• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Maria Carolina Malta Medeiros
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2019
Orientador
Banca examinadora
Yaedú, Renato Yassutaka Faria (Presidente)
Faverani, Leonardo Perez
Shinohara, Elio Hitoshi
Yamashita, Renata Paciello
Título em português
Avaliação das dimensões da nasofaringe através da tomografia computadorizada e pela rinomanometria anterior modificada em indivíduos com fissura labiopalatina submetidos à cirurgia ortognática
Palavras-chave em português
Fissura palatina
Nasofaringe
Rinomanometria
Tomografia computadorizada de feixe cônico
Resumo em português
As alterações volumétricas da cavidade oral, nasal e espaço faríngeo após a cirurgia ortognática, têm sido objetivo de muitos estudos, uma vez que, essas alterações dependem da direção e magnitude da movimentação dos segmentos ósseos, porém, poucos são os trabalhos que combinam os diferentes métodos para a avaliação da nasofaringe. O objetivo deste estudo foi correlacionar o espaço aéreo faríngeo em pacientes com fissura labiopalatina, submetidos à cirurgia ortognática com avanço de maxila e/ou recuo de mandíbula, por meio da análise do volume e área seccional mínima utilizando imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico e pela rinomanometria anterior modificada (técnica fluxo-pressão) no pré e pós-operatório de um ano da cirurgia ortognática. Desse modo, a amostra foi composta por 41 indivíduos, que foram avaliados no pré-operatório e no pós-operatório, na qual, avaliou-se a área seccional mínima pela rinomanometria anterior modificada expressos em mm2 e pelas imagens de tomografia de feixe cônico, que foram importadas em DICOM e avaliadas pelo software Dolphin Imaging 11.0, obtendo os valores numéricos de volume (V), expressos em cm3, bem como a área seccional mínima, expressa em mm2. Notou-se que, em todas as variáveis, houve aumento médio dos valores no pós-operatório em relação ao pré-operatório. Além disso, notouse uma diferença estatisticamente significante ao comparar os resultados dos volumes e da área seccional mínima da área nasofaríngea no pré e pós-operatório pelo software Dolphin Imaging 11.0 ao aplicar o Teste de Wilcoxon. Observou-se também, o aumento discreto da área nasofaríngea avaliada pela rinomanometria, no préoperatório de 105,9 mm2 para 107,1 mm2 no pós-operatório, mas sem diferença estatisticamente significante com p=0,493 pelo Teste de Wilcoxon. E ao comparar a ASM pela TCFC (ASMD) e pela rinomanometria (notou-se diferença estatística (p= 0,033) pelo Teste de Wilcoxon. Por conseguinte, concluiu-se que, existe diferença estatisticamente significante entre a área seccional mínima obtida da TCFC com a rinomanometria pela técnica de fluxo-pressão.
Título em inglês
Evaluation of nasopharyngeal dimensions through computed tomography and modified anterior rhinomanometry in patients with cleft lip and palate submitted to orthognathic surgery
Palavras-chave em inglês
Cleft palate
Cone-beam computed tomography
Nasopharynx
Rhinomanometry
Resumo em inglês
The volumetric changes of the oral cavity, nasal cavity and pharyngeal space after orthognathic surgery have been the objective of many studies, since these alterations depend on the direction and magnitude of the movement of the bone segments, however, there are few studies that combine the different methods for evaluating the nasopharynx. The objective of this study was to correlate the pharyngeal air space in patients with cleft lip and palate submitted to orthognathic surgery with maxillary advancement and / or mandible retreatment, by means of volume analysis and minimum sectional area using conical beam computed tomography by modified anterior rhinomanometry (flow-pressure technique) in the pre- and postoperative year of orthognathic surgery. Thus, the sample consisted in 41 individuals, which were evaluated preoperatively and postoperatively, in which the minimum sectional area was determined by modified anterior rhinomanometry expressed in mm2 and by conical beam tomography images, which were imported into DICOM and evaluated by Dolphin Imaging 11.0 software, obtaining the numerical values of volume (V), expressed in cm3, as well as the minimum sectional area, expressed in mm2. It was observed that, in all variables, there was an average increase in postoperative values in relation to the preoperative period. In addition, a statistically significant difference was observed when comparing the results of the volumes and the minimum sectional area of the nasopharyngeal area in the pre and postoperative period by the Dolphin Imaging 11.0 software when applying the Wilcoxon Test. It was also observed a discrete increase in the nasopharyngeal area evaluated by rhinomanometry, in the preoperative period from 105.9 mm2 to 107.1 mm2 postoperatively, but without a statistically significant difference with p = 0.493 by the Wilcoxon test. When comparing ASM by CBCT (ASMD) and rhinomanometry (a statistical difference (p = 0.033) was noted by the Wilcoxon test. Therefore, it was concluded that there is a statistically significant difference between the minimum sectional area obtained from the CBCT with rhinomanometry.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.