• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.38.2017.tde-13012017-132049
Documento
Autor
Nome completo
Rafaela Lumi Vendramel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Vivo, Mario de (Presidente)
Carmignotto, Ana Paula
Percequillo, Alexandre Reis
Título em português
Revisão taxonômica do grupo Moloch, gênero Callicebus Thomas, 1903 (Primates, Pitheciidae, Callicebinae)
Palavras-chave em português
Amazônia
padrão de coloração
Platyrrhini
sauás
Resumo em português
Callicebus Thomas, 1903 são primatas neotropicais que ocorrem nas bacias Amazônica e do Orinoco, na Mata Atlântica e em parte da Caatinga, do Chaco e do Pantanal. São reconhecidas 33 espécies para o gênero, divididas em cinco grupos: Moloch, Cupreus, Torquatus, Donacophilus e Personatus. O grupo Moloch inclui espécies amazônicas, distribuídas entre a margem esquerda do Rio Madeira e a margem direita dos rios Tocantins-Araguaia. A história taxonômica dos sauás do grupo Moloch revelou uma considerável confusão, taxonômica e nomenclatural, de forma que sua composição e o reconhecimento das categorias específica e subespecífica variaram frequentemente. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi revisar taxonomicamente os Callicebus do grupo Moloch, reconhecendo, descrevendo ou redescrevendo os táxons do grupo, a fim de elucidar o número de táxons nominais que o compõe. Foram realizadas análises qualitativas e quantitativas a partir de espécimes depositados em coleções científicas. Os caracteres qualitativos referentes ao padrão de coloração da pelagem foram confrontados diretamente em mapas, visando constatar descontinuidades geográficas ou possíveis clinas. Os caracteres quantitativos referentes às medidas cranianas e dentárias foram submetidos a testes estatísticos de dimorfismo sexual, variação ontogenética e variação geográfica. A partir dos resultados, foi constatado que para as espécies do grupo Moloch, o padrão de coloração é a principal característica diagnóstica, não havendo diferenças significativas quanto à morfologia e morfometria craniana e dentária. Sendo assim, foram consideradas válidas sete espécies para o grupo Moloch, gênero Callicebus: C. moloch, C. cinerascens, C. hoffmannsi, C. baptista, C. brunneus, C. vieirai, C. miltoni, havendo ainda a sinonimização de C. bernhardi com C. moloch.
Título em inglês
Taxonomic review of Moloch group, genus Callicebus  Thomas, 1903 (Primates, Pitheciidae, Calicebinae)
Palavras-chave em inglês
Amazonia
color pattern
Platyrrhini
titi monkeys
Resumo em inglês
The titi monkeys, genus Callicebus Thomas, 1903 are primates that occur throughout the Amazon and Orinoco basins, in the Atlantic forest region and in parts of Caatinga, Chaco and Pantanal. There are 33 species of this genus divided into five groups: Moloch, Cupreus, Torquatus, Donacophilus, and Personatus. The Moloch group is composed of Amazon species, distributed between the left bank of Rio Madeira and right bank of the Tocantins-Araguaia rivers. The taxonomic history of the titi monkeys from the Moloch group revealed some nomenclatural problems, so that the species and subspecies category varied frequently. Therefore, the aim of the present study was to present a taxonomic revision of the Callicebus species from the Moloch group, describing and/or redescribing its taxa, and to clarify the number of nominal taxa within it. I perform qualitative and quantitative analysis using specimens deposited in zoological collections. The qualitative characters related to the color pattern were mapped, aiming to find geographical gaps or clines. The quantitative characters consisted of cranial and dental morphometry that were submitted to statistical tests of sexual dimorphism, ontogenetic and geographical variation. For these, I performed univariate and multivariate analysis. The results showed that, for the Moloch group species, the color pattern is the main diagnostic characteristic, not showing significant differences in the cranial and dental morphology and morphometry. Therefore, seven species of the genus Callicebus, Moloch group, are here considered taxonomically valid: C. moloch, C. cinerascens, C. hoffmannsi, C. baptista, C. brunneus, C. vieirai, C. miltoni, and the new synonymy of C. bernhardi with C. moloch.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Vendramel_2016.pdf (511.95 Kbytes)
Data de Publicação
2017-01-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.