• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2013.tde-14102013-171042
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane de Almeida Baldini Cardoso
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2013
Orientador
Banca examinadora
Buzalaf, Marilia Afonso Rabelo (Presidente)
Magalhães, Ana Carolina
Rios, Daniela
Rodrigues, Jonas de Almeida
Uchoa, Marinês Nobre dos Santos
Título em português
Efeito do pH e da concentração de fluoreto presente em dentifrícios líquidos no controle de cárie em área fluoretada: estudo clínico randomizado
Palavras-chave em português
Biofilme dentário
Cárie dentária
Dente decíduo
Dentifrícios
Estudo clínico randomizado
Pré-escolares
Unhas
Resumo em português
Os dentifrícios de baixa concentração de fluoreto têm sido sugeridos como alternativa para reduzir o risco de fluorose dentária, embora não haja consenso quanto a sua eficácia clínica, a qual pode ser aumentada quando o pH é ácido. Este estudo clínico randomizado teve como objetivo avaliar o efeito anti-cárie do pH e da concentração de fluoreto presente em dentifrícios líquidos, em crianças com diferentes status de atividade cariosa. Crianças de 2-4 anos de idade residentes em uma área fluoretada (0,6-0,8 ppm F), com (A) e sem (I) lesões de cárie ativa foram distribuídas aleatoriamente em três grupos de acordo com o tipo de dentifrício utilizado: Grupo 1 (n=48-A/56-I): 550 ppm F pH 4,5, Grupo 2 (n=56-A/48-I) 1100 ppm F pH 7,0, Grupo 3 (n=52-A/55-I): 550 ppm F pH 7,0. O número de lesões tornando-se ativas/cavidades ou inativas, respectivamente, foi avaliado clinicamente após 12 meses, podendo-se determinar se as lesões progrediram ou regrediram. Além disso, as lesões de mancha branca foram avaliadas através da técnica de quantificação de fluorescência induzida por luz (Quantitative Light-Induced Fluorescence - QLF) em uma subamostra de 75 crianças. A concentração de fluoreto nas unhas dos pés e no biofilme dentário também foi avaliada após 6 meses de uso dos dentifrícios. A progressão de cárie seguiu um padrão decrescente de acordo com o dentifrício utilizado (G3>G2>G1), independentemente da atividade de cárie da criança, mas diferenças significativas foram detectadas apenas para a progressão e o incremento de cárie (G1 < G3) no grupo de crianças cárie-ativas, quando avaliadas por inspeção visual. Para a regressão de cárie, os valores encontrados para os 3 grupos foram mais parecidos entre si, não havendo diferenças significativas entre osgrupos. Por outro lado, a análise com o QLF não detectou diferença significativa entre os Grupos 1 e 2, mas eles tiveram um desempenho significativamente melhor que o Grupo 3. Concentrações de fluoreto nas unhas significativamente mais baixas foram observadas quando as crianças usaram os dentifrícios fluoretados de baixa concentração de F, independente do pH. A concentração de F no biofilme foi significativamente maior para o grupo 2 quando comparado ao grupo 3 independente do tempo de coleta, enquanto o grupo 1 não diferiu significativamente do grupo 2, mas foi significativamente maior que o grupo 3, 60 minutos após a coleta. Os resultados reforçam os dados anteriores que mostraram um bom potencial do dentifrício líquido ácido de baixa concentração de F para prevenir lesões cariosas e ao mesmo tempo reduzir a ingestão de fluoreto. Assim, este dentifrício parece ser uma boa opção para as crianças na idade de risco para fluorose dentária, residentes em uma região fluoretada, independente da atividade de cárie.
Título em inglês
Effect of liquid dentifrices pH and fluoride concentration on caries control in a region with fluoridated water: randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Clinical trials randomized
Deciduous tooth
Dental caries
Dentifrices
Nails
Plaque
Preschool children
Resumo em inglês
Low-F dentifrices have been suggested as an alternative to reduce the risk of dental fluorosis, although there is no consensus on their clinical efficacy, which may be increased when the pH is acidic.The present randomized clinical trial evaluated the anticaries effect of low-F acidic liquid dentifrice in children at different caries activity status. Two-to-four-year-old schoolchildren living in a fluoridated area (0.6 0.8 ppm F), with (A) or without (I) active caries lesions were randomly allocated into 3 groups differing according to the type of dentifrice used over 12 months: Group 1 (n=48-A/56-I): 550 ppm F pH 4.5, Group 2 (n=56-A/48-I) 1100 ppm F pH 7.0, Group 3 (n=52-A/55-I): 550 ppm F pH 7.0. The number of lesions becoming active/cavities or inactive was clinically evaluated determining progression or regression. Additionally, the white spot lesions were evaluated by the quantitative light-induced fluorescence (QLF) method in a subsample of 75 children. Toenail and plaque fluoride concentration were also evaluated 6 months after the use of the dentifrices. Plaque samples were collected 5 and 60 minutes after the last use of the dentifrices. Caries net increment followed a decreasing pattern according to the dentifrice used (G3>G2>G1) regardless caries activity, but significant differences were detected only for caries progression and net increment (G1 < G3) for the cariesactive group when evaluated through visual inspection. For the regression, the values found for the three groups were more similar, without significant differences. QLF analysis detected no significant difference between Groups 1 and 2, but they performed significantly better than Group 3. Toenail fluoride concentration significantly lower was observed when children used the low-fluoride dentifrices. Plaque F concentration was significantly higher for Group 2 compared to group 3, egardless the time, while Group 1 did not significantly differ Group 2, but was significantly higher when compared to Group 3, 60 minutes after plaque collection. The results reinforce previous data that showed a good potential of the low-fluoride acidic LD to prevent caries and reduce fluoride intake. Thus, it seems to be a good option for children at the age of risk for dental fluorosis, living in a fluoridated area, regardless the risk for dental caries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.