• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2013.tde-11072014-122413
Documento
Autor
Nome completo
Gabriel Niero de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Quintanilha, José Alberto (Presidente)
Borges, Karla Albuquerque de Vasconcelos
Giannotti, Mariana Abrantes
Título em português
Proposta de tratamento e modelagem de dados espaciais para uso em infraestrutura de dados espaciais - IDEs: estudo de caso de macrobentos para a área costeira da Baixada Santista.
Palavras-chave em português
Baixada Santista
Biomonitoramento
Geoportal
IDE
Macrobentos
Modelo de Dados Espaciais
OMT-G
SIG
Resumo em português
As zonas costeiras são áreas complexas que contemplam ambientes terrestres e marinhos que, além de possuírem enorme riqueza ambiental, também são áreas atrativas aos seres humanos por oferecer alimentos, lazer, negócios, transporte, entre outros. Algumas dificuldades de gerenciamento ocorrem pela complexidade, conflito de interesses e pelo fato de não haver padronização no levantamento de dados e disponibilização para a comunidade científica, órgãos públicos, etc. O uso de geotecnologias pode auxiliar na organização, padronização e compartilhamento destas informações em Atlas Web além de apoiar no planejamento e tomada de decisão pois agregam, em um único ambiente, diversos dados provenientes de fontes distintas. A construção de um modelo de dados espacial voltado à área ambiental, para ser utilizada em Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE) é exemplificada a partir da modelagem de um bioindicador, Macrobentos, de qualidade de sedimentos. Este trabalho apresenta as etapas necessárias para a construção de modelo de dados espacial de Macrobentos e emprega a Região Metropolitana da Baixada Santista como referência, além de ilustrar e discutir as principais dificuldades para organizar os dados não padronizados. Conclui-se que a estruturação do conhecimento quando se trabalha com dados ambientais em um modelo é essencial para sua posterior integração em IDE. Constatou-se no processo de modelagem que questões metodológicas relativas ao processo de coleta podem dificultar ou até mesmo inviabilizar a integração de dados provenientes de diferentes estudos. A construção de um modelo de dados espacial e sua posterior publicação via Geoportal, como o apresentado neste estudo, poderá ser utilizado como referência para novas pesquisas com objetivos semelhantes.
Título em inglês
Proposal of processing and database modeling of spatial data infrastructure -SDI: macrobenthos study case for coastal zone of Santos metropolitan region.
Palavras-chave em inglês
Biomonitoring
Geoportal
GIS
Macrobenthos
OMT-G
SDI
Spatial Database Model
Resumo em inglês
Coastal zones are complex areas that include marine and terrestrial environments. Besides its huge environmental importance, they also attract humans because they provide food, recreation, business, transportation, among others. Some difficulties to manage these areas are related with their complexity, diversity of interests and the absence of standardization to collect and share data to scientific community, public agencies, among others. The use of geo-technologies can be used in the organization, standardization and sharing of this information through Atlas Web and assists planning and decision making issues because it aggregates different files from distinct sources. The construction of a spatial database integrating the environmental business, to be used on Spatial Data Infrastructure (SDI) is illustrated by a bioindicator, Macrobenthos, that indicates the quality of the sediments. This research shows the required steps to build Macrobenthos spatial database based on Santos Metropolitan Region as a reference. Besides, it tries to illustrate the problems related to organize non standardized data. It can be concluded, when working with environmental data, that the structuring of knowledge in a conceptual model is essential for their subsequent integration into the SDI. During the modeling process it can be noticed that methodological issues related to the collection process may obstruct or make impracticable the data integration from different studies of the same area. The development of a database model and its subsequent publication in a Geoportal can be used as a reference for further research with similar goals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-07-14
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • CARVALHO, G. N., et al. Modelagem para integração de dados sobre macrobentos em Infraestrutura de Dados Espaciais [doi:10.4136/1980-993X]. Revista Ambiente & Água [online], 2012, vol. 7, p. 195-213.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.