• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2017.tde-30052017-110852
Documento
Autor
Nome completo
Alhen Rubens Silveira Damasceno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Maria Clotilde Perez (Presidente)
Barreto Filho, Eneus Trindade
Batista, Leandro Leonardo
Drigo, Maria Ogecia
Marques Filho, Bruno Pompeu
Título em português
O luxo e o mainstream: a circulação intersígnica das marcas
Palavras-chave em português
circulação intersígnica
luxo
mainstream
marca
vitrine
Resumo em português
A sociedade contemporânea é marcada pelo consumo, pelas estratégias mercadológicas que, muitas vezes, são efêmeras e só tentam satisfazer uma pequena parte da nossa constante procura pela completude. A publicidade está inserida nesse contexto ao expressar os valores vigentes na sociedade e também em mediar as possibilidades de inserção dos consumidores nos mais diversos nichos e estratos sociais. As marcas procuram expressar valores, identidades e imagens dos produtos/serviços por meio de ações e manifestações. Tais ações e manifestações podem vir de diversas maneiras, ou seja, em anúncios de mídia impressa, ou na forma de audiovisual; ações de merchandising como as vitrines, as gôndolas, dentre outras e que têm como intuito a geração de vínculos positivos, de associações prazerosas e levar o potencial consumidor ao ato e usufruto do bem ou serviço. O presente trabalho resulta de uma pesquisa entre as marcas de luxo em comparação das marcas mainstream, um aprofundamento intersígnico procurando identificar os efeitos de sentido de cada, suas semelhanças e distinções. O trabalho tem como objetivo compreender a circulação intersígnica das marcas de luxo e das marcas mainstream no contexto do varejo de moda. Os resultados que aqui compartilharemos é proveniente de uma pesquisa que conta com o intercruzamento dos campos da comunicação com o a antropologia visual. A comunicação, mas precisamente, a publicitária, entrará como sua retórica de consumo por meio dos signos que se relacionam para uma produção de sentido eficaz. Já a antropologia visual ficará por conta da pesquisa fotoetnográfica que nos auxiliará no mapeamento e narrativa do consumo de luxo e do mainstream. Como método de análise nos apoiaremos na Semiótica desenvolvida por Charles Sanders Peirce. O registro fotoetnográfico foi realizado nas cidades de: São Paulo, Fortaleza, Brasília e Florianópolis e buscamos fotografar as vitrines das marcas e luxo e das marcas mainstream que nos possibilitem um estudo sobre a circulação intersígnica entre as mais variadas vitrines. Este trabalho não terá como pretensão a análise de recepção por parte dos consumidores, ficaremos restritos só aos possíveis efeitos de sentido que as marcas se utilizam para ampliar seu escopo imagético e identitário.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
brand
intersign circulation
lux
mainstream
showcase
Resumo em inglês
ephemeral and only try to satisfy a small part of our constant search for completeness. Publicity is inserted in this context when expressing the values in force in society and also in mediating the possibilities of insertion of the consumers in the most diverse niches and social strata. Trademarks seek to express values, identities and images of products / services through actions and manifestations. Such actions and manifestations may come in a variety of ways, that is, in print media advertisements, or in the form of audiovisuals; Merchandising actions such as shop windows, gondolas, among others and whose purpose is to generate positive bonds, pleasant associations and lead the potential consumer to the act and usufruct of the good or service. The present work results from a research between the luxury brands in comparison of the mainstream brands, a deepening intersígnico looking for to identify the effects of sense of each, its similarities and distinctions. The work aims to understand the intersection of luxury brands and mainstream brands in the context of fashion retail. The results we share here come from a research that relies on the cross-linking of the fields of communication with visual anthropology. Communication, but precisely the advertising, will enter as its rhetoric of consumption through the signs that relate to a production of effective meaning. The visual anthropology will be based on the photoetnographic research that will help us in the mapping and narrative of the consumption of luxury and the mainstream. As a method of analysis we will rely on the Semiotics developed by Charles Sanders Peirce. Photoetnographic registration was carried out in the cities of: São Paulo, Fortaleza, Brasília and Florianópolis, and we sought to photograph the showcases of the brands and luxury and of the mainstream brands that allow us to study the intersection circulation among the most varied shop windows. This work will not have as a pretension the analysis of reception by consumers, we will be restricted only to the possible effects of meaning that the brands are used to expand their image and identity scope.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.