• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Marina Ciccone Giacomini
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2019
Orientador
Banca examinadora
Wang, Linda (Presidente)
Buzalaf, Marilia Afonso Rabelo
Rios, Luciana Fávaro Francisconi dos
Santos, Paulo Henrique dos
Título em inglês
Interaction between dentin bonding agents and dentin: from in situ proteolytic activity to mechanical test
Palavras-chave em inglês
Dentin
Dentin bonding agents
Hybrid layer
Proteases inhibitor
Resumo em inglês
The use of the versatile universal adhesive systems aims to improve adhesion to dentin and simplify the bonding procedure. The association between functional monomer as 10-methacryloyloxydecyl-dihydrogen phosphate (10-MDP) and proteolytic inhibitors seems to be a promising strategy to improve the longevity of hybrid layer. Therefore, this study aimed to evaluate the performance of Adper Single Bond Universal (SU) combined with proteolytic inhibitors, especially chlorhexidine (CHX), in different dentin substrates overtime. In article 1, the interaction between CHX and E-64 with SU (in etch-and-rinse mode) was investigated in sound, artificial carious and eroded dentin over 18 months aging. It was found that carious substrate was the most affected and none of the inhibitors tested were able to maintain stability over 18 months. Furthermore, it was observed that CHX negatively impacted regardless of the substrate, leading to the hypothesis of possible competition between CHX and 10-MDP, since both involve calcium ions in their mechanism of action. For a better comprehension, article 2 purposed the evaluation of proteolytic activity and bonding to dentin tests, focusing on the performance of SU in both modes (etch-and-rinse and self-etching) compared to a conventional MDP-free 2- step adhesive system (Adper Single Bond 2), associated with CHX over 6 months aging. It was observed that proteolytic activity was evidenced when all dentin bonding systems (DBS) was used. SU in self-etching mode showed the highest values of microtensile bond strength. CHX was able to reduce proteolytic activity, regardless of DBS even in 6 months aging. Moreover, CHX did not affect negatively mechanical properties. In conclusion, CHX is capable of reduce proteolytic activity, however it did not provide long lasting up to 18 months.
Título em português
A interação de agentes adesivos à dentina: da ação proteolítica in situ aos testes mecânicos de adesão
Palavras-chave em português
Adesivos dentinários
Camada híbrida
Dentina
Inibidores de proteases
Resumo em português
A utilização dos versáteis sistemas adesivos universais tem por objetivo melhorar à adesão à dentina e simplificar o procedimento adesivo. A associação entre monômeros funcionais como o 10-Metacriloiloxidecil dihidrogênio fosfato (10-MDP) e inibidores proteolíticos tende a ser uma estratégia promissora para melhorar a longevidade da camada hibrida. Desta forma, este trabalho tem por objetivo avaliar o desempenho do Adper Single Bond Universal (SU) combinado com inibidores proteolíticos, especialmente a clorexidina (CHX), em diferentes substratos dentinários ao longo do tempo. No artigo 1, a interação entre CHX e E-64 com SU (modo convencional) foi investigada em dentina sadia, artificialmente cariada e erodida em 18 meses de envelhecimento. Foi encontrado que o substrato cariado foi o mais afetado e nenhum dos inibidores testados foram capazes de manter a estabilidade ao longo de 18 meses. Além do mais, observou-se que a CHX impactou de forma negativa independente do substrato avaliado, levando a hipótese de uma possível competição entre ela e o 10-MDP, visto que ambos envolvem íons Ca em seus mecanismos de ação. Para uma melhor compreensão, no artigo 2 foi proposto testes para avaliação de atividade proteolítica e resistência de união à dentina, com foco no desempenho do SU nos dois modos (convencional e autocondicionantes) comparado a um convencional de 2 passos livre de MDP (Adper Single Bond 2), associados com CHX em 6 meses de envelhecimento. Foi observado que a atividade proteolítica foi evidente em todos os sistemas adesivos (SA). O SU no modo autocondicionantes apresentou os maiores valores de resistência de união. A CHX foi capaz de reduzir a atividade proteolítica, independente dos SA mesmo em 6 meses de envelhecimento. Além disso, a CHX não afetou negativamente as propriedades mecânicas. A CHX é capaz de reduzir a atividade proteolítica, no entanto não perdura até 18 meses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.