• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2010.tde-02062011-101801
Documento
Autor
Nome completo
Christiano de Oliveira Santos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2010
Orientador
Banca examinadora
Capelozza, Ana Lucia Alvares (Presidente)
Bullen, Izabel Regina Fischer Rubira de
Haiter Neto, Francisco
Rebello, Iêda Margarida Crusoé Rocha
Rodrigues, Antonio de Castro
Título em português
Avaliação da anatomia neurovascular da mandíbula por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico
Palavras-chave em português
Anatomia
Mandíbula
Tomografia computadorizada de feixe cônico
Resumo em português
A prescrição crescente de exames de imagem tridimensionais em Odontologia especialmente para procedimentos cirúrgicos na mandíbula como a inserção de implantes justifica o grande interesse na reavaliação dos reparos anatômicos nas imagens obtidas por tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC). O reconhecimento das variações anatômicas relacionadas à neurovascularização mandibular nestas imagens é de grande importância, uma vez que injúrias a estas estruturas podem resultar em danos, complicações e insucessos cirúrgicos. Este estudo, realizado em três etapas, se propôs a avaliar aspectos relacionados à anatomia neurovascular da mandíbula em imagens de TCFC. Na primeira etapa, avaliou-se a ocorrência de FM adicionais (FMA) e suas características. A prevalência encontrada foi de 9,4% e um total de 32 FMA foi registrado. Destes, 14 possuíam diâmetro correspondente a pelo menos 50% do diâmetro do FM ipsilateral e suas localizações foram variáveis. Dois casos de ausência de FM foram relatados. Na segunda etapa os CM foram avaliados quanto à presença de CM bífidos, alças anteriores do nervo mentual (AA) e corticalização. Também foi avaliado o trabeculado ósseo na região da fóvea submandibular (FSM). A prevalência de CM bífidos foi de 19%. Dos 19 casos observados, 14 estavam associados a FMA. Três casos estavam associados a forames retromolares associados a bifurcações do CM foram observados. Entre 22% e 28% da amostra apresentava AA e de 4% a 8% apresentava extensão anterior da AA significativa, maior que 4mm. Na região da FSM observou-se um trabeculado ósseo diminuído ou ausente na maioria dos casos, associados a maior frequência de ausência de corticalização do CM. Na terceira etapa, a imagem da radiografia panorâmica foi comparada à TCFC na visualização de variações anatômicas relevantes para o planejamento de implantes na região entre os forames. Houve grande discrepância entre os métodos nas observações referentes à presença de AA, canais incisivos e FMA e estimativa de distância segura para colocação de implantes. Conclui-se que a grande variabilidade anatômica relacionada à neurovascularização da mandíbula e limitação da radiografia panorâmica em evidenciar estas variações ressaltam a importância da realização de exames seccionais como os obtidos na TCFC na avaliação pré-operatória da mandíbula, e que as imagens das diferentes reconstruções disponíveis devem ser interpretadas de forma meticulosa e individualizada.
Título em inglês
Assessment of neurovascular anatomy of the mandible through cone-beam computed tomography
Palavras-chave em inglês
Anatomy
Cone-beam computed tomography
Mandible
Resumo em inglês
Current increase on prescription of sectional diagnostic imaging for surgical procedures involving the mandible, such as implant placement, has brought much interest in revisiting neurovascular anatomy with cone-beam computed tomography (CBCT) technology recently. Acknowledgement of such anatomical variations is quite important due to possible injuries to these structures leading to surgical complications and failures. The present study was carried out in three phases and aimed to assess different aspects related to neurovascular anatomy of the mandible on CBCT images. For phase one, occurrence of additional mental foramina (AMF) and their features were assessed. Prevalence was 9.4% and a total of 32 AMF were found. The diameter of the AMF was at least 50% the diameter of ipsilateral MF in 14 cases. Location of AMF was quite variable. Two cases showing absence of MF were registered. For phase two, MC was evaluated regarding the presence of bifid MC, anterior loop of the mental nerve (AL), and corticalization. Additionally, the bone trabeculation in the submandibular gland fossa region (SGF) was assessed. Prevalence of bifid MC was 19% (19 cases). Most cases (n=14) was associated with AMF and 3 cases were associated with retromolar foramina. Between 22% and 28% showed AL, and 4%-8% presented anterior extension of AL bigger than 4mm. SGF region presented decreased or absent trabeculation in most cases, which were associated with more frequent absence of MC corticalization. For phase three, panoramic radiographs (PR) were compared to CBCT regarding assessment of anatomical variations relevant for implant planning. Major discrepancies between PR and CBCT observations were noted regarding presence of AL, incisive canal, and FMA, as well as estimation of safe distance for implant placement. It is concluded that major anatomical variability related to mandibular neurovascularization and limitation of PR in displaying such variations point out to the importance of sectional exams, such as CBCT, for pre-surgical planning. Furthermore, images available of different reconstructions must be evaluated carefully and on a case by case basis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-06-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.