• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2017.tde-15022017-160014
Documento
Autor
Nome completo
Selma Cristina da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Lucia Maciel Barbosa de (Presidente)
Almeida, Marco Antonio de
Goldstein, Ilana Seltzer
Meleiro, Alessandra
Título em português
Observatórios culturais no Brasil: genealogia, práticas e contribuições ao campo cultural
Palavras-chave em português
Brasil
Campo cultural
Dispositivo de informação
Informação cultural
Observatório cultural
Pesquisa
Política cultural
Resumo em português
O observatório cultural é um dispositivo de informação, típico da sociedade contemporânea, que se apropria de metodologias e teorias interdisciplinares para acompanhar e compreender o campo cultural. Os observatórios culturais surgem, no Brasil, no final da década de 1980 e se desenvolvem especialmente a partir da segunda metade da década 1990, atingindo o maior número de instituições nos anos 2000. Primeiramente associados aos estudos das políticas culturais, em universidades, passam a dedicar esforços a questões culturais específicas dos setores criativos, dos movimentos sociais e dos meios de comunicação, sendo incorporados por diferentes esferas: pública, privada, terceiro setor e sociedade civil. A partir da pesquisa dos conteúdos dos sites de 15 observatórios brasileiros, são analisados os contextos, as motivações e as circunstâncias de criação, assim como as formas de atuação, práticas e atividades desses órgãos. Quanto aos propósitos, eles podem ser classificados como de monitoramento ou "fiscais", de reflexão ou think tank, conforme a literatura, e "de apropriação", a partir da contribuição desta pesquisa. Em geral, predomina a produção de conteúdos analíticos; a edição de livros, revistas, artigos, textos, publicações digitais e audiovisuais; a coleta de informações em "bancos de dados" e a promoção de atividades de difusão: palestras, oficinas, cursos rápidos, encontros. Entre os pontos de vulnerabilidade na atuação, devido aos recursos de que dispõem, encontram-se: o trabalho em rede, a comunicação com os diferentes públicos, a produção de indicadores culturais e o compartilhamento de conteúdos e metodologias. A contribuição principal dos observatórios se identifica, sobretudo, pela criação de uma "cultura" das práticas de pesquisa e observação e pelo reconhecimento de sua importância para a ação política. No caso brasileiro, a apropriação desse tipo de dispositivo de informação por setores da sociedade civil e pelos movimentos sociais significa um propósito novo ou uma ampliação da ação política dos grupos.
Título em inglês
Cultural observatories in Brazil: genealogy, practice and contributions to the field of culture.
Palavras-chave em inglês
Brazil
Cultural field
Cultural information
Cultural observatories
Cultural policy
Information apparatus
Research
Resumo em inglês
Cultural observatories are apparatuses of information, typical of contemporary society, that absorb interdisciplinary methodology and theory to follow and comprehend the field of culture. Cultural observatories emerged in Brazil in the late 1980s, but developed themselves more assertively throughout the late 1990s and reached an increased number of institutions in the new millenium. Initially associated to the study of cultural policies in universities, they went on to analyze specific cultural issues related to creative sectors, social movements and media and are now being incorporated to public, private and third sectors and to the civil society. Their contexts, motivations, circumstances of creation as well as operation manner, practices and activities were analyzed based on the online content of 15 different Brazilian observatories. As for their purposes, they can be classified as monitoring or "inspectors", reflexive or think tanks or as "appropriation", as defined by this research. In general, the production of analytical content is their predominant activity, which includes: literature, magazines, scientific articles and texts, digital and audio-visual publishing, the gathering of information in data banks and the promotion of disseminating activities like lectures, workshops, quick courses and congresses. The observatories' vulnerabilities, due to their scarce resources, include: work through networking, communication with a diverse audience, the production of cultural indicators and the sharing of content and methodology. The main contribution of these observatories is their participation in creating a "culture" of observation and research practices as well as recognition of their importance to political action. In the case of Brazil, the appropriation of this kind of information apparatus by sectors of civil society and by social movements reveals a new or amplified purpose of political activity among these groups.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-02-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.