• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.27.2012.tde-07032013-143458
Document
Auteur
Nom complet
Caiti Hauck da Silva
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2012
Directeur
Jury
Ramos, Marco Antonio da Silva (Président)
Ballestero, Luiz Ricardo Basso
Lima, Maria José Chevitaresi de Souza
Titre en portugais
Preparação vocal em coros comunitários: estratégias pedagógicas para construção vocal no Comunicantus: laboratório coral do departamento de Música da ECA-USP
Mots-clés en portugais
Canto Coral
Comunicantus: Laboratório Coral
Percepção Vocal
Preparação Vocal para Coro
Técnica Vocal
Resumé en portugais
Este trabalho é fruto de uma pesquisa-ação associada às atividades de preparação vocal realizadas com o Coral Escola e o Coral Oficina do Comunicantus: Laboratório Coral do Departamento de Música da ECA-USP. Os objetivos dividiram-se em duas perspectivas: a formação do estagiário em preparação vocal e o desenvolvimento da técnica vocal nos coros Escola e Oficina. A coleta de dados foi feita por meio da participação nos ensaios destes dois grupos no ano de 2010 e da análise do protocolo de documentação do Comunicantus: Laboratório Coral. O capítulo 1 inicia-se com uma explanação sobre o funcionamento do Comunicantus: Laboratório Coral e sobre o conceito de Coral Escola, no qual todas as atividades estão fundamentadas; segue com uma discussão a respeito dos desafios da educação coral no século XXI e encerra-se expondo saberes e habilidades que fazem parte da formação dos estagiários em preparação vocal, como a classificação vocal, a percepção vocal e a pedagogia. No capítulo 2, são descritas as principais características vocais dos coralistas iniciantes dos coros Escola e Oficina em relação a postura, respiração, apoio, ressonância, articulação, assim como as dificuldades mais frequentes com afinação. No capítulo 3, por meio de uma confrontação entre as práticas do Comunicantus: Laboratório Coral e a literatura sobre regência coral e pedagogia vocal, são apresentados e discutidos os exercícios mais usados na preparação vocal destes grupos, visando trabalhar aspectos como postura, respiração e apoio, ressonância, diferenciação de vogais, agilidade, staccato, sustentação, homogeneidade de registros vocais, extensão e escuta harmônica. Nas considerações finais, discute-se a perspectiva da preparação vocal como uma atividade complexa, na qual diversos saberes, habilidades e ferramentas são empregados conjunta e interativamente como parte de estratégias que visam à consecução de objetivos artísticos e educativos.
Titre en anglais
Voice building for community choirs: teaching strategies for vocal preparation at Comunicantus: Choral Laboratory of the Music Department of the ECA-USP.
Mots-clés en anglais
Choral Singing
Comunicantus: Coral Laboratory
Vocal Perception
Vocal Technique
Voice Building for Choirs
Resumé en anglais
This work is the result of an action research associated to voice building activities performed at the Coral Escola and the Coral Oficina of Comunicantus: Choral Laboratory of the Music Department at ECA-USP. The goals were divided into two perspectives: the training of the trainee in voice building and the development of vocal technique in the choirs Escola and Oficina. Data collection was done through participation in the rehearsals of these two choirs in 2010 and analysis of Comunicantus: Choral Laboratory's protocol documentation. Chapter 1 begins with an explanation about the functioning of Comunicantus: Choral Laboratory and about the concept of Choir-School, in which all activities are based; it follows with a discussion about the challenges of choral education in the twenty-first century and it ends exposing knowledge and skills that are part of the training of trainees in voice building, such as vocal classification, vocal perception and pedagogy. Chapter 2 describes the main vocal characteristics of the beginners in the choirs Escola and Oficina regarding posture, breathing support, resonance, articulation, as well as the most frequent difficulties concerning intonation. By confronting the practices of Comunicantus: Choral Laboratory and the literature on choral conducting and vocal pedagogy, Chapter 3 presents and discusses the most used exercises in the voice building activities of these groups, aiming to work aspects such as posture, breathing and support, resonance, vowel differentiation, agility, staccato, sostenuto,homogeneity of vocal registers, extension and harmonic hearing. In the final considerations, voice building is discussed as a complex activity, in which different knowledge, skills and tools are used together and interactively as part of strategies that aim the achievement of artistic and educational goals.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2013-03-07
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2019. Tous droits réservés.