• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2011.tde-12062012-153642
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Ventura Dias
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2011
Orientador
Banca examinadora
Andreo, Jesus Carlos (Presidente)
Rodrigues, Antonio de Castro
Tirapelli, Luis Fernando
Título em português
Tecido adiposo e enxerto com tubo de polietileno poroso usados na técnica de tubulização influenciaria na reinervação de músculos de contração lenta e rápida de ratos?
Palavras-chave em português
Músculo extensor longo dos dedos
Músculo sóleo
Polietileno
Ratos
Regeneração
Técnica de tubulização
Resumo em português
Problemas relacionados a lesões de nervos periféricos com consequentes perdas sensitivas e motoras tornaram-se frequentes no dia a dia da prática clínica e hospitalar, em consequência do aumento da violência urbana, dos acidentes de trânsito, acidentes profissionais e domésticos. Por esta razão, a busca por estratégias e técnicas que possam reparar a lesão nervosa e restabelecer a função do tecido lesado é importante e de grande valia no âmbito da saúde. Para reparar lesões nervosas com perda de tecido nervoso, várias técnicas cirúrgicas têm sido utilizadas, uma das técnicas mais comum é o uso do enxerto autógeno, mas técnicas alternativas têm sido propostas a fim de evitar as complicações ao local doador e acelerar o processo de regeneração nervosa como, por exemplo, a da tubulização. O uso desta técnica tem sido mais utilizado para o preenchimento dos tubos com substâncias que acelerem ou induzam o crescimento axonal. Baseado no exposto anteriormente pensou-se na realização desta pesquisa com o objetivo de verificar se uso de tubo de polietileno poroso preenchido ou não com tecido adiposo na técnica de tubulização alteraria a recuperação dos músculos sóleo (de contração lenta) e Extensor longo dos dedos (de contração rápida). Para isso foram utilizados 45 ratos (Rattus norvegicus),Wistar, machos, que foram divididos em cinco grupos, sendo, três controles, e dois experimentais. Nos grupos experimentais foram realizados a tubulização de polietilieno poroso preenchido ou não com tecido adiposo (GECP e GESP, respectivamente). Os tubos foram testados para avaliar a eficácia em reduzir a lacuna crítica de 10 mm do nervo isquiático. Os animais dos grupos experimentais foram sacrificados 150 dias após a cirurgia. Dos três grupos controles, dois não sofreram intervenção cirúrgica, e receberam o nome de inicial (GCI) e final (GCF) e foram sacrificados com 80 e 230 dias de vida respectivamente. E no outro grupo controle, denominado desnervado (GCD) os animais foram submetidos à secção do nervo isquiático. Antes do sacrifício os animais foram submetidos à análise funcional da marcha. Durante o sacrifício foram retiradas amostras dos músculos sóleo e Extensor longo dos dedos, que foram submetidas à coloração de Hematoxilina e Eosina, Tricrômico de Masson, e também a reações de m-ATPase e NADH-Tr. Imunomarcações foi utilizada para a expressão de Myod e miogenina. Os dados foram submetidos ao tratamento estatístico. Os resultados mostraram que nos animais dos grupos experimentais tiveram melhor recuperação muscular do que os dos animais desnervados e foi inferior quando comparado com o grupo controle final (GCF). Baseado nestes dados pode-se concluir que o uso do tubo de polietileno poroso com preenchimento de tecido adiposo interferiu positivamente na recuperação tanto do músculo sóleo quanto o extensor longo dos dedos.
Palavras-chave em inglês
Extensor digitorum longus muscle
Polyethylene
Rats
Regeneration
Soleus muscle
Tubulization technique
Resumo em inglês
Problems related to injuries of peripheral nerves with consequent sensory and motor losses are seen more frequently in daily clinical and hospital practice due to an increase in urban violence, traffic accidents, domestic and labour accidents. For this reason, the search for strategies and techniques that can repair nerve damage and restore function of damaged tissue is important and of great value in health care. To repair nerve damage with loss of nerve tissue, several surgical techniques have been used, one of the common techniques is the use of the autograft, but alternative techniques have been proposed to avoid complications to the donor site and accelerate the process of nerve regeneration, such as tubulization. The use of this technique has been further utilized by filling the tubes with substances that speed up or induce axonal growth. Based on the previous work, in this research we wanted to see whether tubilization with the help of porous polyethylene tube filled with and without adipose tissue alter the recovery of the soleus (slow twitch) and extensor digitorum longus (fast twitch) muscles. For this we used 45 male Wistar rats (Rattus norvegicus), who were divided into five groups, three control and two experimental. In the experimental groups, tubulization was performed using porous polyethylene filled with (GECP) and without adipose tissue (GESP). The conduits were tested for efficacy in bridging the critical gap length of 10 mm in sciatic nerves.The animals of experimental groups were sacrificed 150 days after surgery. Of the three control groups, two did not undergo surgery, and were named as (GCI) for Initial and (GCF) for final group in which the animals were sacrificed at 80 and 230 days old respectively. And another control group, called denervated (GCD), the animals were subjected to sciatic nerve section. Prior to sacrifice the animals were subjected to functional analysis of gait. During the sacrifice, samples were taken from soleus and extensor digitorum longus muscles, which were stained with Hematoxylin and Eosin, Masson's trichrome and were also subjected to reactions of m-ATPase and NADH Tr. Immunostaining was also utilised for the expression of MyoD and myogenin. The data were analyzed statistically. The results showed that animals of experimental groups have better muscle recovery than those of denervated animals however the recovery was inferior when compared with the final control group (GCF).Based on these data we can conclude that the use of porous polyethylene tube filled with adipose tissue had a positive influence on the recovery of both the soleus and extensor digitorum longus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DanielVenturaDias.pdf (6.97 Mbytes)
Data de Publicação
2012-06-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.