• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2010.tde-30112010-164937
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Carlos Gonçalves de Oliveira Junior
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Xavier, Ismail Norberto (Presidente)
Guimarães Junior, Pedro Maciel
Machado Junior, Rubens Luis Ribeiro
Título em português
O cinema de fluxo e a mise en scène
Palavras-chave em português
Crítica cinematográfica
Estética de fluxo
Mise en scène
Resumo em português
A dissertação é dividida em duas partes. A primeira consiste em um estudo sobre a noção de mise en scène no cinema, levando em conta suas origens teatrais e algumas de suas aplicações na teoria cinematográfica. O enfoque privilegia as definições essencialistas formuladas por uma parcela da crítica francesa, concentrada nas revistas Cahiers du Cinéma e Présence du Cinéma nos anos 1950-60. A segunda parte da dissertação, mais fincada na análise fílmica, aborda alguns elementos estéticos do cinema contemporâneo, dentre eles o conceito de cinema de fluxo, que designa um conjunto de filmes que ocupam um ponto cego em relação à definição clássica de mise en scène trabalhada na parte I. O Intruso (Claire Denis, 2004), Sombra (Philippe Grandrieux), A Viagem do Balão Vermelho (Hou Hsiao-hsien, 2007) e Gerry (Gus Van Sant, 2002) são alguns dos filmes analisados.
Título em inglês
Cinema of flux and mise-en-scène.
Palavras-chave em inglês
Aesthetics of flux
Film criticism
Mise-en-scène
Resumo em inglês
My dissertation is divided in two parts. The first one investigates the concept of mise-enscène as applied to film practice, taking as reference its theatrical origins and some of its extensions to film theory and criticism. My approach privileges the essentialist definitions presented by a group of French critics, focusing on two reviews, Cahiers du Cinéma and Présence du Cinéma, covering their issues published in the 1950s and 1960s. The second part, concentrated on film analysis, discusses some aesthetic features of contemporary cinema such as the notion of cinema of flux, which refers to a set of films located at a blind spot when we look at cinema styles from the standpoint of the classical definition of mise-en-scène discussed in Part I. The intruder (Claire Denis, 2004), Shade (Philippe Grandrieux, 1998), The voyage of the red balloon (Hou Hsiao-hsien, 2007) and Gerry (Gus Van Sant, 2002) are among the films.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
6320356.pdf (1.03 Mbytes)
Data de Publicação
2011-02-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.