• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2012.tde-17042013-110157
Documento
Autor
Nome completo
Graziela Gallo Garcia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Souza, Sandra Maria Ribeiro de (Presidente)
Bastos Filho, Heliodoro Teixeira
Nascimento, Luís Cláudio Portugal do
Título em português
Os significados da seta: análise do símbolo gráfico em sistemas de sinalização, de esquematização e de identidades visuais
Palavras-chave em português
Esquema
Identidade visual
Seta
Símbolo gráfico
Sinalização
Resumo em português
Esta dissertação de mestrado analisa a seta como símbolo gráfico universal da comunicação visual, reconhecido por diferentes povos em diversas épocas e culturas. A pesquisa apresenta a seta como transmissora de informações essenciais por meio de seus vários significados e funções facilitando as interações sociais no mundo contemporâneo, diminuindo as dificuldades geradas por especificidades linguísticas e auxiliando na possibilidade de uma rápida interpretação das mensagens comunicadas, ainda que dentro de limites culturais. O estudo mostra que este símbolo gráfico é utilizado desde os tempos mais remotos, nas pinturas rupestres, até os dias atuais, com usos distintos em vários campos do conhecimento. O objetivo da análise é identificar os significados mais notáveis do símbolo gráfico seta, além de sua função direcional básica e como eles se desenvolveram em três modalidades de aplicação: (1) a seta nos sistemas de sinalização, orientando e dirigindo o fluxo do tráfego humano e suas variantes nos pictogramas e na sinalização viária, algumas vezes com significados distintos como o de "encontro", "indicação" ou "localização"; (2) a seta nos sistemas de esquematização em várias áreas do conhecimento, da vida cotidiana às representações científicas, empregada com diferentes funções, dependendo da intenção da mensagem a ser transmitida, entre elas: "ação", "causa-efeito", "foco", "geração", "identificação", "intensidade", "limite", "relação", "sequência", "tempo", "transferência" e "transformação"; (3) a seta nos sistemas de identidades visuais, representando empresas ou produtos visualmente e de forma ordenada, com novos significados vindos de associações semânticas relacionadas às situações específicas de cada marca e aos setores de mercado aos quais elas pertencem, como por exemplo: "cobertura", "satisfação", "simpatia", "saúde", "crescimento", "desenvolvimento", "rapidez", "centralização", "prazer" e "suavidade". É uma pesquisa qualitativa que pretende, com a análise e a interpretação das variáveis dos fenômenos particulares a cada campo de estudo, entender de forma ampla, partes das dimensões semântica e pragmática do símbolo gráfico em questão. Este estudo aprofundado pretende contribuir para o melhor entendimento e utilização da seta por comunicadores e designers, com maior conhecimento e propriedade, permitindo sua aplicação mais clara e efetiva nos sistemas de sinalização de grandes espaços, de esquematização da informação visual e de identidades visuais.
Título em inglês
The meanings of the arrow: Analysis of the graphic symbol "arrow" in signage systems, diagrams, and corporate identities
Palavras-chave em inglês
Arrow
Corporate identity
Diagrams
Graphic symbol
Signage
Resumo em inglês
This thesis analyzes the arrow as a universal graphic symbol in visual communication, one recognized by different people in different times and cultures. The research presents the arrow as a transmitter of critical information through its various meanings and functions, facilitating social interactions in the contemporary world, lessening the difficulties caused by linguistic specificities and assisting in the possibility of a rapid interpretation, though still within cultural limits, of the messages communicated. The study shows that this graphic symbol has been used since ancient times, from cave paintings to the present day, with different uses in various fields of knowledge. The goal of the analysis is to identify the most notable meanings of the arrow graphic symbol, besides its basic directional function, and how these meanings developed into three types of applications: (1) the arrow in signage systems, guiding and directing the flow of human traffic and its variants in pictograms and road signs, sometimes with different meanings like "meeting", "indication" or "location"; (2) the arrow in diagrams in various areas of knowledge, from everyday life to scientific representations, used with different functions, depending on the intent of the message to be transmitted, including: "action", "cause and effect", "focus", "generation", "identification", "intensity", "boundary", "relationship", "sequence", "time", "transfer" and "transformation"; (3) the arrow in corporate identity systems, representing companies or products visually and in an orderly fashion, with new meanings coming from semantic associations related to the specific circumstances of each brand and market sectors to which they belong, such as: "covering", "satisfaction", "sympathy", "health", "growth", "development", "speed", "centralization", "pleasure", and "softness". This qualitative research seeks, with analysis and interpretation of the variables of phenomena specific to each field of study, to broadly understand parts of the semantic and pragmatic dimensions of the graphic symbol in question. This is in-depth study which aims to contribute to a better understanding and use of the arrow by communicators and designers, with greater knowledge and propriety, allowing for its clearer and more effective application in signage systems in large spaces, diagrams of visual information, and corporate identities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.