• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2016.tde-12072016-102652
Documento
Autor
Nome completo
Kumiko Oshio Kissimoto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Laurindo, Fernando José Barbin (Presidente)
Mattos, Cláudia Aparecida de
Moraes, Renato de Oliveira
Pinto, Silvia Helena Boarin
Yanaze, Mitsuru Higuchi
Título em português
Colaboração aberta nas empresas e o desempenho organizacional.
Palavras-chave em português
Colaboração aberta
Desempenho organizacional
Estratégia organizacional
Fatores influenciadores
Orientação estratégica
Tecnologia da informação
Resumo em português
A colaboração aberta tem se apresentada cada vez mais como uma forma das organizações melhorarem sua competitividade e a sua capacidade de inovação. Depois de um pouco mais de dez anos desde que o conceito foi lançado é preciso começar a consolidá-lo em termos de quais aspectos devem ser observados ao implementar uma iniciativa de colaboração aberta e como mensurar estes resultados. Indo um pouco mais além, é preciso compreender a influência que o desempenho da colaboração aberta tem sobre o desempenho organizacional. No entanto, este tem sido um ponto que ainda gera muitas discussões. Não há ainda um consenso em como mensurar e o que deve ser mensurado para que os reais benefícios da colaboração aberta possam ser identificados. Dado o contexto acima, esta tese se propôs a investigar como as organizações buscam mensurar os impactos da prática da colaboração aberta e compreender se existe uma relação positiva entre o desempenho da colaboração e o desempenho organizacional. Adicionalmente, esta tese investigou a relevância dos fatores influenciadores do desempenho da colaboração aberta indicados na literatura. Como abordagem metodológica foi escolhida a abordagem mista entre a pesquisa qualitativa e a pesquisa quantitativa. A pesquisa qualitativa foi realizada por meio de um estudo de caso em quatro empresas de grande porte. Os resultados trouxeram importantes percepções quanto à importância da existência de uma orientação estratégica para a implementação de um projeto de colaboração aberta. Para a pesquisa quantitativa foi proposto um instrumento de pesquisa para avaliar a relevância do relacionamento entre o desempenho da colaboração aberta (DCOL) e o desempenho organizacional (DORG). Este instrumento também avaliou qual a relevância que os fatores influenciadores Tecnologia da Informação (TEC), Motivação para iniciar um projeto de colaboração aberta (MOT), o papel desempenhado pelos colaboradores (USU) e a tipologia adotada para operacionalizar a colaboração (TIP) têm sobre o desempenho da colaboração aberta. Para a análise dos dados foi aplicada a técnica da Modelagem de Equações Estruturais (MEE) com estimação pelo método Partial Least Squares (PLS), por meio do software SmartPLS 3.2.1. Os resultados indicaram uma relação significativa entre o DCOL e DORG.
Título em inglês
Open collaboration in the organizations and the organizational performance.
Palavras-chave em inglês
Influencing factors
Information technology
Open collaboration
Performance
Strategic orientation
Resumo em inglês
Open collaboration has presented itself as an important way for organizations to improve their competitiveness and their ability to innovate. A little more than ten years has passed since the concept was launched, but it is still necessary to make advances in order to consolidate the concept in terms of what aspects are important to implement an open collaborative initiative and how to measure these results. Moreover, it is necessary a better understanding about open collaboration influence over the organizational performance. There is no consensus about how to measure and what should be measured in order to identify the real benefits of open collaboration. Grounded in the literature and the gap mentioned, this thesis aimed at investigating how organizations are measuring the open collaboration performance and also to understand if there is a positive correlation between collaboration performance and organizational performance. Additionally, this thesis also aimed at understanding the relevance of the open collaboration influencing factors. A mixed method research was employed. The qualitative research was carried out through a case study in four large companies. The results brought important insights regarding the importance of strategic orientation for the implementation of an open collaborative project. For the quantitative research, an instrument was proposed to assess the relevance of the relationship between open collaboration performance (DCOL) and organizational performance (DORG). This instrument also assessed the relevance of the open collaboration influencing factors over open collaboration performance: Information Technology (CET), Motivation to initiate an open collaboration project (MOT), the role played by users (USU) and the typology adopted to operationalize the collaboration (TIP). To analyze the data a Structural Equation Modeling (SEM) technique was applied with estimation method Partial Least Squares (PLS) using the software SmartPLS 3.2.1. The structural model analysis showed significant relationship between DCOL and DORG.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-09-02
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • KISSIMOTO, K.O., and LAURINDO, F. J. B. INFLUENCING FACTORS FOR RESILIENCE IN ORGANIZATIONS - A CASE STUDY IN A TRANSFORMATION INDUSTRY COMPANY. In ICIEOM 2010 - XVI INTERNATIONAL CONFERENCE ON INDUSTRIAL ENGINEERING AND OPERATIONS MANAGEMENT, São Carlos, 2010. Proceedings of ICIEOM 2010.Rio de Janeiro : ABEPRO, 2010.
  • KISSIMOTO, K.O., and LAURINDO, F. J. B. Information Technology as an Enabler for Mass Customization Strategy: Integrating Customer and Organization. In PICMET 2010 - Portland International Conference on Management of Engineering and Technology - Conference - Technology Management for Global Economic Growth, Phuket, 2010. Proceedings of PICMET 2010.Portland : PICMET, 2010.
  • KISSIMOTO, K.O., and LAURINDO, F. J. B. IT STRATEGIC ALIGNMENT AS AN ENABLER OF MASS CUSTOMIZATION IN AN AUTOMOTIVE COMPANY. In ICIEOM 2010 - XVI INTERNATIONAL CONFERENCE ON INDUSTRIAL ENGINEERING AND OPERATIONS MANAGEMENT, SÃO CARLOS, 2010. PROCEEDINGS OF ICIEOM 2010.RIO DE JANEIRO : ABEPRO, 2010.
  • KISSIMOTO, K.O., and LAURINDO, F. J. B. Maturity in the virtual organizations the influence of IT architecture and strategic alignment. In POMS 2012 - 23rd Annual POM Conference, Chicago, 2012. Proceedings of POMS 2012.POMS : The University of Chicago, Booth School of Business, 2012.
  • KISSIMOTO, K.O., e LAURINDO, F. J. B. CUSTOMER-ENTERPRISE INTEGRATION AS SUCCESS FACTOR IN THE PERSONALIZATION STRATEGY. In CONTECSI 2012 - 9 International Conference on Information Systems and Technology Management, São Paulo, 2012. Proceedings of CONTECSI 2012.São Paulo : TECSI, 2012.
  • KISSIMOTO, K.O., e LAURINDO, F. J. B. Gestão do conhecimento e resiliência das organizações um estudo de caso. In SIMPEP 2009 - XVI Simpósio de Engenharia de Produção, Bauru, 2009. Anais - SIMPEP.Bauru : UNESP, 2009. Dispon?vel em: http://www.simpep.feb.unesp.br/.
  • KISSIMOTO, K.O., e LAURINDO, F. J. B. O PAPEL DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, DO CLIENTE E DA INOVAÇÃO NA CO-CRIAÇÃO DE VALOR. In ENEGEP 2012 - XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, 2012. Anais do ENEGEP 2012.Rio de Janeiro : ABEPRO, 2012.
  • KISSIMOTO, K.O., MATTOS, Claudia Aparecida de, and LAURINDO, F. J. B. Fostering customer participation in personalization and co-creation initiatives - Brazilian experiences. In ICPR-AR 2012 (International Conference of Production Research America´s 2012), Santiago, 2012. Proceedings of ICPR-AR 2012.Santiago : USACH, 2012. Available from: http://icpr2012.usach.cl/.
  • KISSIMOTO, KUMIKO OSHIO, MORAES, Renato de Oliveira, e LAURINDO, FERNANDO JOSÉ BARBIN. THE IMPORTANCE OF THE LEARNING CYCLE IN THE PROCESS OF OPEN INNOVATION IN A MULTINATIONAL COMPANY [doi:10.5748/9788599693094-10CONTECSI/PS-353]. In 10th CONTECSI International Conference on Information Systems and Technology Management, Sao Paulo, 2013. Proceedings of 10th CONTECSI International Conference on Information Systems and Technology Management.Sao Paulo : TECSI, 2013.
  • LOPES, A. P., et al. Innovation management: a literature review about the evolution and the different innovation models. In ICIEOM 2012- XVIII International Conference on Industrial Engineering and Operations Management, Guimarães, 2012. Proceedings of ICIEOM 2012.Guimarães : Universidade do Minho, 2012.
  • Artigo premiado em no. especial sobre interação Universidade - Empresa - Revista Produto Produção - EITT/UFRS
  • Melhor trabalho categoria Poster - ENEGEP 1998 - ABEPRO
  • Melhor trabalho na área Gestão de Tecnologia - ENEGEP 2005 - ABEPRO
  • Melhor trabalho no tema Tecnologia da Informação - SAE 2004 - SAE Brasil
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.