• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.39.2006.tde-31052012-125453
Documento
Autor
Nombre completo
Patricia Nascimento de Sousa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2006
Director
Tribunal
Teixeira, Luis Augusto (Presidente)
Castro, Eliane Mauerberg de
Duarte, Marcos
Título en portugués
Efeito do treinamento de força na estabilidade postural de mulheres idosas
Palabras clave en portugués
Ajustes compensatórios
Controle postural
Idosos
Perturbação da postura
Treinamento de força
Resumen en portugués
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do treinamento de força muscular dos membros inferiores na estabilidade postural de mulheres idosas. As participantes (n =21) eram saudáveis, com idade entre 60 e 75 anos (M = 64,4 anos), e foram designadas a um grupo de treinamento (TF) ou a um grupo controle (CO). Esses grupos foram comparados em estabilidade postural e força antes e após um programa de treinamento de força para o grupo TF. A estabilidade postural foi avaliada em posturas eretas estáticas com apoio unipodal e bipodal, e em situações em que a estabilidade postural bipodal foi perturbada de forma previsível ou imprevisível. A perturbação previsível foi produzida por um movimento voluntário, por meio da elevação rápida com as mãos, de cargas conhecidas: 1 Kg, 3 Kg ou 5 Kg. A perturbação imprevisível foi produzida pela alteração inesperada da carga de 3 Kg para a carga de 1 Kg ou de 5 Kg antes de sua elevação. Os resultados indicaram aumento da força muscular após o treinamento de força. Quanto à estabilidade postural, nãob foram observadas diferenças significativas entre os grupos após o treinamento para as tarefas de apoio bipodal e apoio unipodal. A estabilidade postural foi afetada principalmente, quando uma carga mais leve foi elevada na situação imprevisível, gerando maior deslocamento anterior e posterior do CP. Entretanto, não houve efeito do treinamento de força no deslocamento do CP. Após o treinamento de força, o grupo TF apresentou uma redução do tempo de deslocamento posterior do CP e uma redução na variabilidade de amplitude do CP após ajustes compensatórios. Estes resultados sugerem que o treinamento de força não afeta o equilíbrio de idosos em situações estáticas ou componentes de ajustes iniciais com a perturbação da postura, mas houve um efeito positivo nos componentes tardios de ajustes após a perturbação
Título en inglés
Effect of strength trainning on postural stability of older women
Palabras clave en inglés
Compensatory adjustments
Older adults
Postural control
Posture perturbation
Strength training
Resumen en inglés
The goal of this study was to investigate the effect of strength training of the lower limbs on postural stability of older women. Participants (n =21) were healthy, with ages ranging between 60 and 75 years (M=64.4 years); they were assigned to two groups: strength training (ST) and control (CO). These groups were compared for postural stability and muscular strength before and after a strength training program for the ST group. Postural stability was evaluated in uni and bipodal static stance, and in situations of predictable and unpredictable perturbation of balance. The predictable disturbance was produced through the action of lifting a known load (1 kg, 3 kg or 5 kg) with the hands. The unpredictable disturbance was produced by an unexpected alteration of the load of 3 kg to 1 kg or 5 kg right before lifting the load up. The results indicated increased muscle strength after strength training. Regarding postural stability, no significant difference was detected between groups for uni/bipodal static postures. Postural stability was most affected when a lighter weight was lifted in the unpredictable situation, leading to greater anterior and posterior center of pressure (CP) displacement. Strength training, however, had no effect on the initial CP displacement. After training, the ST group showed shorter time of posterior CP displacement and lower variability of CP range after compensatory adjustments. These results suggest that strength training for elderly individuals does not affect stability in static postures or the early component of adjustments to balance perturbation, but it has a positive effect on the late component of adjustments to balance perturbation
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
capafinal.pdf (3.79 Kbytes)
folharostofinal.pdf (4.18 Kbytes)
Fecha de Publicación
2012-05-31
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.