• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.27.2020.tde-22012020-175239
Documento
Autor
Nome completo
Renata de Oliveira Antonio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Salles, Pedro Paulo (Presidente)
Garkov, Adriana Friedmann
Rocha, Ana Cristina Rosseto
Título em português
Escutando crianças em processos de aprendizagem musical
Palavras-chave em português
Aprendizagem musical
Construções coletivas
Escutar crianças
Resumo em português
Este trabalho discorre sobre possibilidades de produção de conhecimento musical em processos de aprendizagem construídos conjuntamente com as crianças. Para tanto, me proponho a refletir sobre o que de fato significa escutá-las, considerando a escuta como ampla percepção de suas diferentes formas de expressão bem como de suas necessidades, ideias e interesses. A pesquisa se desenvolveu a partir da análise de experiências dos encontros musicais realizados em 2018 com crianças do 3º ano D da Escola Estadual Francisco de Assis Reys, localizada em São Paulo, e pela análise de dois processos vivenciados no Programa de Iniciação Artística (Piá) da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, também em 2018. A análise baseada nos registros de diário de campo, áudios e vídeos em interlocução com textos de Teca Alencar de Brito, Carl Rogers, François Delalande, Paulo Freire, Adriana Friedmann, Pedro Paulo Salles e Manuel Sarmento gerou reflexões e aprofundamentos a partir dos quais foi possível concluir que esta escuta se constitui pela compreensão dos fazeres musicais das crianças, pela presença enquanto disponibilidade do educador, pela aceitação do risco e da incerteza como fundamentais nos processos de aprendizagem musical, pela valorização do diálogo com as crianças e entre elas, pela compreensão do brincar como potente fonte de expressão das crianças, pela escuta dos corpos das crianças e ainda pela autoescuta dos educadores. Dessa forma, os educadores musicais podem estimular e desafiar as crianças perceptivamente para que criem suas próprias ideias e fazeres musicais, tendendo a desencadear processos de aprendizagem significativos e fomentando o pensamento crítico.
Título em inglês
Listening to children in musical learning processes.
Palavras-chave em inglês
Collective constructions
Listening to children
Musical learning
Resumo em inglês
This work discusses possibilities of musical knowledge production in learning processes built with children. Therefore, I propose to reflect on what it really means listen to children considering listening as a broad perception of their different forms of expression as well as their needs, ideas and interests. The research was developed from the analysis of the experiences of the musical meetings held in 2018 with children of the 3rd year D of Escola Estadual Francisco de Assis Reys, located in São Paulo, and the analysis of two processes experienced in Programa de Iniciação Artística (Piá), of Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, also in 2018. The analysis based on field notes, audios and videos in dialogue with texts by Teca Alencar de Brito, Carl Rogers, François Delalande, Paulo Freire, Adriana Friedmann, Pedro Paulo Salles and Manuel Sarmento generated reflections and deepening from wich it was possible to conclude that this listening is constituted by the comprehension of children musical performances, by the presence as availability of the educator, by acceptance of the risk and the uncertaity as fundamental in the musical learning processes, by the valorization of the dialogue with children and among them, by understanding play as a powerful source of expression for children, listening to the bodies of the children and even self listening of the educators. This way, musical educators can stimulate and challenge perceptually children to create their own musical ideas and doings, tending to trigger meaningful learning processes and foster critical thinking.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.