• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2016.tde-12092016-135249
Documento
Autor
Nome completo
Willian Eduardo Righini de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Crippa, Giulia (Presidente)
Barcellos, Marília de Araujo
Deaecto, Marisa Midore
Schapochnik, Nelson
Vergueiro, Waldomiro de Castro Santos
Título em português
O livro de bolso na contemporaneidade: a experiência brasileira e os principais modelos internacionais
Palavras-chave em português
Bibliografia
Catálogo
História do livro
Livro de bolso
Resumo em português
Pretende-se analisar o mercado contemporâneo de livros de bolso a partir de quatro coleções, duas brasileiras e duas francesas: L&PM Pocket, da L± Companhia de Bolso, da Companhia das Letras; Le Livre de Poche, da Librairie Générale Française; e Folio, da Gallimard. Investiga-se a materialidade dos livros, com destaque para os seus formatos, capas, paginação e elementos pré e pós-textuais. À luz da Histoire du livre francesa e da Bibliografia, as características editoriais são discutidas em sua historicidade, apontando as condições sociais e econômicas que permitiram o seu surgimento e desenvolvimento em cada época e país abordado. Em uma perspectiva comparativa, as conquistas e deficiências das coleções brasileiras são debatidas em relação ao modelo francês, com suas coleções mais antigas e consolidadas há décadas. Deste modo, propõe-se testar duas hipóteses: de que o mercado nacional vive um período de diversificação, com títulos que não se resumem a bestsellers e/ou clássicos da literatura; e que, assim como ocorreu na Europa na metade do século XX, as coleções de bolso têm se aproximado do público universitário. Conclui-se que embora as coleções brasileiras ainda não apresentem a mesma variedade de séries e títulos que as francesas e não respondam por uma fatia expressiva do consumo de livros no país, elas têm se expandido e recorrido a medidas e estratégias similares às adotadas pelas principais coleções dos países que utilizamos como referência.
Título em inglês
Paperbacks in today's society: the Brazilian experience and the main international models.
Palavras-chave em inglês
Bibliography
Book history
Catalog
Paperback
Resumo em inglês
Brazilian and two French: L&PM Pocket, from L± Companhia de Bolso, from Companhia das Letras; Le Livre de Poche, from Librairie Générale Française; e Folio, from Gallimard. It investigates the materiality of the books, highlighting its formats, covers, pagination and pre and post-textual elements. In the light of the Histoire du livre and the Bibliography, editorial features are discussed in their historicity, pointing to the social and economic conditions that allowed their emergence and development in every time and country approached. In a comparative perspective, the achievements and shortcomings of Brazilian collections are discussed in comparison to the French model, with its oldest and consolidated collections. Thus, it is proposed to test two hypotheses: that the domestic market is experiencing a period of diversification, with titles that are not just the best-selling and / or classical literature; and, as occurred in Europe in the mid-twentieth century, the paperback collections have been conquered university readers. We conclude that although the Brazilian collections still do not have the same variety of French series and titles and not account for a significant share of book consumption in the country, they have expanded and resorted to measures and strategies similar to those adopted by the major collections from the set of countries we used as a reference.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.