• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2009.tde-21102010-092521
Documento
Autor
Nome completo
Claudenir Modolo Alves
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Marcondes Filho, Ciro Juvenal Rodrigues (Presidente)
Fiorillo, Marilia Pacheco
Santos, Tarcyanie Cajueiro
Título em português
Sobre a incomunicabilidade humana
Palavras-chave em português
Eu e o outro
Exterioridade
Incomunicabilidade humana
Infinito
Sistema planetário de comunicação
Resumo em português
Esta dissertação versa sobre a incomunicabilidade humana. A pergunta problematizadora que temos como objetivo aprofundar é: o ser humano é, ontologicamente, um ser capaz de se comunicar? ou de outra forma: é possível a existência da comunicação? A hermenêutica imanente dos textos de natureza filosófica, seguida da reflexão analítica, nos aproxima da problemática sobre a incomunicabilidade humana, iluminando os enfoques chave do estado instaurado de incomunicação radical e generalizada, por outro lado a possibilidade do ser de relacionar-se e abrir a comunicação para sua existência. A possibilidade do ser humano de relacionar-se é mínima no sistema planetário de comunicação, o que nos faz concluir que vivemos na era da incomunicabilidade humana, por primeiro da incomunicabilidade entre eu e o outro.
Título em inglês
Sobre a incomunicabilidade humana
Palavras-chave em inglês
Exteriority
Human incommunicability
Infinite
Planets communication system
Self and others
Resumo em inglês
This dissertation deals with human incommunicability. We intend to further study the following problematizing issue: Ontologically speaking, is the human being capable of communicating? In other words: can communication exist? The immanent hermeneutics of philosophical texts, followed by analytical reflection, leads us to the problem of human incommunicability, throws light on key approaches to the state of radical and generalized incommunication, and, on the other hand, the possibility for human beings to establish relationships and open lines of communication for their survival. The planets communication system allows for minimal possibilities of human beings establishing relationships; we have, therefore, to conclude that we live in an era of human incommunicability, starting with the incommunicability between the self and others.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
5598494.pdf (968.75 Kbytes)
Data de Publicação
2012-05-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.