• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2017.tde-18012017-155610
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Ferreira de Lara
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Marx, Roberto (Presidente)
Mello, Adriana Marotti de
Mello, Flávia Luciane Consoni de
Motta, Flávia Gutierrez
Zilbovicius, Mauro
Título em português
A indústria automotiva em transição? análise do posicionamento das subsidiárias nacionais das montadoras frente aos desafios da mobilidade urbana sustentável no Brasil.
Palavras-chave em português
Eletromobilidade
Industria automobilística
Integração intermodal
Mobilidade urbana
Sustentabilidade
Transporte público
Resumo em português
Os desafios relacionados à mobilidade têm gerado diversas discussões entre todos os setores da sociedade e têm exercido influência determinante sobre o declínio da qualidade de vida das pessoas. No centro desta discussão está a dificuldade crescente em se acessar os serviços e as oportunidades presentes nas cidades em função das barreiras impostas pelos atuais padrões de mobilidade urbana. Partindo-se do entendimento de que a utilização do uso do modelo atual de mobilidade urbana é uma questão muito complexa, pois está enraizada na cultura em algumas sociedades, a pesquisa se utiliza de uma abordagem qualitativa por meio de um estudo multicasos (AB Volvo; Daimler AG; FIAT Chrysler Automobiles; PSA Peugeot Citroën S.A.; Renault S.A; Volkswagen Group AG) para avaliar como a indústria automotiva nacional se posiciona a partir de um processo de transição em que a mobilidade urbana vem enfrentando, no qual a sustentabilidade também é uma exigência da sociedade. E mais do que isso, o estudo busca avaliar se essa indústria de fato participa direta e ativamente dessa transição ou se posiciona de forma defensiva. O framework fornecido pela abordagem da Perspectiva Multi Nível ou MLP (do inglês MultiLevel Perspective) fornece uma teoria que conceitua padrões dinâmicos globais em transições sócio-técnicas por meio da combinação de conceitos como trajetórias, regimes e nichos e teoria institucional a partir do posicionamento de atores em contextos que se formam a partir de suas próprias ações. Ao apresentar o caso brasileiro e suas particularidades, a tese explora um contexto específico, de um dos principais fabricantes e mercados de consumo do mundo, mas que não conta com uma montadora de capital nacional. Ao focar as montadoras, a tese traz um recorte de um dos principais atores inseridos no processo de transição para a mobilidade urbana sustentável.
Título em inglês
Positioning analysis of the national subsidiaries of automakers ahead to the challenges of sustainable urban mobility in Brazil.
Palavras-chave em inglês
Carsharing
Electromobility
Innovation in public transport
Intermodal integration
Sustainable urban mobility
Resumo em inglês
The mobility challenges have generated several discussions among all sectors of society and have exercised decisive influence on the decline in the quality of life. In the center of this discussion is the increasing difficulty in accessing services and opportunities in the cities due to the barriers imposed by current patterns of urban mobility. Starting from the understanding that the use of the current mobility model is a very complex issue, because it is rooted in the culture in some societies, the research uses a qualitative approach through a multicases study (AB Volvo, Daimler AG, Fiat Chrysler Automobiles, PSA Peugeot Citroën SA, Renault SA, Volkswagen Group AG) to evaluate how the national automotive industry is positioned from a transition process in which urban mobility is facing, in which sustainability is also a requirement of society. And more than that, the study aims to assess whether the fact that industry participate or directly and actively in this transition or it is positioned defensively. The framework provided by the approach of the MLP (MultiLevel Perspective) provides a theory that conceptualizes global dynamic patterns in socio-technical transitions through the combination of concepts like trajectories, schemes and niches and institutional theory from the positioning of actors in some contexts. Presenting the case of Brazil and its particularities, the thesis explores a specific context, an important manufacturer and consumer in the automotive industry, but that does not have a national automaker. By focusing on the automakers, the thesis brings a look of one of the most important actors inserted in the transition process to the sustainable urban mobility.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.