• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2017.tde-28082017-085847
Documento
Autor
Nome completo
Alexandra Sofia Miranda dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Rizzi, Maria Christina de Souza Lima (Presidente)
Bahia, Dora Longo
Fernandes, Sonia Regina
Laurentiz, Silvia Regina Ferreira de
Minerini Neto, José
Título em português
O tempo das mudanças, o cinema e a luta pela apropriação das verdades | um estudo do documentário Torre Bela (1978) de Thomas Harlan sobre o processo revolucionário português (1974-1975)
Palavras-chave em português
Cinema-verdade
Drama
Política
Pós-verdade
Revolução dos Cravos
Resumo em português
Este estudo tem por objeto o documentário de Thomas Harlan, Torre Bela (1978), filmado durante o processo revolucionário português (1974-1975). A película insere-se na raiz cinematográfica do cinema-verdade, destacando-se do debate em torno deste conceito desenvolvido por Jean Rouch e Edgar Morin no decênio de 1960, na medida em que propõe antes, uma abordagem materialista aos processos sociais, retomando a perspectiva desenvolvida por Dziga Vertov (1896-1954), cineasta russo autor do filme Kinoglaz (1924), que Thomas Harlan cita em diferentes cenas de Torre Bela. Harlan constrói de forma crítica e reflexiva uma síntese da atualidade, proveniente do recorte histórico, resultante da combinação sistematizada entre o fragmento do filme e a visão histórica sobre o processo revolucionário que o cineasta insere na montagem do filme. Ao concretizá-la, Harlan acaba por colocar luz nas contradições do processo português, alumiando, por exemplo, como o acordo militar para uma "nova política social", que defendia os direitos da classe trabalhadora como anunciado no Programa do Movimento das Forças Armadas, consolida-se apenas em direitos para a classe dominante, os proprietários dos meios de produção, excluindo-se o trabalhador do modelo de sociedade democrática. O filme é emblemático também, para compreender a forma como o trabalhador se torna sujeito político da Revolução, histórico, por isso, objetivando as suas utopias através da película, até o momento da intervenção da força militar contrarrevolucionária como mostra o final do filme. Em tese, o trabalho investiga como a reintrodução da perspectiva histórica sobre a forma como uma dada sociedade se organiza, bem como o ponto de vista do cineasta sobre o fenômeno social abordado torna-se, no caso da película Torre Bela, uma forma de resistência e de oposição ao movimento de desmanche e declínio das grandes utopias que marcou a segunda metade do século XX, e que na atualidade se reinventa no fenômeno da pós-verdade.
Título em inglês
Time of changes, the movie and the fight to seize the truth: study of the Torre Bela (1978), Thomas Harlan documentary about the Portuguese Revolution process (1974-1975)
Palavras-chave em inglês
(Portuguese) Carnation Revolution
Drama
Politics
Post- Truth
Truthful-Cinema
Resumo em inglês
The subject of this study is the Thomas Harlan documentary Torre Bela (1978), filmed during the Portuguese Revolution of 1974 - 1975. The movie is implanted in the cinematographic roots of the truthful-cinema (cinéma vérité), outdistancing from the 1960´s debate surrounding Jean Rouch and Edgar Morin´s concept since it proposes instead, a materialistic view of the social processes, recollecting the same perspective developed by Dziga Vertov (1896-1954), Russian filmmaker creator of Kinoglaz movie (1924), and in which Thomas Harlan references it in several scenes of Torre Bela. Based on a historical approach, Harlan elaborates a critically reflexive summary of the actuality, resultant from the systematic combination between frames and the historical perception of the revolutionary process and in which the creator inserts in the film. Whilst producing it, Harlan focus on the contradictory facts in the Portuguese process highlighting for example, how the military agreement for the new social politic, which defended the workers' rights, as announced by the Military Forces Program, primarily focuses on the dominant classes (owners) excluding the workers from the social-democratic model. The movie is emblematic and historical leading you to understand how the worker became a politic individual of the revolution, presenting its utopias trough the movie up until the contra revolutionary intervention by the military force as exposed in the end of the movie. In theses, the study investigates how a reintroduction of the historical perspective of a society organization as well as the filmmaker´s understanding and approach of the social singularity becomes, in Torre Bela, a way of resistance and opposition to the destruction and decline of the utopias which characterized the second half of the 20th century and in present time reinventing itself within the post-truth concept.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-08-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.