• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2013.tde-14082013-103819
Documento
Autor
Nome completo
Diana Ferreira Gadêlha de Araújo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2013
Orientador
Banca examinadora
Wang, Linda (Presidente)
Garcia, Fernanda Cristina Pimentel
Ishikiriama, Sergio Kiyoshi
Título em português
Efeito da solução de clorexidina a 2% a um cimento ionomérico e um resinoso na adesão de pinos de fibra de vidro em raízes bovinas após 7 dias e 6 meses de armazenamento
Palavras-chave em português
Cimento de ionômero de vidro
Cimentos de resina
Clorexidina
Técnica para retentor intrarradicular
Resumo em português
Este trabalho avaliou a influência do uso de solução de clorexidina a 2% (CHX) na resistência de união de pino de fibra de vidro à dentina radicular, utilizando um agente cimentante ionomérico modificado por resina e um cimento resinoso dual com sistema adesivo convencional, nos terços cervical, médio e apical. Oitenta raízes bovinas foram selecionadas, cortadas em 17mm e tratadas endodonticamente para em seguida serem divididas em 8 grupos: ARC (RelyX ARC/ScothBond MultiPurpose- cimento resinoso); ARC+CHX (ARC associado a CHX); RL (RelyX Luting 2- ionômero de vidro); RL+CHX (RL associado a CHX). Os espécimes de cada protocolo foram divididos em grupos de 7 dias ou 6 meses de armazenamento, depois de serem restaurados com pino de fibra de vidro cônico Exacto. Após 24 horas da cimentação, as raízes foram seccionadas perpendicularmente ao longo eixo e identificadas quanto à região, obtendo-se fatias (1mm de espessura). Após o tempo de armazenamento proposto, todas as fatias foram submetidas ao teste de extrusão (push-out) com célula de carga a 0,5mm/min. Os dados foram tabelados considerando as variáveis dos diferentes agentes cimentantes, uso ou não de solução de clorexidina, terços radiculares e tempo de armazenamento. Depois de testados, todos os espécimes foram submetidos à análise dos tipos de fraturas encontradas. Os valores de resistência obtidos foram submetidos à análise estatística através do teste ANOVA a quatro critérios e comparações múltiplas com Tukey, ambos com p<0,05. Os valores obtidos para os grupos armazenados por 7 dias nos terços cervical, médio e apical, respectivamente, foram: ARC- 4,03 (1,85); 4,68 (2,76); 2,97 (1,56); ARC+CHX- 6,75 (3,01); 5,28 (2,89); 3,98 (3,40); RL- 2,26 (0,48); 1,97 (1,31); 1,69 (0,75); RL+CHX- 2,26 (0,96); 2,10 (0,93); 1,65 (1,40). Para os grupos armazenados por 6 meses, os valores resultantes foram: ARC- 6,57 (2,43); 6,56 (2,85); 5,15 (3,07); ARC+CHX- 3,23 (3,13); 1,75 (1,28); 3,26 (2,10); RL- 2,02 (1,13); 1,90 (1,33); 1,40 (1,43); RL+CHX- 1,06 (0,70); 0,78 (0,38); 0,88 (0,90). A análise das fraturas encontrou predominância de falhas adesivas entre cimento e dentina e mistas para os grupos cimentados com ARC. Grupos cimentados com RL apresentaram maioria de falhas do tipo mista e adesiva entre cimento e pino. Os cimentos apresentaram desempenho semelhante para o teste imediato, mas o ARC obteve melhor desempenho após 6 meses de armazenamento. A CHX não exerceu influência positiva para nenhuma das situações testadas. Não foram encontradas diferenças significantes entre os terços de um mesmo grupo. A resistência adesiva foi influenciada principalmente pelo tipo de cimento utilizado.
Título em inglês
Effect of 2% chlorhexidine solution on bonding of a glass ionomer cement and a resin cement to bovine root dentin after 7-day and 6-month storage
Palavras-chave em inglês
Chlorhexidine
Glass ionomer cement
Post and core technique
Resin cements
Resumo em inglês
This study evaluated the influence of 2% chlorhexidine digluconate (CHX) on glassfiber post bonding strength to root dentin with a dual-cured resin cement and a resinmodified glass-ionomer cement, in terms of coronal, middle, and apical thirds. Eighty bovine roots were sectioned 17mm from their apices and endodontically treated and randomly assigned into eight groups: ARC (dual-cured resin cement RelyX ARC + ScothBond Multi Purpose adhesive system); ARC+CHX (ARC associated with CHX); RL (resin-modified glass-ionomer cement RelyX Luting 2) and RL+CHX (RL associated with CHX). Half of each group was subjected to either 7-day or 6-month storage in artificial saliva, after being restored with glass-fiber post Exacto. After 24 hours of luting, the roots were sliced under irrigation to obtain 1mm-thick slices. After the storage time, slices were subjected to push-out test with a universal test machine with a crosshead speed of 0.5mm/min. After this test, the slices were submitted to analysis of failure modes. Data of bond strength were submitted to four-way ANOVA and Tukeys tests (p≤0.05). The values of average and standard deviation (MPa) regarding coronal, middle, and apical thirds for 7-day groups were: ARC- 4.03 (1.85); 4.68 (2.76); 2.97 (1.56); ARC+CHX- 6.75 (3.01); 5.28 (2.89); 3.98 RL- 2.26 (0.48); 1.97 (1.31); (3.40); 1.69 (0.75); RL+CHX- 2.26 (0.96); 2,10 (0.93); 1.65 (1.40). After 6-month storage, the respectively values obtained were: ARC- 6.57 (2.43); 6.56 (2.85); 5.15 (3.07); ARC+CHX- 3.23 (3.13); 1.75 (1.28); 3.26 (2.10); 1.40 (1.43); RL- 2.02 (1.13); 1.90 (1.33); RL+CHX- 1.06 (0.70); 0.78 (0.38); 0.88 (0.90). The most observed failures were adhesive cement-dentin and mixed failures for ARC groups; for the RL groups, the main failures were adhesive cement-post and mixed modes. Immediate values showed similar performance between both tested cements. After 6 months, ARC yielded higher bond strength compared to RL. For any tested situation, CHX exhibited improved bond strength, disregarding neither luting cement nor time.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.