• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2007.tde-18072009-202533
Documento
Autor
Nome completo
Ana Célia Martinez Guarnieri
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Marcondes Filho, Ciro Juvenal Rodrigues (Presidente)
Felice, Massimo di
Koshiyama, Alice Mitika
Rocha, Rosamaria Luiza de Melo
Santos, Tarcyanie Cajueiro
Título em português
A comunicação no vínculo conjugal
Palavras-chave em português
Casamento
Comunicação Patológica
Esquizofrenia
Família
Linguagem
Resumo em português
A presente pesquisa tem por objetivo discutir a teoria da comunicação a partir dos seus desdobramentos nas relações familiares e, mais especificamente, no vínculo conjugal. Para tanto, utilizamo-nos da análise de fenômenos característicos de ambientes familiares e descritos como patogênicos, em que se pode constatar a ausência de comunicação, como definida por Marcondes Filho dentro do enfoque teórico trabalhado no projeto Nova Teoria da Comunicação. Constatamos, fundamentados em diversas pesquisas empíricas, que a forma com que a comunicação ocorre no ambiente familiar é responsável por patologias como a comunicação esquizofrênica, conforme interpretação de Gregory Bateson, e relações neuróticas em casais. No entanto, verificamos que a linguagem, independente de sua forma, seja ela verbal ou não-verbal, não é o que determina a satisfação ou insatisfação conjugal.
Título em inglês
A comunicação no vínculo conjugal
Palavras-chave em inglês
Family
Language
Marriage
Pathological communication
Schizophrenia
Resumo em inglês
The present research examines the communication theory from its unfoldings in familiar relations and, more specifically, in the marital bond. In order to do so, we analyze characteristic phenomena from the familiar environment, described as pathogenic, where we can demonstrate the absence of communication, as defined by Marcondes Filho in the theoretical approach developed by the project .Nova Teoria da Comunicação. (New Communication Theory). Our work evidences, based on diverse empirical researches, that the form in which communication occurs in the familiar environment is responsible for pathologies such as schizophrenic communication, as defined by Gregory Bateson, and neurotic relations among couples. However, we verify that language, independent of its form, verbal or nonverbal, is not what determines marital satisfaction or dissatisfaction.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
612531.pdf (695.37 Kbytes)
Data de Publicação
2009-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.