação (r=0,824) entre ele e o método transgengival (padrão ouro). A correlação entre a espessura óssea e a espessura gengival foi moderada quando utilizado o método transgengival e tomográfico (r=0,567 e r=0,653 respectivamente).
Título em inglês
Palavras-chave em inglês
Gingiva
Periodontics
Periodontium
Resumo em inglês
The gingival biotype, defined as the thickness of the gum in the bucco-lingual direction, plays an important role in the homeostasis of the periodontal tissues and can be considered a predictor of long-term success of periodontal and peri-implant therapies. It is therefore of paramount importance to recognize the dimensions of the gingival tissue and the different ways to qualify it and especially quantify it. Although there are numerous methods described in the literature for this purpose, there are few studies comparing the effectiveness of one method over another. Thus, this study sought to evaluate whether there is concordance between clinical assessment and CT in the classification of gingival biotype, if there is a correlation between the gingival biotype and the underlying bone thickness, and describe a new method of tomographic tapping for the quantitative analysis of biotype gingival. They evaluated 12 individuals who underwent computed tomography cone beam as imaginologic diagnostic test or pre-surgical planning. In each patient were performed four different methods of qualitative evaluation of the gingival thickness (transparency of periodontal probe, transgengival, look through photo and tomographic), two quantitative assessment methods (transgingival and tomographic) gingival thickness and assessment of bone thickness by CT Cone beam computed. The results were statistically evaluated by Kappa test, paired t test and Pearson's correlation coefficient (pM0.05). The new method of making tomographic described in this study is effective for evaluating gingival biotype, there is great agreement (86.1% Kappa 0.51) and strong correlation (r = 0.824) between it and the transgingival method (gold standard). The correlation between the bone thickness and moderate gingival thickness was used as the transgingival and tomographic method (r = 0.567 and r = 0.653 respectively).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-05-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.