• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2011.tde-27092011-104505
Documento
Autor
Nome completo
Raquel Zanin Midena
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2011
Orientador
Banca examinadora
Garcia, Roberto Brandao (Presidente)
Bernardineli, Norberti
Bramante, Alexandre Silva
Título em português
Análise da reação do tecido subcutâneo de ratos à implantação de pastas de hidróxido de cálcio associadas a diferentes substâncias
Palavras-chave em português
Clorexidina
Fitoterapia
Hidróxido de cálcio
Resumo em português
O presente estudo teve como objetivo avaliar e comparar, morfologicamente, a resposta do tecido subcutâneo de ratos frente ao de hidróxido de cálcio associado a diferentes substâncias, sendo elas: clorexidina 0,2% em propilenoglicol, clorexidina 0,4% em propilenoglicol, Casearia sylvestris Sw (Guaçatonga) em propilenoglicol e propilenoglicol (que serviu como grupo controle). Para isso, foram utilizados 72 ratos Wistar. As pastas foram preparadas e colocadas em tubos de polietileno, que foram implantados no tecido subcutâneo do dorso de cada animal. Os períodos experimentais foram de 7, 14 e 30 dias após o procedimento cirúrgico, quando então, os animais foram mortos. As amostras coletadas passaram por processamento histotécnico e foram feitos cortes de 5µm de espessura e coloração com Hematoxilina e Eosina (H.E.). A avaliação das respostas do tecido conjuntivo em contato com as pastas testadas foirealizada de forma descritiva e quantitativa subjetiva.Os dados obtidos após análise quantitativa foram submetidos ao teste estatístico de Kruskal-Wallis e Dunn com nível de significância p<0,05. Os resultados mostraram que a clorexidina 0,4%, de modo geral, se mostrou mais irritante que os demais grupos. O extrato de Casearia sylvestris Sw apresentou comportamento satisfatório em relação à intensidade da reação inflamatória, igualando-se aos grupos 1 e 4. Com base na metodologia aplicada, foi possível concluir que aos 30 dias todos os grupos mostraram não interferir no processo de reparo e que todas as substâncias experimentais (clorexidina a 0,4%, a 0,2% e o extrato de Casearia sylvestris Sw) podem ser associadas ao hidróxido de cálcio.
Título em inglês
Analysis of the reaction of rat subcutaneous tissue to the implantation of calcium hydroxide pastes associated with different substances
Palavras-chave em inglês
Calcium hydroxide
Chlorhexidine
Phytotherapy
Resumo em inglês
This study aimed to evaluate the response of rat subcutaneous tissue against calcium hydroxide associated with different substances: chlorhexidine 0.2% in propylene glycol, 0,4% chlorhexidine in propylene glycol, Casearia sylvestris (guaçatonga) in propylene glycol and propylene glycol (control group). The pastes were prepared and placed in polyethylene tubes, which were implanted in the dorsum of each animal (N=18). The experimental periods were 7, 14 and 30 days after surgery, at which time the animals were killed. The samples were histologically processed and stained with hematoxylin and eosin. The evaluation of the responses of connective tissue in contact with the pastes was performed using descriptive and quantitative analyses. The data obtained after the quantitative analysis were subjected to statistical test of Kruskal-Wallis and Dunn with significance level p <0.05. In overall, chlorhexidine 0,4%/calcium hydroxide showed the more intense inflamatory reaction in comparison to the other groups. The extract of Casearia sylvestris showed satisfactory performance in relation to the intensity of the inflammatory reaction, similar to groups 1 and 4. Based on the methodology, it was concluded that at 30 days all the materials do not to interfere with the repair process and that all experimental substances (chlorhexidine 0.4%, 0.2% and the extract of Casearia sylvestris) can be associated with calcium hydroxide.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RaquelZaninMidena.pdf (3.27 Mbytes)
Data de Publicação
2011-10-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.