• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2011.tde-13012012-150444
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa Russell Miguel Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Mochizuki, Luis (Presidente)
Bojadsen, Thais Weber de Alencar
Teixeira, Luis Augusto
Título em português
Avaliação biomecânica dos ajustes posturais em indivíduos com dor lombar
Palavras-chave em português
Ajustes posturais
Lombalgia
Sinergias posturais
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo caracterizar a capacidade de estabilização da coluna frente a perturbações de equilíbrio em uma população com dor lombar. Estudos revelaram uma préativação dos músculos estabilizadores do tronco de forma a preparar a coluna para a perturbação resultante de momentos reativos associados. Entretanto, esta reação de estabilização postural apresentou-se atrasada ou mesmo ausente em portadores de dor lombar. Apesar de conhecida esta alteração postural nesta população, o padrão de recrutamento muscular, ou seja, suas sinergias em indivíduos com dor lombar ainda são limitados. Este estudo teve como objetivo avaliar o padrão de atividade muscular em indivíduos com dor lombar. Foram realizadas 4 tarefas diferentes capazes de produzir alteração postural em diferentes condições: alcance anterior, alcance lateral, flexão dos ombros e sobrecarga repentina. Foram feitas as coletas dos sinais eletromiográficos dos músculos multífido, reto abdominal, vasto medial, bíceps femoral, tibial anterior, gastrocnêmio medial e deltóide anterior e médio, simultaneamente ao uso do acelerômetro. Os resultados mostraram maior ativação em todas as tarefas de DA e BF no APO. Os Índices R e C sofreram efeito da articulação e do grupo; entretanto, não houve efeito dos ajustes. Os Índices tiveram maior intensidade no grupo DOR e na articulação do joelho.Tanto os valores de RMS quanto inibição recíproca e coativação foram maiores no grupo dor. Este estudo pode concluir que independente da tarefa realizada, a modulação do movimento foi a mesma em todas as fases e em ambos os grupos Dor e Controle. Desta forma, uma melhor investigação sobre a coordenação e sinergia muscular se faz necessária para a melhor compreensão das variáveis do movimento e sua relação com os mecanismos de lesão da coluna lombar
Título em inglês
Biomechanical evaluation of postural adjustments in individuals with low back pain
Palavras-chave em inglês
Low back pain
Postural adjustments
Postural synergies
Resumo em inglês
This study aimed to characterize the ability to stabilize the spine on isturbance of equilibrium in a population with low back pain. Studies had revealed a pre-activation of the stabilizing muscles of the trunk in order to prepare the column for the disturbance resulting from reactive moments associated. However, the postural stabilization is delayed or even absent in patients with low back pain. Despite this known postural change in this population, the pattern of muscle recruitment, ie, their synergies in subjects with low back pain are still limited. This study aimed to evaluate the pattern of muscle activity in individuals with low back pain.. The subjects did four different tasks that can produce postural change under different conditions: prior range, reach, lateral flexion of the shoulders and sudden overload. The electromyographic of muscle multifidus, rectus abdominis, vastus medialis, biceps femoris, tibialis anterior, medial gastrocnemius and anterior and middle deltoid was recorded and so the accelerometer. The results showed greater activation in all tasks of DA and BF in the APO. The indices R and C were affect by the joint and group although there was no effect by the adjustments. The indices R and C were higher in the PAIN group and knee. RMS values, coactivation and reciprocal inhibition were higher in pain. This study had concluded that the modulation of movement was the same at all postural adjustments and in both groups (Pain and Control). Therefore, futures researchers about muscular coordination and synergy is needed to better understand the variables of the movement and its relation to the mechanisms of injury to the lumbar spine
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.