• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2016.tde-06122016-081306
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Niski Zveibil
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Pileggi, Rafael Giuliano (Presidente)
Fraga, Lais Silveira
Mariani, Antonio Luis de Campos
Título em português
Projeto Crescimento: engenharia de materiais e economia solidária voltados para os desafios socioambientais da atualidade.
Palavras-chave em português
Economia solidária
Materiais de construção
Peças cimentícias
Vulnerabilidade social
Resumo em português
O espaço de discussão dos impactos sociais e ambientais das atividades humanas tem ganhado mais relevância nos últimos anos, dentro e fora da Universidade. A engenharia, como área do conhecimento que influencia fortemente o mercado da construção civil, que representa cerca de 10% do PIB nacional, tem uma responsabilidade na criação e fomento de espaços para estudo dessa questão. O Projeto Crescimento, objeto de estudo da pesquisa aqui colocada, tem o propósito de auxiliar nessa discussão, por meio da montagem de uma fábrica protótipo de peças cimentícias em local de alta vulnerabilidade social, com a função de aumentar de qualidade de vida daqueles que participam das atividades na fábrica e das comunidades em seu entorno, por meio do ofício e renda gerados, combinados com um programa de educação que sustenta a mudança em um nível mais profundo. A melhora proposta pode ser medida através de parâmetros objetivos e relatos subjetivos. A iniciativa se baseia na pesquisa em tecnologia de materiais e na produção dos mesmos, combinada com estudos de parâmetros de mercado da construção civil e na economia solidária. A economia solidária, por sua vez, está embasada em novas formas de pensar as relações econômicas e organizá-las no espaço e no tempo, visando uma distribuição do trabalho e seus resultados igualitária e com significado para aqueles que participam da cadeia de dado produto. O produto escolhido para iniciar o projeto foram as peças cimentícias, pela sua facilidade de produção, que pode ser realizada em locais de características variadas, o alto consumo no segmento da construção e a existência prévia de uma tecnologia já desenvolvida dentro do laboratório de microestruturas da Universidade de São Paulo. Além dos objetivos práticos da abertura da fábrica protótipo, a pesquisa se propõe a descrever as diversas maneiras encontradas de tornar o projeto viável, auxiliando na construção de um caminho mais claro para outras iniciativas similares. Dentro do escopo do estudo proposto, também consta o avanço na tecnologia previamente existente, por meio da criação de peças protótipo, foram obtidos os resultados relevantes em termos de desempenho de materiais, comparando-os com normas e requisitos nacionais e internacionais. Assim, foi criado um protótipo funcional de fábrica, com a participação dos moradores de rua da região do Glicério, no centro da cidade de São Paulo. Lá foram testados métodos produtivos, a robustez da fórmula desenvolvida e a inserção social do projeto. A partir da comparação entre os resultados obtidos em campo e em laboratório e das informações extraídas da literatura, espera-se avançar no modelo da economia solidária para eventualmente expandi-lo e aperfeiçoá-lo.
Título em inglês
Crescimento Project: materials engineering and solidarity economy aimed at the social and environmental challenges of today.
Palavras-chave em inglês
Cementitious components
Engineering
Materials technology
Social vulnerability
Solidarity economy
Resumo em inglês
The discussion about the social and environmental impacts of human activity are becoming more relevant each year, inside and outside the scope of University and Industry. Engineering, as a knowledge that greatly influences the construction segment, which represents about 10% of the Brazil's GDP, has a responsibility in creating and promoting spaces for the discussion and study of this theme. The objective of the research here-by proposed is to add new information to this discussion by structuring a prototype of an advanced cementitious component factory in high social vulnerability areas, with the purpose of raising the quality of life of those participating in the production and the communities surrounding them, through the craft and pay generated, combined with an educational program, that subsidizes the project at a more profound level. The improvement can be measured with objective parameters and subjective narratives. This initiative is based on the materials research, combined with the study of the construction segment and the solidarity economy. Solidarity economy can be translated by rethinking economic organization and relations in space and time, aimed at a more egalitarian and meaningful distribution of work and its outcomes. The product chosen to start this project are cementitious artifacts, because of the possibility of a modular production, that can be structured in a wide variety of environments, its high consumption in the construction segment and the existence of a well-developed cement material technology, in the microstructure laboratory of the University of São Paulo. Aside from the practical objectives described, this research aims to describe the different ways of making this kind of project viable, there by contributing toward building a clearer path toward similar initiatives. Within the work scope, advancements in the material technology were made, through the production of prototypes, so that relevant data about performance could be obtained and compared with national and international standards. That way, a functioning factory prototype was structured with the collaboration of an organized group of homeless people in the Glicério region in the city center of São Paulo. It was there that the community receptivity, production methods and the cementitious formula's robustness were tested. By comparing the results obtained in the field research, in the laboratory, and the academic knowledge on the theme, it is hoped that advancements can be achieved in the materials research and the solidarity economy model.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.