• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2016.tde-10032016-163155
Documento
Autor
Nome completo
Diego Mauricio Bravo Calderón
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2015
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Denise Tostes (Presidente)
Bonjardim, Leonardo Rigoldi
Camillo, Cláudia Malheiros Coutinho
Lourenço, Silvia Vanessa
Pegoraro, Camila de Oliveira Rodini
Título em português
Migração e invasão do câncer de boca via ativação de receptor beta 2 adrenérgico por mediador do estresse
Palavras-chave em português
Câncer de boca
Estresse
Receptor beta 2 adrenérgico
Resumo em português
A ativação do receptor beta 2 adrenérgico (β2-AR), pelos mediadores químicos do estresse, pode induzir efeitos estimuladores ou inibidores na migração e invasão celular, dependendo do tipo de tumor maligno. A importância deste receptor na evolução do câncer de boca não está totalmente esclarecida. O objetivo deste estudo foi verificar a expressão do β2-AR em linhagens de carcinomas espinocelular de boca (SCC-9 e SCC-25), e investigar o papel da ativação deste receptor pela norepinefrina e de seu bloqueio por um antagonista na migração e invasão destas células neoplásicas. As células SCC-9 e SCC-25 foram investigadas quanto à expressão gênica e proteica do β2-AR, respectivamente, pelo RT-qPCR e pelo Western blot. A migração e a invasão celular foram analisadas pelo ensaio de cicatrização de feridas e pelo sistema de câmeras de invasão Transwell, respectivamente. Diferentes concentrações (0,1; 1 e 10μM) de norepinefrina foram utilizadas para estimular e 1μM de propranolol foi empregado para bloquear os receptores beta adrenérgicos nas células neoplásicas. As diferenças das médias obtidas nos experimentos de invasão e migração de SCC-9 e SCC-25 e da expressão proteica do β2-AR, foram comparadas pelo teste t de Student com nível de significância de 5%. Os resultados mostraram que a expressão gênica e proteica do β2-AR foi verificada em ambas as linhagens de câncer de boca. A concentração de 10μM de norepinefrina inibiu, significativamente (p≤0,05), a migração e invasão celular de SCC-9 e SCC-25, sendo este efeito mais acentuado nas células SCC-25. Além disso, houve uma redução significativa (p≤0,05) do efeito da norepinefrina na migração celular quando os β2-AR foram inibidos pelo propranolol. Adicionalmente, o bloqueio dos β-ARs pelo propranolol reverteu parcialmente o efeito da norepinefrina na capacidade invasiva de SCC-9 e SCC-25. Estes resultados comprovam que a norepinefrina, via ativação do β2-AR, reduziu a migração e a invasão das células do carcinoma espinocelular de boca e, portanto, o uso de agonistas dos receptores beta-adrenérgicos poderia se tornar um alvo terapêutico adjuvante no tratamento desta neoplasia maligna.
Título em inglês
Cell migration and invasion of oral cancer via activation of beta 2 adrenergic receptor by stress mediator
Palavras-chave em inglês
Beta 2 adrenergic receptor
Oral cancer
Stress
Resumo em inglês
The activation of beta 2 adrenergic receptor (β2-AR), by chemical mediators of stress, can induce stimulatory or inhibitory effects on cell migration and invasion, depending on the type of malignancy. The importance of this receptor in the oral cancer outcome is not fully understood. The aim of this study was to verify β2- AR expression in oral squamous cell carcinoma cell lines (SCC-9 and SCC-25), and to investigate the role of activation of this receptor by norepinephrine and its blockade by an antagonist in migration and invasion of these neoplastic cells. SCC-9 and SCC-25 cells were investigated for gene and protein expression of β2-AR, respectively, by RT-qPCR and Western blot. The cell migration and invasion were analyzed by wound healing assay and Transwell invasion camera system, respectively. Different concentrations (0.1, 1 and 10μM) of norepinephrine were used to stimulate and 1μM propranolol was used to block the beta adrenergic receptors on cancer cells. Differences in mean values of the invasion and migration assays of SCC-9 and SCC-25 and β2-AR protein expression were compared by the Student t test with 5% significance level. The results showed that β2-AR gene and protein expression was verified in both oral cancer cell lines. The concentration of 10μM of norepinephrine inhibited significantly (p≤0.05), cell migration and invasion of SCC-9 and SCC-25, being the most pronounced effect in SCC-25 cells. Furthermore, there was a significant reduction (p≤0.05) of norepinephrine effect on cell migration when the β2-AR was inhibited by propranolol. In addition, blockade of β-ARs by propranolol partially reversed the effect of norepinephrine on the invasiveness of SCC-9 and SCC-25. These results show that norepinephrine via β2-AR activation, reduced the migration and invasion of oral squamous cell carcinoma cells and, therefore, the use of beta-adrenergic receptors agonists could become an adjuvant therapeutic target in the treatment of this malignancy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.