• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2008.tde-07052009-125655
Documento
Autor
Nome completo
Bianca Antunes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Soares, Rosana de Lima (Presidente)
Bocchini, Maria Otilia
Grillo, Sheila Vieira de Camargo
Título em português
Espelhos deformantes: mulheres, representações e identidade no discurso de Marie Claire e Malu
Palavras-chave em português
Alteridade
Identidade
Jornalismo Feminino
Malu
Marie Claire
Mulher
Representações
Revistas
Resumo em português
Ao mostrar as mulheres e suas representações em um discurso midiático no caso, as revistas Marie Claire (Ed. Globo) e Malu (Ed. Alto Astral) esta dissertação tem como objetivo seguir uma análise centrada na construção das identidades sociais dos leitores, partindo do princípio de que o eu/sujeito se define pela relação com o outro e que o discurso midiático sobre (e para) as mulheres reconhece e reforça certas identidades, certas posições de sujeito. Para isso, optou-se pela interdisciplinaridade a pesquisa se serviu da perspectiva de campos diversos, como os estudos culturais, a análise do discurso, a semiótica e a psicanálise por acreditar que oferecem conceitos capazes de mostrar como um texto produz sentidos e os desenvolve ao longo de seu próprio tecido, além de contribuir na compreensão do discurso midiático e na relação que este faz com o leitor. As análises permitiram apontar registros que colocam um feminino travestido de slogans modernizadores, com imagens de liberação, mas cujos sentidos estruturais remetem a um assujeitamento à ordem constituída, ou seja, na superfície prevalece a sensação de movimento, de modernidade, mas a estrutura do discurso se apóia em valores arcaicos, dentro de uma visão androcêntrica do mundo principalmente em relação às questões de gênero. A partir de modelos de como-ser, as revistas analisadas criam paradigmas físicos e morais, criando homogeneizações do que é ser-mulher-ideal.
Título em inglês
Espelhos deformantes: mulheres, representações e identidade no discurso de Marie Claire e Malu
Palavras-chave em inglês
Alterity
Feminine Journalism
Identity
Magazines
Malu
Marie Claire
Representation
Women
Resumo em inglês
By showing women and their representation in a media discourse in this case, the Marie Claire (Ed. Globo) and Malu (Ed. Alto Astral) Brazilian magazines this paper centers the analysis on the construction of the readers social identities. This study is based on the principle that the I/subject defines itself by the relation with the other and that the media discourse on (and for) women recognizes and reinforces some identities, some positions of the subject. To fulfill its aim, the research takes perspectives from different fields, such as the Cultural Studies, discourse analysis, semiotic and psychoanalysis. The choice for an interdisciplinary study reveals the belief that each one of these fields offers concepts showing how a text produces meanings and develops them through its fabric. Moreover, the interdisciplinary study contributes to understand the media discourse and its relation with the reader. The analysis has pointed out registers that puts a feminine masked by modern slogans, with liberation images, but whose structural meanings are based on the submission to the established order, that is to say, that at the surface prevails the movement feeling, the modernity, but the discourse structure bases itself on archaic values, on an androcentric view mainly when it concerns gender issues. From how-to-be models, the analysed magazines create moral and physical paradigms, creating homogenizations and patterns about what is been an ideal woman.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
2350273.pdf (41.27 Mbytes)
Data de Publicação
2009-07-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.