• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2016.tde-08092016-153009
Documento
Autor
Nome completo
Meryelle Nogueira Maciente
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Zani Netto, Amilcar (Presidente)
Amato, Luiz Britto Passos
Biaggi, Emerson Luiz de
Gloeden, Edelton
Suetholz, Robert John
Título em português
Estratégias de enfrentamento para a ansiedade de performance musical (APM): um olhar sobre músicos profissionais de orquestras paulistas
Palavras-chave em português
Emoções
Orquestra profissional
Performance
Prática
Psicologia da música
Resumo em português
O presente trabalho trata da Ansiedade de Performance Musical (APM) e do Medo de Palco e possíveis estratégias de enfrentamento, com foco em uma observação dos músicos profissionais de orquestras que atuam no estado de São Paulo. Traz revisão da literatura sobre o assunto, reflexões sobre as diversas áreas relacionadas e uma pesquisa de campo, que apresenta dados e implicações dessas emoções na vida cotidiana desses músicos. Aponta também para a necessidade de se obter maior conhecimento sobre as pesquisas recentes a respeito do assunto, já que uma compreensão mais profunda do tema pode gerar meios práticos para que o músico obtenha um possível abrandamento da APM, no processo de aprendizagem, na performance e em seu dia a dia profissional, diminuindo o estresse inerente à profissão. Foram coletados novos dados sobre os músicos instrumentistas profissionais de orquestras paulistas (sejam mantidas pelo estado, seja pelos municípios), por meio de questionários sobre Ansiedade e Ansiedade de Performance Musical. Com projeto aprovado pelo Comitê de Ética da USP e pelo Plataforma Brasil (Ministério da Saúde), a pesquisa apresenta os dados obtidos, comentando os resultados encontrados e disponibilizando um novo panorama do problema da APM no ambiente de trabalho dos músicos profissionais das orquestras paulistas, dados que podem gerar interesse para novas reflexões e questionamentos sobre o tema. Faz breves paralelos com pesquisas recentes sobre o assunto, realizadas no exterior, apresenta reflexões e seleciona treinamentos e técnicas para o abrandamento deste problema, provenientes de várias áreas relacionadas, como Psicologia, Psicologia da Música, Psicologia Esportiva, Performance Musical e Neurociência, com a finalidade de auxiliar músicos, especialmente os profissionais de orquestras, a obter melhores resultados em sua carreira, melhor qualidade de vida e de saúde física e mental, em seu cotidiano.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Performance
Professional Orchestra
Psychology of Music
Resumo em inglês
This thesis deals with Musical Performance Anxiety (MPA) and Stage Fright as well as possible coping strategies, focusing on the observations of professional musicians from orchestras operating in the state of São Paulo. It reviews literature on the subject, contains reflections on various related areas and a field survey, which presents data and the implications of these emotions in the everyday life of these musicians. It also points to the need to obtain greater insight into recent research on the subject, since a deeper understanding of this theme may generate practical means for musicians to obtain an easing of MPA, during the learning process, performances and in their day-to-day professional life, thus reducing the stress inherent to the profession. New data was collected on professional musicians from São Paulo state orchestras (either orchestras maintained by the state or by municipalities), through questionnaires about Anxiety and Musical Performance Anxiety. With the project approved by the USP Ethics Committee and Platform Brazil (Ministry of Health), the research data obtained is presented, along with related comments, providing a new panorama of MPA in the workplace of professional musicians in São Paulo state orchestras, data that may generate interest for new reflections and questions on the subject. Brief parallels to recent research carried out abroad on the subject are made, together with reflections, selected training and techniques for the easing of this problem, collected from various related fields such as Psychology, Psychology of Music, Sports Psychology, Musical Performance and Neuroscience. The purpose is to assist musicians, especially orchestral professionals, to obtain the best results in his or her career, better quality of life together with physical and mental health in their daily lives.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-09-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.