• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2017.tde-03022017-154503
Documento
Autor
Nome completo
Charlley dos Santos Luz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Santos, Cibele Araujo Camargo Marques dos (Presidente)
Flores, Daniel
Mucheroni, Marcos Luiz
Santarem Segundo, Jose Eduardo
Título em português
Ontologia digital arquivística: interoperabilidade e preservação da informação arquivística em sistemas informatizados de arquivos e na web
Palavras-chave em português
Informação Arquivística
Informação Digital
Interoperabilidade
Ontologia
Padrões e Descrição Arquivística
Preservação digital
Resumo em português
Neste estudo verificou a possibilidade, no contexto tecnológico digital, de como a relação dos padrões de descrição arquivísticos, representados por meio de metadados, estimulam a criação de ontologias leves com potencial uso no processamento e na interoperabilidade. Esta pesquisa justificou-se pela necessidade de interoperabilizar a informação digital, tanto para a difusão como para a preservação a longo prazo em sistemas de arquivo e na internet, e serviu para identificar a descrição arquivística como base para ontologias leves. A pesquisa utilizou método misto exploratório, comparativo e prospectivo. Com o método exploratório, nota-se que a descrição arquivística permite acesso a informação arquivística registrada e, conjuntamente ao vínculo arquivístico (Archival bond), é capaz de fornecer dados acerca do contexto de produção documental para sistemas de arquivo e para a Web 3.0. Para o estudo foram utilizados os padrões dos sistemas informatizados de arquivos, como o Sistema Informatizado de Gestão Arquivística de Documentos (SIGAD) e Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos (e-ARQ), além dos Repositórios Digitais Confiáveis Arquivísticos (RDCArq) e o Modelo Record Continuum. Verificou-se que a confiança na cadeia de custódia e do contexto arquivístico podem garantir em longo prazo a confiabilidade do ambiente de guarda documental e a presunção de autenticidade. Relacionou-se a interoperabilidade com a organização da informação, a semântica e as ontologias. Com o método prospectivo concluiu-se que as ontologias têm seu papel na estruturação dos domínios de conhecimento e seu uso na tecnologia digital. Identificou-se as características das ontologias que podem resultar do uso de padrões arquivísticos e o resultado disso como uma Knowledge Organization System (KOS). Com o método comparativo, o estudo também relaciona os padrões arquivísticos e a descrição arquivística. Como achados, verificou-se que é possível a utilização de elementos de metadados para a estruturação de ontologia capaz de representar o contexto e a estrutura de arquivos, além de colaborar na disseminação da Informação arquivística, estruturando uma Ontologia Digital Arquivística. Assim, verificou-se que é possível a aplicação de ontologias para auxiliar na manutenção da cadeia de custódia e do contexto da informação arquivística e do documento arquivístico, além de seu uso na difusão e na preservação digital em longo prazo, tanto em sistemas de arquivo quanto na rede mundial de computadores.
Título em inglês
Digital archival ontology: interoperability standards and description for dissemination and preservation of archival information
Palavras-chave em inglês
Archival information
Digital Information
Digital Preservation
Interoperability
Ontology
Standards and Archival Description
Resumo em inglês
This study analyzed the relationship of archival metadata description standards and the creation of ontologies for preserving archival information in operation systems and the Internet. This research is justified by the need to inter-operationalize digital information for broadcasting and preserving archival and Internet systems as well as identifying archival descriptions as a basis for ontologies. The research combined exploratory, comparative and prospective methodologies. Using an exploratory methodology, the author compared the Recordkeeping Systems, the Trusted Digital Repositories and systems developed by the model Record Continuum. The analysis verified that archival description permits access to archival information and that the archival bond is able to provide data about the documentary production context for file systems and Web 3.0. These findings suggest that confidence in the chain of custody and archival context can ensure long-term reliability of the document management environment. The study also evaluated the relationship between interoperability the organization of information in four of the most common global digital information structuring standards: International Standard Archival Description - General (ISAD-G), Brazilian Standard of Archival Description (NOBRADE), Encoded Archival Description (EAD), and Encoded Archival Context (EAC). These description elements enable informational professionals to build ontologies, which in combination with the context-focused EAC, facilitate the structuring of the archival bond as a Knowledge Organization System (KOS). The work concluded that ontologies have an essential role in the structuring of domain knowledge and its use in digital technology. Ontologies can follow the archival information in custody chain, mirror context and description information, and register archives as a domain knowledge, thereby creating a Archival Digital Ontology
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-02-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.