• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.27.2011.tde-12032013-155113
Document
Auteur
Nom complet
Debora Sousa França Affonso
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2011
Directeur
Jury
Salles, Pedro Paulo (Président)
Moreira, Adriana Lopes da Cunha
Rodrigues, Livia de Araújo Donnini
Titre en portugais
Música e bilinguismo: como a identidade cultural das crianças pode se evidenciar em suas composições musicais
Mots-clés en portugais
composição com crianças
educação escolar bilíngue
educação musical em contexto bilíngue
identidade cultural
linguagem musical
sugestões de atividades
Resumé en portugais
A partir de um apanhado bibliográfico sobre os modelos possíveis de educação bilíngue, bilinguismo, língua, linguagem, aquisição de linguagem, identidade, cultura e identidade cultural na pós-modernidade, a pesquisa aqui apresentada investiga e discute evidências da identidade cultural de crianças que estudam em escolas bilíngues, evidências essas encontradas em suas composições musicais. Recebe de Bloomfield (1933) e Thiery (1978) uma visão do bilinguismo que leva em consideração o sujeito inserido em uma sociedade e detentor de cultura. Apresenta os modelos de educação bilíngue com o aporte de Fishman e Lovas (1970) e Hamers e Blanc (2000) e faz uso de um estudo realizado com escolas bilíngues por meio de questionário, para constatar que o modelo de imersão é o mais comum na educação infantil enquanto o ensino fundamental tem o modelo de enriquecimento com grande presença. Busca-se aqui conceituar língua e linguagem para entender como música pode ser considerada uma linguagem, e apontar que, pelo uso de símbolos e potencial de comunicação, e por ser conhecida por todos os indivíduos, a música é sim uma linguagem, passível de interpretação subjetiva. A identidade é ponto fundamental na pesquisa, na especificidade de cada sujeito, sua formação e entendimento de cultura (Hall, 1997, 2000, 2006) identificáveis nas composições musicais. A metodologia adotada é de cunho etnográfico, em que as composições coletadas durante as aulas de música dadas pela pesquisadora são tratadas como evidências que auxiliam em responder qual papel as aulas de música podem ter na formação de identidade cultural e aprendizagem de linguagem. O presente estudo também visa compartilhar algumas sugestões de atividades de música, tanto em português como em inglês, oferecendo conteúdos de linguagem musical, apreciação, escuta, composição e improvisação, e diminuir o espaço entre prática e pesquisa, que há na educação musical, especificamente no contexto bilíngue.
Mots-clés en anglais
activities suggestions
bilingual education
composing skills
cultural identity
music education in bilingual contexts
musical language
Resumé en anglais
Through a literature review on bilingual education models, bilingualism, language and its acquisition, identity, culture and cultural identity in postmodern societies, this research investigates and discusses the cultural identity evidences on musical compositions from students in a bilingual school. Takes from Bloomfield (1993) and Thiery (1978) a bilingualism vision that considers the subject inserted in a society and culture owner. Elaborates on bilingual education models with inputs from Fishman and Lovas (1970) and Hamers and Blanc (2000) and draws upon a questionnaire research with bilingual schools to state that immersion is the most common model in pre-K schools while additive models in elementary schools are the main actor. Aims to conceptualize language to understand how music can be considered a language and points out that due to its use of symbols and communication potential, and for being known by all individuals, music is indeed a language, subjected to interpretation. Identity is one main support for the research, either on the specificity of each subject, his formation and cultural understanding (Hall, 1997, 2000, 2006) seen on musical compositions. Embraces an ethnographic methodology where the compositions recorded during musical classes given by the researcher are evidences that help to answer the role that music classes might have in the cultural identity formation and language learning. Shares some suggestions of musical activities both in Portuguese and English with musical language, appreciation, listening, composing and improvising contents. It also aims to close the gap between practices and research today in music education, specifically in a bilingual context.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2013-03-14
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.