• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.3.2017.tde-26062017-144132
Documento
Autor
Nome completo
Luis Felipe Guerretta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Santos, Eduardo Toledo (Presidente)
Ilha, Marina Sangoi de Oliveira
Ioshimoto, Eduardo
Título em português
A modelagem da informação da construção (BIM) em empresas instaladoras de sistemas prediais.
Palavras-chave em português
Construção Civil
Empreendimentos imobiliários (Aspectos administrativos; Custos)
Sistemas e processos construtivos
Sistemas prediais
Resumo em português
Modelagem da Informação da Construção ou BIM (Building Information Modeling) é um processo inovador aplicado na gestão de todo o ciclo de vida de um empreendimento. Por meio do BIM, desenvolve-se o modelo virtual do empreendimento a ser construído. Os componentes deste modelo contêm geometria e parâmetros com dados técnicos relevantes para sua caracterização e utilização. No segmento de obras de sistemas prediais, os contratantes ditam os valores dos contratos, cabendo às empresas construtoras e instaladoras fazerem uma estimativa de orçamento acurada para dominar os custos e mensurar seus riscos no contrato almejado. Dada esta perspectiva, existe a necessidade de determinar com precisão os quantitativos do projeto, ponto de partida de qualquer orçamento analítico ou detalhado. Este trabalho, dividido em dois estudos de caso, destina-se a compreender como a Modelagem da Informação da Construção pode alterar o processo de orçamentação nas empresas instaladoras, auxiliando na extração de quantitativos e compatibilização dos projetos. Baseando-se em um fluxo de trabalho BIM descrito por Eastman et al. (2011) e utilizando-se em conjunto o processo de modelagem proposto por Nguyen (2010), propõe-se que o desenvolvedor do modelo BIM de sistemas prediais seja a empresa instaladora, por esta ser o agente ativo na orçamentação e execução dos sistemas prediais. Nos estudos de caso, foi comparado a acurácia dos quantitativos de componentes do empreendimento dentre as propostas orçamentarias das empresas instaladoras, o modelo BIM criado, e o quantitativo real utilizado na execução de uma obra de um centro comercial. Os resultados desta pesquisa sugerem que a utilização do BIM é uma alternativa viável para as empresas instaladoras em seus processos de orçamentação, considerando-se o nível de detalhamento e as informações inseridas e a serem extraídas do modelo, conforme o processo apresentado e o guia de modelagem criado no decorrer deste trabalho.
Título em inglês
Building Information Modeling (BIM) in building systems companies.
Palavras-chave em inglês
BIM
Budget
Building systems
Cost estimation
Quantity take-off
Resumo em inglês
Building Information Modeling is an innovative process applied to the management of the entire lifecycle of a project. Through BIM, the virtual model of the project to be constructed is developed. The components of this model contain geometry and parameters with relevant technical data for their characterization and use. In the building systems works market segment, contractors dictate the values of contracts and is up to the construction and installation companies to make an accurate estimate of the budget to master the costs and measure their risks on the desired contract. Given this perspective, there is a need to accurately determine the quantities of the project, which are the starting point of any analytical or detailed budget. This work, divided into two case studies, was designed to understand how Building Information Modeling can change the budgeting process in the building systems companies, assisting in the quantity take off and design coordination processes. Relying on a BIM workflow described by Eastman et al. (2011) and jointly using the modeling process proposed by Nguyen (2010), it is proposed the building systems company to be the developer of the MEP model, as this is the active agent in the costing and execution of building systems. In these case studies, we compare the accuracy of the quantitative components of the project, among: the building systems companies, the BIM model and the actual quantities used in the execution of a small shopping center. These results suggest that the use of BIM is a viable alternative to the MEP companies in their budgeting processes, considering the level of detail and the model information input and output, according to the process and modeling guide proposed here.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.