• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2016.tde-11052016-111551
Documento
Autor
Nome completo
Filipe Antonio Marques Falcetta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Zambon, Renato Carlos (Presidente)
Lopes, João Eduardo Gonçalves
Sauer, Ildo Luís
Título em português
Evolução da capacidade de regularização do sistema hidrelétrico brasileiro.
Palavras-chave em português
Reservatórios (Operação)
Sistemas hidroenergéticos
Resumo em português
No Brasil, cerca de dois terços da capacidade total instalada de geração de energia elétrica e, em média nos últimos quinze anos, aproximadamente 90% da geração efetiva provêm das hidrelétricas. Este sistema inclui 170 usinas hidrelétricas de médio e grande porte existentes ou previstas até 2023, aproximadamente dois terços delas com capacidade de regularizar vazões e todas operando de maneira interligada. Restrições ambientais, técnicas, sociais e econômicas tem dificultado cada vez mais a implantação de empreendimentos hidráulicos contendo reservatórios de grande porte, tornando a maioria dos novos empreendimentos a fio d´água. Para compreender melhor o processo, este trabalho apresenta um levantamento da evolução anual da capacidade instalada e de armazenamento do sistema desde 1950 até a expansão prevista nos próximos 8 anos, em 2023. Os dados da década de 2000 e a previsão até 2023 de forma ainda mais acentuada indicam uma redução continua e significativa da capacidade relativa de regularização, com impacto direto nas decisões de operação e de expansão do sistema térmico complementar. A fim de avaliar as possíveis consequências da redução da capacidade de regularização, simulações foram realizadas no modelo HIDROTERM (ZAMBON et al. 2012); os resultados apontam para uma necessidade de ser complementar continuamente a energia hídrica, não só em períodos hidrologicamente desfavoráveis.
Título em inglês
Evolution of storage capacity in the brazilian hydropower system.
Palavras-chave em inglês
Hydropower
Reservoir operation
Resumo em inglês
In Brazil, about two-thirds of electricity installed capacity and over the last fifteen years, on average 90% of energy consumed has come from hydropower generation. The hydro system includes 170 medium and large hydropower plants in integrated operation today or planned to be operational by the end of 2023, about two-thirds of them have large storage capacities to regulate flows. Environmental, technical, social and economic constraints have made it increasingly difficult to project and build new reservoirs with large storage capacities. As a result, newly built hydropower plants are mostly the run-of-river type. To better understand the process, this paper presents a historical survey of the installed capacity of hydropower and storage capacity of the system since 1950 and extends to the planned expansion over the next eight years, through 2023. Data from 2000 and projections through 2023 indicate a significant reduction of relative regulating capacity, which has a direct impact on decisions regarding operation and expansion of the complementary thermal system. In order to assess the possible consequences of the reduction in regulating capacity, simulations were performed on HIDROTERM model (ZAMBON et al. 2012); the simulation results point to a continuous need for complementing the hydropower generation, not only on hydrologically unfavorable years.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.