• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.39.2013.tde-20052013-133930
Documento
Autor
Nome completo
Rejane Ferreira Cotta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Mochizuki, Luis (Presidente)
Araujo, Rubens Corrêa
Serrão, Julio Cerca
Título em português
Comparação biomecânica da marcha em esteira rolante e elíptico em adultos jovens, idosos e adultos que sofreram acidente vascular encefálico
Palavras-chave em português
Biomecânica
Educação física
Esteira e elíptico
Marcha
Resumo em português
O domínio da locomoção é essencial para a execução adequada de diferentes atividades da vida diária. Atualmente, utiliza-se de vários instrumentos de treinamento para o retorno às atividades funcionais, como a esteira rolante e o elíptico. O problema desta pesquisa está baseado na pergunta: Qual é o padrão de ativação dos músculos do membro durante o exercício no elíptico? O objetivo principal é analisar e descrever as características biomecânicas da aceleração e da atividade eletromiográfica do andar em um elíptico. Participaram 42 adultos divididos em três grupos: grupo adulto jovem, constituído por 20 adultos jovens, grupo adulto idoso, constituído por 12 adultos idosos, ambos praticantes de atividade física regular e sem lesões ou problemas no aparelho locomotor, e grupo de adultos pós acidente vascular encefálico, constituído por 10 indivíduos. O questionário internacional de atividade física e os testes para a avaliação qualitativa da marcha, o teste de categoria de ambulação funcional e teste de equilíbrio em pé foram aplicados. Foram utilizados um acelerômetro tridimensional e um eletromiógrafo de superfície com 16 canais, além de uma esteira ergométrica e um elíptico. Após a familiarização com os equipamentos, os sujeitos andaram no elíptico e na esteira enquanto que a atividade miolétrica e a aceleração tibial foram coletadas. O tempo de coleta foi de 20s e a frequência de aquisição foi 2kHz. As curvas do envoltório linear foram geradas e normalizadas pela base do tempo. Resultados: A amplitude da ativação muscular foi maior durante a marcha na esteira, na fase de propulsão, no grupo de pessoas com AVE e idosos e nos músculos tibial anterior e bíceps femoral (p<0,0001). A menor ativação muscular foi observada no músculo reto abdominal, no grupo de adultos jovens, na fase pré-balanço (p<0,0001). Na análise qualitativa a aceleração da tíbia foi menor para o equipamento elíptico em comparação com a esteira. Os resultados favorecem a indicação do elíptico para o processo de recuperação da locomoção de pessoas com dificuldade para andar com limitações neurológicas ou ortopédicas
Título em inglês
Biomechanical comparison of the gait in elliptical and treadmill in young adults, elderly adults and individuals after stroke
Palavras-chave em inglês
Biomechanical
Gait
Physical education
Treadmill and elliptical
Resumo em inglês
The achievement of the locomotion is essential for the adequate performance of different daily life activities. Several training instruments for the return to the functional activities exist, such as the treadmill and the elliptical. The research problem is: What is the lower limb muscle activation pattern during exercising in an elliptical trainer? The aim of this study is to analyze and describe the biomechanical characteristics of the acceleration and myoeletrical activity during walking in an elliptical trainer. The participants were 42 adults divided into three groups: young adult group (n=20), old adult group (n=12), both physically active and without any chronic pain or orthopedic conditions that could alter gait patterning, and chronic stroke adults (n=10). The international questionnaire of physical activity, the gait functional test and balance test were applied. We used one accelerometer and 16-channels electromyography system, a treadmill and an elliptical trainer. They walked on the elliptical and on the treadmill while the myoelectrical activity of 8 muscles and the tibial acceleration were recorded. The recording time was 20 s and sampling frequency was 2 kHz. The ensemble average was calculated for each variable. Results: The muscle activation was the highest at the treadmill, for propulsion phase, for the people with stroke and elderly and for the muscles Tibialis Anterior and Biceps Femoris (p<0.0001). The smallest muscle activity was observed on the Rectus Abdominus muscle, for the young adults, for pre contact phase (p<0.0001). The tibial acceleration was smaller for the elliptical than the treadmill. The results support the use of the elliptical for the rehabilitation of gait impairments related to neurological or orthopedic limitations
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.