• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.3.2016.tde-13072016-155915
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Anastasi Fiorani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Nakao, Osvaldo Shigueru (Presidente)
Bevilacqua, Luiz
Bueno, Belmira Amelia de Barros Oliveira
Grimoni, Jose Aquiles Baesso
Piqueira, José Roberto Castilho
Título em português
Sobre a evasão estudantil na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo: identificação e possíveis causas.
Palavras-chave em português
Engenharia civil
Ensino superior
Escola Politécnica
Evasão
Evasão escolar
Graduação
Universidade de São Paulo
Resumo em português
A evasão estudantil afeta as universidades, privadas e públicas, no Brasil, trazendo-lhes prejuízos financeiros proporcionais à incidência, respectivamente, de 12% e de 26% no âmbito nacional e de 23% na Universidade de São Paulo (USP), razão pela qual se deve compreender as variáveis que governam o comportamento. Neste contexto, a pesquisa apresenta os prejuízos causados pela evasão e a importância de pesquisá-la na Escola Politécnica da USP (EPUSP): seção 1, desenvolve revisão bibliográfica sobre as causas da evasão (seção 2) e propõe métodos para obter as taxas de evasão a partir dos bancos de dados do Governo Federal e da USP (seção 3). Os resultados estão na seção 4. Para inferir sobre as causas da evasão na EPUSP, analisaram-se bancos de dados que, descritos e tratados na seção 5.1, contêm informações (P. Ex.: tipo de ingresso e egresso, tempo de permanência e histórico escolar) de 16.664 alunos ingressantes entre 1.970 e 2.000, bem como se propuseram modelos estatísticos e se detalharam os conceitos dos testes de hipóteses 2 e t-student (seção 5.2) utilizados na pesquisa. As estatísticas descritivas mostram que a EPUSP sofre 15% de evasão (com maior incidência no 2º ano: 24,65%), que os evadidos permanecem matriculados por 3,8 anos, que a probabilidade de evadir cresce após 6º ano e que as álgebras e os cálculos são disciplinas reprovadoras no 1º ano (seção 5.3). As estatísticas inferenciais demonstraram relação entre a evasão - modo de ingresso na EPUSP e evasão - reprovação nas disciplinas do 1º ano da EPUSP, resultados que, combinados com as estatísticas descritivas, permitiram apontar o déficit vocacional, a falta de persistência, a falta de ambientação à EPUSP e as deficiências na formação predecessora como variáveis responsáveis pela evasão (seção 5.4).
Título em inglês
The dropout in Polytechnic Scholl of the University of São Paulo: identification and possible causes.
Palavras-chave em inglês
Dropout
Engineering
Graduation
Polytechnic School
University of São Paulo
Resumo em inglês
The student dropout affects private and public universities in Brazil, bringing it financial losses in the proportion of its incidence: 12% (public) and 26% (private). In the University of São Paulo (USP), the withdraw rates is 23%, which shows the importance to understand the general rules (variables) that govern the dropout process. In this context, the research shows the damages caused by the student dropout and the importance of investigate it at the Polytechnic School of USP (EPUSP): section 1, develops a literature review on the causes of dropout (section 2) and proposes methods of calculating the dropout rates from the databases of the Federal Government and the USP (section 3). The results are shown in section 4. In order to study the causes of dropout in EPUSP, described and treated (section 5.1) databases, which contain information (way of ingress and egress, length of stay and academic record) of 16,664 students that entering in the university between 1970 and 2000, were analyzed. Having done this, it were proposed statistical models and shown the hypothesis testing (2 and t-student) concepts used in the research (section 5.2). The descriptive statistical analysis show that dropout rate of EPUSP is 15% (with the highest incidence in the 2nd year: 24.65%), that the escaped students remains in their courses about 3,8 years, that the dropout probability grows after the 6th year and that the students, more often, are not able to be approved (fail) on the mathematical basic disciplines (algebra and calculus) on the 1st year of engineering course (section 5.3). The results of the inferential statistical analysis demonstrate a relationship between the dropout rates and the way of ingress into EPUSP and the dropout rates and failures in the 1st year of EPUSP (seção 5.4). These results allow pointing the vocational lacks, the absence of persistence in the course, the inflexibility and lack of adaptability to EPUSP ambience and the knowledge gaps purchased at high school as the variables that lead the students to withdraw from the institution.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-07-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.