• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2010.tde-10112010-161239
Documento
Autor
Nome completo
Juliane Cristina Larsen
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Souza, Rodolfo Nogueira Coelho de (Presidente)
Dudeque, Norton Eloy
Lacerda, Marcos Branda
Título em português
A forma sonata em três obras inaugurais: diálogos da nova música de Berg, Schoenberg e Santoro com a tradição
Palavras-chave em português
Dodecafonismo e Análise Musical
Forma Sonata
Resumo em português
Este trabalho irá discutir o emprego da forma sonata na música atonal da primeira metade do século XX a partir das análises das seguintes sonatas para piano: Opus No. 1 de Alban Berg, Opus 33a de Arnold Schoenberg e a Sonata 1942 de Cláudio Santoro. Em comum estas obras apresentam seu plano estrutural de forma sonata resultante de procedimentos composicionais desligados do sistema de funcionalidades do tonalismo. O objetivo será verificar como a forma sonata pode ser estruturada a partir de técnicas dodecafônicas, qual a relevância do uso desta forma clássica para a técnica empregada e através de quais procedimentos construtivos esta forma se faz possível dentro de uma linguagem atonal, já que se origina da realização da harmonia tonal tradicional. A pesquisa fundamenta-se em ferramentas analíticas e em corpo teórico desenvolvido na área musicológica nas últimas décadas, principalmente. Como conclusão irá apresentar os elementos composicionais e conceituais que conectam as obras entre si e com a tradição clássica da forma sonata, além de apontar para a ocorrência de técnicas composicionais importantes para o desenvolvimento da música a partir da primeira metade do século XX.
Título em inglês
The sonata form in three works: dialogs of the new music of Berg, Schoenberg and Santoro with the musical tradition.
Palavras-chave em inglês
Dodecaphonic Music and Musical Analysis
Sonata Form
Resumo em inglês
This thesis studies the use of Sonata form in the atonal music of the first half of the XXth Century, based in the analysis of the following Piano Sonatas: Alban Bergs Opus 1, Arnold Schoenbergs Op.33a e Claudio Santoros Sonata 1942. These works share procedures of developing structural plans similar to Sonata forms that use compositional procedures disconnected from the functions of the tonal system. Our main purpose will be to verify how a Sonata may be structured after dodecaphonic techniques. Other goals is to evaluate the relevance of the use of a classical form for the method of the dodecaphonic technique, and what are the developing procedures that allow this form to be employed in the atonal language, since it originated in close connection with the traditional tonal harmony. The research is based in analytical techniques and in the body of knowledge developed by recent musicological analysis. As a conclusion it presents the compositional and conceptual elements that connect the three works and also each of them with the classical tradition of the Sonata form. Besides that it points also to the use of compositional techniques important for the development of the musical language after the first half of the XXth Century.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
6318892.pdf (45.43 Mbytes)
Data de Publicação
2010-12-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.