• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.39.2013.tde-18062013-100406
Documento
Autor
Nombre completo
Alessandro Teodoro Bruzi
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Director
Tribunal
Tani, Go (Presidente)
Clark, Suzete Chiviacowsky
Correa, Umberto Cesar
Freudenheim, Andrea Michele
Ugrinowitsch, Herbert
Título en portugués
Efeitos da demonstração autocontrolada na aprendizagem motora
Palabras clave en portugués
Aprendizagem observacional
Autorregulação
Demonstração
Habilidade motora sequencial
Resumen en portugués
Os efeitos da demonstração na aprendizagem motora tem sido objeto de estudo de longa data. Porém, o efeito da demonstração autocontrolada e das formas de utilização da possibilidade de autocontrolar esse fator ainda são pouco explorados na literatura. Dessa forma, quatro questões de estudo foram formuladas: 1) qual o efeito da demonstração autocontrolada na aprendizagem de uma habilidade motora seriada? 2) há diferença na aprendizagem entre aqueles que gastam mais tempo para tomar a decisão sobre pedir a demonstração e aqueles que gastam menos tempo? 3) há diferença na aprendizagem entre aqueles que processam a informação observada de forma mais rápida e aqueles que processam de forma mais lenta? 4) há diferença na aprendizagem entre aqueles que mais demonstrações pedem e aqueles que menos pedem? Para investigar essas questões, quatros estudos foram realizados com a participação de 120 indivíduos voluntários, universitários, de ambos os sexos. A tarefa de aprendizagem foi uma habilidade motora seriada que consistiu em movimentar com o mouse um quadrado vermelho, exibido na tela de um computador, de forma a tocar sequencialmente todos os alvos retangulares apresentados na tela, em um determinado padrão temporal. O Estudo 1 envolveu a formação de dois grupos: Auto (demonstração autocontrolada, n=60) e Yoked (demonstração espelhada a partir do grupo Auto, n=60). O experimento consistiu de quatro etapas: fase de aquisição (100 tentativas de prática); teste de retenção 24 horas (20 tentativas); teste de transferência 50 (20 tentativas); teste de transferência 100 (20 tentativas). Os Estudos 2 e 3 foram realizados com a participação de 40 e o Estudo 4 com a participação de 38 indivíduos, todos do grupo Auto do Estudo 1. Para cada um desses estudos foram selecionados participantes que obtiveram valores extremos para as variáveis: Tempo para Tomada de Decisão (TTD), Tempo de Processamento da Informação Observada (TPIO) e quantidade de Demonstrações (DEM). Para a verificação da aprendizagem, o Erro Relativo (ER), Erro Total (ET), Erro Absoluto (EA) e Erro na Sequência (ES) foram medidos. Também foram adotadas medidas complementares para a verificação de como os participantes se envolveram no processo. Com relação ao Estudo 1, os principais resultados foram: a) a superioridade do grupo Auto sobre o Yoked, especialmente, quanto ao ER e o EA; b) o grupo Auto processou por mais tempo a informação observada que o grupo Yoked; c) as demonstrações foram requeridas no início da prática, momento em que o desempenho era significativamente baixo, em ambos os grupos; d) o grupo Yoked se mostrou satisfeito com o momento em que recebeu as demonstrações. Os resultados dos Estudos 2, 3 e 4 mostraram, em síntese, que: a) o gasto de mais tempo tomando a decisão sobre pedir a demonstração promoveu melhor aprendizagem que a condição de gasto menor; b) ambos os grupos, formados a partir da variável Tempo de Processamento da Informação Observada (TPIO), aprenderam de forma semelhante; c) o grupo + DEM teve aprendizagem superior ao DEM em todas as medidas de desempenho. A partir desses resultados concluiu-se que a demonstração autocontrolada produziu melhor aprendizagem que a condição externamente controlada, sendo o Tempo para a Tomada de Decisão e a Quantidade de Demonstração, fatores determinantes dessa superioridade
Título en inglés
Effects of self-controlled demonstration on motor learning
Palabras clave en inglés
Demonstration
Observational learning
Self-regulation
Sequential task
Resumen en inglés
The effects of demonstration on motor learning have been studied for a long time. However, the effect of self-controlled demonstration and the strategies of the learner in this process have been little explored in the literature. Thus, four questions for study were posed: 1) what is the effect of self-controlled demonstration on learning of a serial motor skill? 2) are there learning differences between the learners that spend more time and the learners that spend less time in making a decision about asking for a demonstration? 3) are there differences in the motor learning process between learners that spend more time and the learners that spend less time in processing the demonstration information? 4) are there differences in the motor learning process between learners that ask for more and the learners that ask for less demonstration in the acquisition phase? To investigate these questions four studies were designed involving 120 volunteer university students of both sexes. A timing task was used whose objective was to manipulate the mouse to move a red square on the computer screen so as to touch, in a sequential manner, all the rectangular targets shown on the screen in a determined temporal pattern. Study One was designed with two groups: Self (self-controlled visual model, n=60) and Yoked (control, n=60). The experiment consisted with four stages: acquisition phase (100 practice trials); retention test, 24 hours after acquisition phase (20 trials); transfer test 50 (20 trials); and transfer test 100 (20 trials). The other three studies were performed with participants from the Self group of Study One with 40 subjects being selected for Study Two and Study Three and 38 subjects for Study Four. Subjects were selected according to those that achieved extreme values for the variables of decision-making time, time for processing the demonstration information, and number of demonstrations. To assess motor learning, relative error, total error, absolute error and sequence error were measured. Complementary measures were also adopted to verify how the participants were involved in the process. In relation to Study One, results indicated: a) superiority of the Self group over the Yoked group, especially in relation to relative error and absolute error; b) the Self group processed the demonstration information for a longer time than the Yoked group; c) demonstration was requested at the beginning of practice, a time at which performance was poor for both groups; and d) the Yoked group was satisfied at the time the demonstration was presented. In short, the results of the Studies Two, Three and Four showed that: a) the more time spent in decision making on requesting demonstration, the better the learning of a sequential motor skill; b) the motor learning of both groups formed through time for demonstration information processing was similar; c) the group that asked for more demonstration learned better than the group that asked for less. Based on these results, it may be concluded that the self-controlled demonstration condition promoted better motor learning than the externally-controlled condition, with decision making time and the amount of demonstration being decisive factors in this respect
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2013-06-26
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.